Artrite e artrose

Saiba como agem as principais vilãs das articulações e quais são as melhores formas e amenizar os desconfortos causados por elas

Escrito por Deborah Busko

Dores nas juntas, inchaço e perda dos movimentos são alguns dos sintomas da artrite e da artrose, doenças que afetam as articulações e prejudicam a qualidade de vida de muitas pessoas. E engana-se quem pensa que essas duas vilãs aparecem somente na terceira idade. Qualquer pessoa está propensa à inflamação e ao desgaste articular, até mesmo os mais jovens. Quem se submete constantemente a esforços intensos ou traumáticos corre maior risco.

Artrite

A artrite é uma inflamação nas articulações causada pelo uso e desgaste das mesmas. É causada por fatores hereditários, idade, sobrepeso, por traumas e lesões ou até mesmo sedentarismo. Pode ser classificada de maneiras diferentes, dependendo da forma como se manifesta.

Uma delas é a artrite reumatoide, uma doença autoimune, ou seja, que surge porque o sistema imunológico ataca seus próprios tecidos ao invés de proteger o organismo.

Os principais sintomas da artrite reumatoide são inchaço e a rigidez, principalmente pela manhã, além de dor intensa. Esse tipo de artrite atinge três vezes mais mulheres do que homens.

Há ainda a artrite gotosa, popularmente chamada de gota. Ela ocorre devido ao acúmulo de microcristais minerais de urato nas articulações dos dedos, dorso do pé, joelhos e cotovelos, o que provoca dor e limitação dos movimentos. O tratamento da artrite é feito com medicamentos e, em alguns casos, requer cirurgia. Também é possível controlar os sintomas com fisioterapia e a prática regular de exercícios.

Artrose

A artrose é uma doenças crônica que atinge principalmente a coluna, quadris, as mãos, dedos, joelhos e tornozelos. Também chamada de osteoartrite ou artrite degenerativa, é causadas pelo desgaste da cartilagem ou por traumas e fraturas articulares.

O diagnóstico é feito por meio de radiografias e os principais sintomas da artrose são dores ao se movimentar, falta de firmeza, inchaço e rigidez do local. O uso de medicamentos combinados com fisioterapia, exercícios de alongamento e musculação pode aliviar as dores.

Como conviver com a artrite e a artrose

A prática de exercícios físicos pode ser uma grande aliada para amenizar os desconfortos causados por esses males. No caso da artrite, mexer o corpo ajuda a aliviar as dores, já para a artrose, o efeito é ainda mais importante, sendo capaz até de prevenir seu surgimento.

Mas lembre-se que antes de começar a praticar qualquer atividade, é imprescindível consultar seu médico e fazer uma avaliação para saber quais os exercícios mais indicados. Desta forma, você previne lesões e seu corpo só tem a ganhar.

Outra boa alternativa para auxiliar o tratamento é a nutrição, que também serve para prevenir a artrite e a artrose. Alguns alimentos possuem componentes que, se consumidos por um longo período, evitam o surgimento de tais doenças.

Entre os nutrientes recomendados para quem tem artrite e artrose estão o ômega-3, que no organismo se transforma em um produto anti-inflamatório e pode ser encontrado na soja, óleo de canola e nos peixes frescos.

As vitaminas E e C (ácido ascórbico) também entram na lista. A vitamina E pode ser encontrada nas nozes, semente de girassol, germe de trigo, grãos integrais, peixe, leite de cabra, kiwi e vegetais verdes folhosos. As frutas cítricas, como laranja, limão e tangerina, são boas fontes de vitamina C, além da framboesa e do morango.

Dicas pela Web
Comentários