Bouquet garni: entenda o que é e aprenda a fazer esse clássico francês

Escrito por
Em 11.09.19

iStock

Quando se olha para o termo bouquet garni, logo se pensa em casamento, certo? Errado! Este tipo de bouquet na verdade é feito de ervas variadas e usado em preparos culinários. Ele pode ser o diferencial para tirar a sua cozinha do tédio e inovar na hora do tempero. Apesar do nome difícil e da origem francesa, não se assuste, ele é super prático tanto na hora de montá-lo, quando na de usá-lo em cozimentos.

Continua após o anúncio

Esse ramalhete de ervas especial é usado principalmente em caldos e sopas, servindo para aromatizar e dar sabor aos pratos. Além disso, como os temperos ficam bem amarradinhos no bouquet, você evita que ervas desnecessárias apareçam boiando em sua receita. Confira:

Índice do conteúdo:

O que é bouquet garni

O bouquet garni é um ramalhete de ervas amarrado em formato de bouquet de flores por um barbante e usado em cozimentos em geral. Ele também pode ser encontrado enrolado por outros materiais, como gaze ou sachês. O segredo desse conjunto de temperos é saber combinar os aromas e ervas de acordo com o que será preparado, como, por exemplo, cozidos ou sopas.

É comum encontrar esse bouquet em receitas de pratos tradicionais franceses, por conta de sua origem. Outro detalhe especial é que ele funciona melhor para pratos de cozimento lento, por permitirem que o ramalhete permaneça no caldo por mais tempo. Sua receita mais comum pede alho-poró, salsão, tomilho e louro.

Leia também: 16 receitas de caldo de legumes caseiro para dizer adeus aos industrializados

Como fazer bouquet garni

iStock

Ingredientes

  • 3 talos de salsão
  • Folhas verde-escuras de alho-poró
  • 1 ramo de tomilho
  • 1 ramo de alecrim
  • 1 ramo de manjericão fresco
  • Folhas de louro
  • Barbante culinário

Passo a passo

  1. Enrole a parte verde do alho poró de forma frouxa em cima de uma folha de louro;
  2. Em seguida, coloque junto ao louro um galho de alecrim, um de tomilho e alguns de salsa;
  3. Amarre tudo utilizando um pedaço grande de barbante culinário.

A dica final é deixar o pedaço de barbante que envolve o ramalhete bem comprido e o amarrar no cabo da panela durante o cozimento. Assim, será fácil removê-lo ao final do preparo.

Outras formas de fazer bouquet garni

Se a receita tradicional do bouquet garni não te agradou, fique tranquila porque existem muitas outras opções. Confira a seguir algumas dicas:

1. Bouquet garni aromático com gaze

Continua após o anúncio

Com tomilho, pimenta do reino em grãos e alguns talos que seriam descartados, é possível aromatizar seu prato. Esse modelo com gaze é perfeito para evitar que partes do bouquet se soltem durante o cozimento.

2. Bouquet garni clássico com salsão

Leia também: Conheça temperos diferentes e saiba como utilizá-los nas suas receitas

Descubra aqui a receita clássica francesa do bouquet garni! Ela leva louro, salsa, salsão, tomilho e alho-poró, porém, não tenha medo de inovar na sua versão colocando ervas do seu gosto. Essa receita é perfeita para sopas e caldos.

3. Bouquet garni com alho-poró

Nessa receita, a novidade é a salsinha, que surge para trazer ainda mais sabor para a receita. Além disso, essa opção é menor, ideal para usar em preparos para poucas pessoas.

4. Bouquet garni com orégano

Diferente dos demais, essa receita não conta com folhas enrolando todo o ramalhete de ervas. O resultado final lembra muito os bouquets de noiva tradicionais, de onde veio a ideia do nome desse aromatizador de preparos culinários.

Leia também: Sopa de legumes: 7 receitas deliciosas e que aquecem até a alma

Resumindo: o bouquet garni é perfeito para você se permitir criar. Escolha os ingredientes de acordo com o preparo e arrase na cozinha!

Continua após o anúncio

Para você