Aspargos: conheça seus benefícios e saiba como preparar

Escrito por Gabriela Monteiro

Foto: iStock

Acredita-se que os aspargos tenham sido cultivados pela primeira vez na Grécia, 2500 anos atrás. Os gregos consideravam esse vegetal útil no tratamento de picadas de abelha e dores de cabeça, por isso ele ficou conhecido como atuante na limpeza e na cura do organismo.

Apesar de não ser tão popular na geladeira do brasileiro, os aspargos são maravilhosamente versáteis na cozinha e possuem um sabor leve e agradável. Esse legume é conhecido principalmente por seu baixo teor calórico e sua alta consistência em fibras, que fazem dele atrativo para as dietas de perda de peso.

Bons motivos para comer aspargos com mais frequência

Foto: iStock

Vegetais coloridos, como o aspargo, são ótimos para nossa saúde. Veja alguns benefícios desse alimento listados pela estudante de nutrição Giovana Betiati:

1. Tratamento de doenças

Aspargos são ricos em asparagina, proteína produzida pelas células saudáveis do organismo capaz de caracterizar alimentos como diuréticos naturais. Por isso, os aspargos podem tratar inchaço, doenças inflamatórias, como artrite, e retenção de água durante o período pré-menstrual.

2. Aliado durante a dieta

Uma porção de 100 gramas de aspargo possui apenas 20 calorias, o que faz desse alimento um importante aliado na dieta. Existe uma série de receitas com esse vegetal para incrementar sua alimentação, tanto para o dia a dia, quanto para ocasiões especiais.

Leia também: Energia verde: os 10 vegetais mais ricos em proteínas

3. Rico em nutrientes

O aspargo é rico em nutrientes como cálcio, ferro e vitamina A, C e K. Ele também atua como fonte de antioxidantes, responsáveis por combater um envelhecimento precoce, o câncer e doenças degenerativas. A presença da vitamina A em sua composição contribui para uma melhor visão e a vitamina C, para a imunidade.

4. Proteção do trato digestivo

Por ser abundante em fibras e detentor de vitamina A, o aspargo tem uma grande relação com o crescimento saudável e a proteção do trato digestivo. Além disso, ele apresenta um carboidrato chamado inulina, conhecido por auxiliar na digestão e no aumento de lactobacilos no organismo.

Quem diria que um alimento tão pequeno apresentaria tantos benefícios, não é mesmo? Incluir aspargos nas refeições é aposta certeira para uma rotina alimentar agradável!

Como escolher aspargo

Foto: iStock

O consumo de qualquer vegetal exige que se saiba como escolher aqueles em melhores condições, seja no mercado ou na feira. Sabendo disso, se você está em busca de aspargos, é importante considerar algumas coisinhas, como, por exemplo, a cor, a textura e o odor na hora de comprá-los.

O primeiro passo é averiguar se a cor do legume está brilhante e bem forte: aspargos desbotados indicam que estes estão estragando. Depois, avalie a textura, que deve ser uniforme e firme, e também o tamanho dos talos, que quanto mais finos, mais macios.

Leia também: Marmita fitness: dicas e sugestões para compor a sua

Em seguida, é relevante observar se as pontas dos aspargos estão fechadas e bem escuras, com suas folhas secas, firmes e fortemente presas aos talos. Por fim, procure sentir se há algum odor ruim no legume, que deveria ser leve e agradável no aspargo em condições de ser consumido.

10 receitas com aspargos para você experimentar já

Foto: iStock

Que tal preparar aspargos para a refeição de hoje? Pensando em inspirar sua cozinha, separamos 10 receitas especiais para você experimentar e se apaixonar por esse legume.

1. Aspargos com ovos estrelados : essa receita é tão simples que você nem vai acreditar. Com apenas quatro ingredientes, o prato consiste em fritar um ovo com a gema bem molinha e servir com aspargos grelhados no azeite em uma frigideira bem quente. O detalhe especial da refeição está em molhar os aspargos na gema do ovo frito. Fica demais!

2. Aspargos na manteiga: essa receita permite tanto que você use aspargos frescos quanto congelados, com uma pequena diferença no tempo de cozimento. O ponto dos legumes deve ser macio, firme e levemente crocante. O tempero é feito com alho e pimenta do reino adicionados junto à manteiga na frigideira. Essa opção de aspargos pode ser apresentada como entrada, acompanhamento ou prato principal se servido com proteínas.

3. Arroz com aspargos e cogumelos: essa é uma opção de prato único, super saudável e vegetariano. Seu preparo é complicadinho, não indicado para pessoas iniciantes na cozinha. O segredo da receita é cozinhar o arroz com vinho e água e, depois de pronto, fritá-lo rapidamente junto dos aspargos e cogumelos, os quais devem ser salteados no azeite.

Leia também: 12 alimentos leves para comer à noite sem ficar com o estômago pesado

4. Risoto de aspargos frescos: esse é um risoto vegano, leve e saboroso para ser servido como prato principal de um jantar entre amigos ou para uma refeição em família. Seu preparo começa com a cocção dos talos dos aspargos seguidos do arroz arbóreo, que deve ser cozido com caldo de legumes ou água fervente adicionados em etapas. Quando o risoto estiver quase no ponto, frite as pontas dos aspargos que servirão como decoração da receita. Sirva como preferir.

5. Risoto de aspargos com bacon: uma ótima forma de incluir aspargos na alimentação é começando por um risoto com bacon, alimento que ajudará a harmonizar os sabores. Essa receita leva 10 aspargos e é uma opção para servir de acompanhamento para carnes como filé mignon, peixes e frango.

6. Penne com aspargos: macarrão costuma ser uma unanimidade entre os paladares e acompanhado de aspargos não poderia ser diferente. O preparo do penne com aspargos é fácil e leva apenas quatro ingredientes, além dos temperos que variam de acordo com o gosto de quem cozinha. Para manter a cremosidade, a indicação é adicionar uma concha da água do cozimento da massa no momento de juntá-la aos aspargos na frigideira.

7. Fettuccine com frango e aspargos: receita com gostinho de infância, fettuccine com frango e aspargos é ideal para um almoço de domingo em família. Seu preparo é um pouco trabalhoso por envolver vários processos, como desfiar o frango desde o início, porém o sabor final faz tudo valer a pena.

8. Salmão com creme de aspargos: receita para os experientes de cozinha, o salmão com creme de aspargos é um prato leve que combina com diversas ocasiões. O peixe pode ser servido mal ou bem passado, de acordo com suas preferências, e o creme pode ser apresentado como acompanhamento para outras opções de proteína.

9. Sopa de aspargos frescos: quem não ama uma sopinha no inverno? Essa receita é saborosa e uma ótima pedida para uma noite especial de caldos. O destaque dessa sopa são os aspargos cozidos no caldo de batatas e cebolas douradas na manteiga. Sirva com uma fatia de pão brioche e aproveite!

10. Creme de aspargos e gorgonzola: recheado de sabores marcantes, o creme de aspargos com gorgonzola é ideal para uma entrada ou refeição mais leve para o seu dia. Seu preparo suja apenas duas panelas e fica cheio de charme se servido em travessas individuais.

Não importa se são frescos, congelados ou em conserva, a verdade é que sempre é possível inovar com aspargos na hora da refeição. Escolha sua favorita e partiu cozinha!

Alertas sobre o consumo

Foto: iStock

Os aspargos, se consumidos em excesso, podem causar alguns efeitos não desejados no organismo, como reações alérgicas. Por isso, apesar de ele ser comumente considerado como um aliado da saúde, alguns alertas sobre o consumo também são relevantes: devido a suas características diuréticas, as quais se apresentam, de forma geral, como pontos positivos, os aspargos podem te deixar de boca seca após sua ingestão e gerar uma sensação de sede constante.

Esse traço do vegetal também pode causar a perda de peso indesejada, ou seja, se você não está em dieta, recomenda-se o uso moderado de aspargos na alimentação.Sua grande quantidade de fibras é capaz de alterar negativamente o funcionamento de seu sistema digestório. Os possíveis sintomas são constipação, mau cheiro nas fezes e altos níveis de flatulência.

Além disso, sua ingestão não é indicada para usuários de remédios diuréticos e anti-hipertensivos, uma vez que foram constatados efeitos negativos dessas combinações.

Sabendo os pontos positivos e negativos de um alimento tão versátil, cabe a você identificar de que forma incluir o aspargo no seu dia a dia. Consumindo-o em quantidades adequadas, ele com certeza será um diferencial em sua alimentação.

Dicas pela Web