A hora certa para morar com ele

Antes de juntar as escovas de dente é preciso analisar todos os prós e contras que envolvem a decisão

Escrito por Deborah Busko

O namoro está correndo às mil maravilhas até agora, tudo muito bom e o amor é tanto, que já não faz mais sentido que cada um fique no seu canto. Vocês concluem que chegou a hora de dar mais um passo no relacionamento e passar a dividir o mesmo teto.

Ao mesmo tempo em que você pensa na possibilidade de poder dormir abraçada nele todas as noites, em cuidar um do outro, fazer tudo sem ter hora para voltar para casa, vem aquele friozinho na barriga e a dúvida: Será que é a hora certa para morar juntos?

Se está ou não na hora de juntar as escovas de dente, só você vai saber. Mas antes de tomar a decisão, é preciso levar em conta que algumas mudanças vão ocorrer e você precisa considerar os prós e os contras de morar com o namorado.

Quando se mora junto, algumas tarefas não são nada românticas na rotina de um casal, como pagar contas e dividir tarefas domésticas, por exemplo. É preciso ainda saber lidar com a falta de privacidade e os dias de mau humor, que acontecem com qualquer pessoa.

Por outro lado, as coisas boas em dividir a casa com o namorado podem fazer tudo valer a pena. Se você está vivendo este dilema, a dica é não ter pressa e analisar todos os pontos quantas vezes for preciso. A convivência na mesma casa pode sim ter sucesso, mas tudo depende de você e do seu namorado. Com muito amor, cumplicidade e tolerância é possível superar os pequenos problemas do cotidiano.

Assuntos: Relacionamentos

Dicas pela Web
Comentários