As 10 curiosidades mais interessantes sobre sexo

O corpo humano é uma máquina fantástica - e não seria diferente na hora do sexo - descubra fatos inusitados sobre o ato

Escrito por Carolina Werneck

Foto: Thinkstock

Quando estamos no colégio, ainda nos primeiros anos das aulas de ciências, aprendemos como funciona o mecanismo de reprodução humana. Depois, já no colegial, as lições de biologia aprofundam o estudo e nos ensinam um pouco mais do mecanismo incrível que gera vidas.

Já no âmbito pessoal, devagar vamos descobrindo diversas novidades que, por mais que os amigos comentem, só se tornam realmente naturais depois de experimentadas. O sexo e seus mistérios: quando pensamos que já sabemos de tudo, vem a ciência e nos apresenta uma novidade.

Conheça dez das curiosidades mais interessantes sobre o assunto, coisas que você (quase com certeza) nem faz ideia de que funcionem assim.

1 – Tamanho é documento? Sexólogos, em geral, afirmam que o tamanho do pênis nada tem a ver com o desempenho sexual, de modo que homens de pênis grande ou nem tanto podem ficar tranquilos. Mas você sabia que os testículos também podem ter tamanhos diferentes? Pesquisas demonstram que os homens europeus possuem os testículos duas vezes maiores que os dos chineses.

2 – Os espermatozoides são extremamente rápidos, quando no corpo feminino. Em geral, no caminho entre a saída do pênis e a chegada às trompas, eles demoram apenas cinco minutos. Toda essa rapidez parece estranha quando comparada ao tempo que eles podem levar para fecundar um óvulo: até cinco dias.

3 – O orgasmo feminino continua sendo objeto de estudo. Nem todas as mulheres conseguem atingi-lo e a ciência tenta explicar os motivos. O que se sabe, até aqui, é que é preciso que a mulher passe por três fases para chegar a ele: desejo ou libido, excitação e, por fim, lubrificação da vagina.

4 – As mulheres enfrentam uma verdadeira maratona física durante o sexo. A vagina é lubrificada e expandida, enquanto o clitóris e os seios incham e o coração acelera, assim como a pressão arterial e a respiração. Além disso, os músculos das coxas, nádegas e mãos se tencionam.

5 – A excitação feminina pode ser muito curta – ou muito longa. Aparentemente ela se inicia de 10 a 30 segundos após o início da estimulação erótica. Daí por diante, pode ser que dure apenas alguns minutos ou mesmo horas inteiras.

6 – Enquanto o espermatozoide é a menor célula do corpo humano, o óvulo é considerado a maior delas. Ele mede, aproximadamente, 0.14 centímetros e, em alguns casos, pode mesmo ser visível a olho nu.

7 – Homens e mulheres são completamente diferentes quando o assunto é orgasmo. Os homens podem chegar a atingi-lo com apenas um intervalo de três a cinco minutos de estimulação. Já a mulher precisa de um período de cerca de 15 minutos para isso.

8 – É cientificamente comprovado que o sexo traz inúmeros benefícios para a saúde humana. Além de ajudar a aliviar o estresse, queima calorias e favorece a sensação de bem-estar. Estudos ainda demonstram que ele pode melhorar a qualidade do sono, devido aos hormônios e às inúmeras substâncias liberadas pelo cérebro durante a atividade sexual.

9 – Muitas mulheres têm gestações não planejadas mas, depois que um casal conversa e decide ter um bebê, em média conseguirá uma gravidez após cinco meses de tentativas.

10 – Quando estudamos os chamados seres vivos “assexuados”, nem imaginamos que essa característica pode se apresentar na espécie humana. Segundo pesquisas, aproximadamente 10% da população mundial não se sentem atraídos nem por homens e nem por mulheres.

Texto parcialmente extraído e adaptado do site Entre Mujeres.

Dicas pela Web
Comentários