Casa e Decor

10 receitas de bife à parmegiana com cara de prato de restaurante

Foto: Getty Images

Inspire-se com receitas tradicionais e inovadoras, e use a criatividade na hora de preparar uma boa parmegiana em casa

Atualizado em 27.06.22

Um ingrediente principal (geralmente uma carne) empanado em farinha e coberto com molho e queijo. Este é, de forma geral, o bife à parmegiana ou filé à parmegiana, prato brasileiro (apesar de, dizerem por aí, ter sofrido influência italiana!) e que faz o maior sucesso, tanto em restaurantes como nas cozinhas familiares!

Publicidade

Apesar da versão mais conhecida ser feita com filé de carne (geralmente, filé mignon) ou de frango, a parmegiana tem ganhado cada vez mais variações, podendo ser feita também com peixe, berinjela, entre outros ingredientes!

Assim como no caso do estrogonofe, e entre outros pratos de sucesso na culinária brasileira, não existem regras na hora de preparar o bife à parmegiana. Claro, existem as receitas “padrão” e inspirações, mas cada pessoa pode usar a criatividade e seus próprios “truques” na hora de preparar um bom prato de parmegiana!

Dá, por exemplo, para levar ao forno em vez de fritar; usar farinha de rosca em vez de farinha de trigo, ou até uma farinha “mais leve”, entre outras ideias! Inspire-se com as receitas abaixo!

1. Bife à parmegiana empanado com farinha de rosca: você usará, basicamente, tomate pelado, bifes de alcatra (ou filé mignon ou outro de sua preferência), alho, manjericão, água, ovos, farinha de rosca, queijo mussarela, óleo para fritar, sal e pimenta-do-reino.

2. Tofu à parmegiana: fácil de fazer, fica crocante e saboroso. É um prato vegano, e você pode servir como acompanhamento de refeições, saladas e também de cuscuz marroquino.

3. Filé à parmegiana empanado com amaranto: um clássico com um toque de leveza! Em vez de farinha de rosca, o filé é empanado com flocos de amaranto, ficando mais leve e crocante. Vale a pena provar!

4. Bife à parmegiana de forno: uma receita deliciosa para seu final de semana. Melhor ainda se o bife for servido bem quentinho, com muito queijo, e acompanhado de arroz branco e batata frita!

5. Filé à parmegiana aos quatro queijos: um filé mignon coberto com a deliciosa combinação de queijos parmesão, gorgonzola, Catupiry e mussarela. Um prato “nada light”, mas certamente delicioso, pra ninguém botar defeito!

6. Petisco de filé à parmegiana: um prato superdiferente, ideal para servir e surpreender os amigos! Trata-se de um filé à parmegiana que você pode comer com as mãos, e o melhor é que ele não é frito!

Publicidade

7. Frango à parmegiana de forno: fazendo a parmegiana de forno, você evita a fritura e ainda faz menos sujeira na cozinha! Para esta receita você só precisará de peito de frango cortado em filezinhos, farinha de linhaça dourada para empanar, ovos, molho de tomate, queijo mussarela e orégano.


Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

8. Frango à parmegiana diferente: o destaque desta receita é uma casquinha supercrocante de queijo. Por baixo, o peito de frango macio, com um molho saboroso! E o melhor de tudo é que esta acaba sendo uma versão mais prática e mais saudável, por não ter fritura.

9. Bisteca de porco à parmegiana: uma maneira de inovar este prato conhecido! Além das bistecas de porco, você usará molho de tomate, queijo ralado, mussarela, temperos verdes, ovo, farinha de trigo, farinha de rosca, temperos a gosto e óleo para fritar.

10. Berinjela à parmegiana: uma parmegiana vegana! Você usará somente berinjelas, farinha de trigo, água, bicarbonato de sódio, farinha de rosca e sal. A receita serve cerca de quatro pessoas.

Seja na versão clássica, seja preparada de maneira especial, parmegiana é um prato de sucesso, ideal para um almoço de fim de semana em família ou, simplesmente, para receber os amigos em casa!

Jornalista formada em 2009 (58808/SP), redatora freelancer desde 2013, totalmente adepta ao home office. Comunicativa, sempre cheia de assuntos para conversar e inspiração para escrever. Responsável no trabalho e fora dele; dedicada aos compromissos e às pessoas com quem convive; apaixonada pela família, por cachorros, pelo lar, pelo mar, por momentos de tranquilidade e também de agito.