Como se proteger do sol: apenas o protetor solar não é suficiente

O protetor solar não deve ser deixado de lado, mas ele não é suficiente para manter sua pele totalmente protegida

Escrito por Beatriz Castells

Foto: iStock

Você usa protetor solar todos os dias, certo? Ou pelo menos quase todos os dias, quando não esquece. Por muito tempo, o uso de loções protetoras tem sido indicado para combater doenças de pele, como o câncer, e também para evitar o envelhecimento precoce.

Essa questão vai muito além da estética. O câncer de pele, doença que pode ser evitada com o uso de protetores solares, é o tipo de câncer mais comum no Brasil. Existem outros problemas de pele que podem ser tratados e até mesmo evitados com o uso de produtos com fator de proteção solar. Lembre-se: a pele é o maior órgão do corpo humano e muitas vezes seu cuidado é menosprezado.

Como os raios UV afetam minha pele?

Foto: iStock

De acordo com a Agência de Proteção Ambiental estadunidense, mais de 90% do envelhecimento que se pode prevenir é causado pela exposição aos raios UV. Os raios UVA são responsáveis por destruir colágeno e elastina, substâncias que te fazem parecer mais jovem e que diminuem a flacidez da pele. Já os raios UVB danificam as camadas superiores da pele, causando queimaduras. Os dois tipos de raio podem causar câncer de pele.

O protetor solar é suficiente para proteger minha pele?

Foto: iStock

Você já sabe que o protetor solar é importantíssimo para a proteção da sua pele. Mas será que só ele é suficiente? Não.

Leia também: Dermatologista alerta: 8 coisas que você nunca deve usar na pele

O protetor solar bloqueia os raios UVA e UVB, isso é um fato. Outro fato é que esses raios compõem apenas 7% da energia solar que estamos expostos todos os dias. A radiação infravermelha, responsável por 54% da energia solar, também causa envelhecimento – e ela pode ser pior que os raios UV. Por enquanto, não existem produtos capazes de proteger a pele contra a radiação infravermelha, mas os efeitos podem ser amenizados com o uso de dermocosméticos antioxidantes.

Os antioxidantes possuem moléculas que neutralizam os radicais livres na pele – esses aceleram o envelhecimento quando não estão em funcionamento normal na região. Os dermocosméticos antioxidantes não possuem contraindicação e podem ser usados por mulheres de qualquer idade. Quando for comprar esse tipo de produto, opte por aqueles ricos em vitamina C e E, ácido retinoico e retinol. Lembre-se ainda de aplicar o antioxidante antes do protetor solar.

Cada vez mais, dermatologistas têm recomendado dar um up na proteção da pele com o uso combinado de protetor solar e antioxidantes. Dessa forma, sua pele estará protegida contra mais de 60% da energia solar que causa envelhecimento e outros problemas de pele.

5 antioxidantes para você comprar que vão aumentar a proteção da sua pele

Selecionamos 5 produtos disponíveis no mercado que, combinados com o protetor solar, podem retardar o envelhecimento da sua pele e deixá-la muito mais saudável. Confira!

Imagem: Dicas de Mulher

Onde comprar

  1. Creme Anti Rugas Payot Vitamina C Antioxidante, na Americanas
  2. Sérum Dermage Improve C10, na Drogaria Onofre
  3. Resveratrol B E Antioxidante Night SkinCeuticals, na Época Cosméticos
  4. Derma Complex Concentrado Vitamina C 20 Adcos, na Miligrama
  5. Active C 10 Creme Anti Rugas La Roche Posay, na Ultrafarma

Agora você já sabe o que precisa fazer para manter sua pele protegida e saudável, mantendo a pele com aspecto jovem.

Leia também: 5 benefícios que o sol tem a oferecer à nossa saúde

Assuntos: Pele

Dicas pela Web
Comentários