O que é body shaming e dicas para combater essa prática

Escrito por
Atualizado em 04.06.21

iStock

Por
Atualizado em 04.06.21

O body shaming é a prática de fazer alguém se envergonhar do próprio corpo, por meio de ataques verbais que julguem ou ridicularizem sua aparência física. Para entender melhor como isso ocorre e como podemos lidar com o problema, conversamos com a psicóloga comportamental Osmarina Vyel (CRP 0/40178-5). Acompanhe a seguir:

Publicidade

O que é o body shaming e quais são os seus danos

A expressão “body shaming” vem do inglês e pode ser traduzida como “vergonha do corpo” ou “envergonhar o corpo”. Consiste no ato de atacar alguém verbalmente por causa de sua forma ou aparência física, o que pode ser muito prejudicial para quem é alvo desses comentários ofensivos e inadequados.

A psicóloga Osmarina Vyel explica: “Inconscientemente a pessoa se imagina de um modo, e surge uma decepção com relação ao que ela é na realidade. Logo vem a degradação da imagem deste indivíduo que aspirava ser diferente”.

“Do ponto de vista da psicologia, as pessoas buscam se inspirar em alguém. Quando esse alguém não vem de encontro com o esperado, vem a frustração. Esses ataques geram danos gravíssimos para aquelas pessoas que precisam de autoafirmação.”, comenta Osmarina.

Como o body shaming é reproduzido: do passado aos dias atuais

iStock

“Desde que o mundo é mundo, a raça humana busca a perfeição. Basta observar as histórias romanas e gregas, entre outras. Com isso, a autoestima ficou associada ao corpo. Com o desenvolvimento das mídias sociais, intensificou-se a busca da produção da imagem perfeita e viramos produto de consumo.”, esclarece Osmarina. “Pela falta de consciência do bem e do belo, esse modelo doentio ainda se mantém.”

A psicóloga comenta, ainda, que qualquer pessoa pode ser vítima de body shaming. “Os ataques podem ocorrer em festas, na família e na exposição ao público de modo geral, mas hoje ocorrem com mais frequência nas redes sociais – motivos de muitas queixas em consultórios psicológicos.”

As nuances do body shaming e como ele se manifesta

Embora qualquer pessoa possa ser vítima de críticas, ataques e piadas sobre sua aparência ou forma física, sabemos que, em nossa sociedade, as mulheres estão muito mais sujeitas a serem vítimas da pressão estética. Isso é consequência da objetificação do corpo feminino.

Osmarina explica que, influenciadas pela publicidade e pelas tendências da moda, compramos a ideia de que devemos desejar o corpo perfeito e valorizar o físico, deixando de lado quem somos, nosso comportamento e nosso interior. “No meu ponto de vista, ainda vamos sofrer por um longo tempo até esses valores distorcidos se dissolverem.”

Publicidade

“Há outro aspecto importante, que é a característica humana ainda pouco consciente, que precisa da aprovação do outro, permitindo-se entrar neste universo de comparações. São comportamentos ainda infantilizados, pelo pouco conhecimento de si mesmo.”, finaliza a psicóloga.

Como podemos lidar com o body shaming

iStock

“Quanto mais a pessoa buscar o autoconhecimento, maiores serão as chances de não sofrer esse tipo de ataques. Eles podem até ocorrer, mas a pessoa não vai deixar se abater pela expectativa do outro com relação a si, pois cada um deve seguir o modelo de vida que entende ser melhor.”, orienta Osmarina.

Além de saber como lidar com o body shaming como vítima, também é essencial estar atenta para não reproduzir a prática e os comentários ofensivos e indesejáveis. Nesse sentido, a psicóloga comenta: “Os desafios de cada um pelo caminho da vida só dizem respeito àquele indivíduo. Com esse discernimento, a pessoa poderá manter-se saudável mesmo em exposição ao público.”

Olhar para o seu próprio corpo com carinho, aceitando-o e amando-o, é o primeiro passo para ser menos vulnerável aos danos da pressão estética e do body shaming. Para começar, conheça estes 15 perfis de mulheres fora do padrão, mas que esbanjam beleza e são pura inspiração!

Assuntos: Bem-Estar, Corpo