Café verde: mais um aliado para a sua dieta

Ele pode ter um excelente efeito termogênico se for associado a atividades físicas

Escrito por Tais Romanelli

Foto: Thinkstock

Tudo mundo sabe que uma alimentação balanceada e a prática de atividades físicas são as medidas fundamentais a serem tomadas para garantir o emagrecimento. Mas uma “forcinha extra”, claro, sempre é bem-vinda! E se você vive buscando novidades que possam dar aquele empurrãozinho na sua dieta, já deve ter ouvido falar do café verde.

Fernanda de Campos Prudente Silva, nutricionista da Clinonco (Clínica de Oncologia Médica), graduada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo e pós-graduada em nutrição clínica funcional, explica que o café verde é um café que não passa pelo processo de torrefação. “Dessa forma, contém de três a cinco vezes mais antioxidantes que a versão tradicional do café, ajudando na prevenção e controle de diversas doenças”, diz.

“Além disso, esse tipo de café contém ácido clorogênico, que diminui a absorção intestinal de glicose, ajudando no controle da glicemia. E ainda, por conter duas vezes mais cafeína que o café tradicional, pode ter um excelente efeito termogênico quando aliado à prática de atividade física”, acrescenta a nutricionista.

Eficácia

A questão que não quer calar: o café verde é realmente eficaz para quem quer emagrecer?

A nutricionista Fernanda explica que ele será eficaz para promover o emagrecimento somente se estiver aliado à prática frequente de atividade física para que, assim, seu efeito termogênico seja otimizado, ajudando na queima de gordura durante a atividade.

“E claro, isso se estiver associado também a uma alimentação balanceada, pois não existem alimentos mágicos e milagrosos. O que realmente funciona para promover o emagrecimento é unir alimentos que podem potencializar a perda de peso, como o café verde, a um hábito alimentar adequado e à prática de atividade física”, destaca a profissional da Clinonco.

Onde encontrar

De acordo com Fernanda Silva, o café não é encontrado com facilidade no mercado, assim, necessita ser prescrito para a farmácia de manipulação.

Atualmente, é possível encontrá-lo ainda na versão solúvel. Mas para escolher o melhor produto para o seu caso, não deixe de consultar um profissional.

Como ingerir?

O suplemento de café verde pode ser ingerido meia hora antes das principais refeições, almoço e jantar. A dose recomendada por dia, para um adulto, varia entre 200 e 400mg. Mas somente o seu nutricionista poderá passar estas e outras informações para que você faça o uso correto do produto e realmente alcance bons resultados.

Contraindicações

Mesmo que leia e escute por aí vários relatos positivos sobre a eficácia do café verde nas dietas de emagrecimento e sobre os benefícios que ele pode oferecer à saúde, você não deve fazer o uso do produto sem a orientação de seu médico ou nutricionista. Pois há, sim, contraindicações.

“Esse tipo de café é contraindicado em casos de hipertensão, hipotireoidismo, gastrite crônica, úlceras gastroduodenais, problemas reumáticos e hepáticos”, destaca a nutricionista Fernanda.

É fundamental, também, que gestantes e pacientes com doenças crônicas consultem os seus respectivos médicos antes de ingerirem o suplemento.

Relatos de quem já consumiu

“Comecei a tomar as capsulas de café verde duas vezes ao dia – antes do almoço e antes da janta – e, em questão de um mês, obtive resultados”, conta Gisele Mattos, 34 anos, secretária. “Mas elas foram associadas a uma alimentação saudável e a caminhadas/corridas quase que diárias”, acrescenta.

Júlia Martins, 21 anos, estudante, conta que começou a consumir recentemente o café verde. “Estava com sobrepeso e decidi procurar uma nutricionista. Além do cardápio com alimentação adequada, pedi que ela me passasse algo que pudesse dar um empurrãozinho na minha dieta, já que tenho bastante dificuldade para perder peso. Ela sugeriu, então, o café verde. Como faz pouco tempo que estou consumindo, ainda não dá para falar de resultados com toda a certeza, mas tenho a impressão de que minha vontade de comer fora de hora diminuiu e, além disso, tenho mais disposição para ir à academia diariamente”, relata.

Embora várias pessoas estejam comentando sobre a eficácia do café verde, vale ressaltar que cada organismo é diferente. Dessa forma, é possível que, para algumas pessoas, o resultado seja pequeno para ser notado. Para outras, ele poderá ser um ótimo aliado. Isso, é claro, se estiver associado também a uma boa alimentação e à prática de atividades físicas.

Está interessada em provar o café verde e conferir se ele é realmente eficaz?! Consulte sua nutricionista e se informe sobre a possibilidade de incluí-lo à sua dieta!

Para você