9 benefícios que vão te convencer a colocar mais repolho na sua dieta

Conheça alguns excelentes motivos para incluir esse vegetal na sua dieta

Escrito por Raquel Praconi Pinzon

Foto: iStock

O repolho é um vegetal pertencente à família das crucíferas, assim como os brócolis e a couve-manteiga. Você já deve ter ouvido falar sobre os inúmeros benefícios dessas verduras, que são consideradas alimentos funcionais.

E o repolho não é diferente! Com apenas 43 calorias por xícara, esse alimento tão comum oferece uma série de vantagens para a nossa saúde. Conheça as principais:

1. O repolho é uma excelente fonte de nutrientes

Foto: iStock

Mesmo com pouquíssimas calorias, o repolho é uma fonte poderosa de vários nutrientes. Em apenas uma xícara da variedade branca, você encontra 85% da ingestão diária recomendada de vitamina K e 54% da vitamina C.

Outros nutrientes que se destacam são o folato, o manganês, a vitamina B6, o cálcio, o potássio e o magnésio.

2. Ele ajuda a combater processos inflamatórios

Foto: iStock

A inflamação é um processo natural do nosso organismo para nos defender de agentes infecciosos. Porém, a inflamação crônica durante um longo período está associada a doenças cardíacas, artrite reumatoide e doença inflamatória intestinal.

Leia também: 20 alimentos ricos em vitamina K para garantir a sua dose diária

O repolho, assim como outros vegetais crucíferos, tem uma grande quantidade de antioxidantes como o sulforafano e o campferol, que ajudam a reduzir o processo inflamatório e reduzem o risco dessas doenças. (1)

3. O repolho é rico em vitamina C

Foto: iStock

O repolho é uma excelente fonte de vitamina C, especialmente se for da variedade roxa: uma xícara fornece 85% da ingestão diária recomendada desse nutriente, a mesma quantidade encontrada em uma laranja pequena.

A vitamina C é um agente estimulante da produção de colágeno, que evita o surgimento de rugas e flacidez na pele e é fundamental para a saúde dos ossos, músculos e vasos sanguíneos (2). Além disso, ela tem poder antioxidante, o que confere ao repolho propriedades contra vários tipos de câncer e outras doenças crônicas (3).

4. Benefícios para a digestão

Foto: iStock

Por ser rico em fibras insolúveis (um tipo de carboidrato que nosso organismo não consegue processar), o repolho facilita a digestão ao aumentar o volume das fezes e regular os movimentos intestinais (4).

Além disso, seu alto conteúdo de fibras solúveis é um excelente alimento para as bactérias boas do nosso intestino, conhecidas como probióticos. Esses microrganismos protegem o sistema imunológico e são capazes de produzir nutrientes importantes como a vitamina K2 e a B12 (5, 6).

Leia também: 10 alimentos ricos em magnésio e seus benefícios para saúde

5. O repolho faz bem para o coração

Foto: iStock

A cor vibrante do repolho-roxo é resultado da presença de antocianinas, pigmentos vegetais que pertencem à família dos flavonoides (encontrados principalmente na casca de uvas de cor escura).

Esses pigmentos já foram relacionados a uma redução no risco de infarto e doença arterial coronariana e à diminuição da pressão sanguínea (7, 8). Além disso, as propriedades anti-inflamatórias do repolho também ajudam a proteger a saúde do coração.

6. Ajuda a regular a pressão arterial

Foto: iStock

Quem sofre com pressão alta ou hipertensão sabe que é preciso reduzir a ingestão de sódio pela alimentação. Porém, alguns estudos mostram que aumentar a ingestão de potássio, que está presente especialmente no repolho-roxo, é tão importante quanto diminuir o sal (9).

Isso acontece porque esse mineral estimula o organismo a eliminar o sódio pela urina e relaxa as paredes dos vasos sanguíneos, ajudando a reduzir a pressão. Duas xícaras de repolho-roxo oferecem 12% da ingestão diária recomendada de potássio.

7. O repolho pode reduzir os níveis de colesterol

Foto: iStock

O repolho atua na regulação dos níveis de colesterol de duas formas. A primeira delas é devido ao seu conteúdo de fibras solúveis, que se ligam às moléculas de colesterol ruim (LDL) no intestino e impedem que elas sejam absorvidas pelo organismo.

Leia também: 7 partes de alimentos que jogamos fora, mas fazem bem à saúde

A segunda forma acontece graças à presença dos fitoesterois. Essas substâncias têm uma estrutura química muito parecida com a do LDL, por isso elas são capazes de se ligar aos canais que absorvem o colesterol ruim, bloqueando a passagem e facilitando sua eliminação.

8. Ele é uma excelente fonte de vitamina K1

Foto: iStock

Uma xícara de repolho fornece 85% das necessidades diárias da vitamina K1, que atua como cofator das enzimas responsáveis pela coagulação sanguínea.

Se esta vitamina estiver em falta, o organismo fica sujeito a apresentar sangramentos gengivais e aumentam os riscos de hemorragias.

9. O repolho é versátil e acessível

Foto: iStock

Além de oferecer tantas vantagens para a saúde, o repolho ainda é um alimento muito fácil de ser incluído na dieta. Ele pode ser consumido cru ou cozido em pratos como saladas, sopas e caldos. Isso sem falar na versão fermentada, o chucrute, que é uma excelente fonte de probióticos.

E o melhor de tudo: o repolho é facilmente encontrado nas feiras e supermercados e costuma ter um valor bastante acessível. Vale a pena incluir esse vegetal na sua dieta.

Leia também: 15 alimentos ricos em prebióticos que você deveria incluir na sua alimentação

Assuntos: Alimentação

Dicas pela Web
Comentários