8 dicas para encarar o vestibular sem estresse

Algumas orientações podem aliviar esse momento de grande expectativa

Escrito por Luciana Kotaka

Foto: Thinkstock

Quem já passou pelo processo de preparação para prestar vestibular sabe muito bem como esse momento causa ansiedade e medo. Além de ser uma nova etapa de vida que está se iniciando e nem sempre os alunos estão preparados para escolher uma profissão, logo se sentem pressionados, pois esta escolha pode determinar sua vida futura.

Basta realizarmos uma pesquisa e teremos dados concretos sobre o assunto, visto o grande número de alunos que trancam matrículas durante o curso por não se identificarem com as disciplinas ministradas.

Muitas vezes idealizamos uma determinada profissão como sendo a dos sonhos, porém a realidade pode ser outra e levar o aluno já no início do curso a desistir de sua escolha.

Desta forma os vestibulandos que estão se preparando estão sofrendo por todas essas questões que envolvem o processo do vestibular e implicações que vem junto a essa escolha.

Para que esse momento tão importante não deixe rastros mais nocivos elaborei oito dicas preciosas para que os alunos possam estudar sem entrarem em estresse:

  1. É muito importante que após as aulas o aluno possa tirar um tempo para seu descanso, assim pode relaxar o corpo e a cabeça para que retenha mais informações;
  2. Ter um cronograma de estudo pode ser bastante interessante, assim consegue otimizar seu tempo;
  3. Não deixe de sair com os amigos, conversar, dar risadas. Descontrair também faz parte desse momento;
  4. Nem sempre podem optar pelas universidades que desejam, em função da distância ou valores, por isso, o importante em um primeiro momento é estar aberto a novas opções, pois muitos alunos desistem do curso que gostariam por não poderem mudar de cidade ou mesmo não estarem preparados para passar nas provas;
  5. O exercício físico libera endorfinas e aumenta a serotonina que favorecem o aumento do bem-estar; portanto não deixe esse hábito saudável de lado nesse momento;
  6. Muitos pais têm grandes expectativas em relação à futura profissão do filho, por isso esse é o momento de sentar para conversar e caso o filho não corresponda a essas expectativas é importante que se coloque com sinceridade para que esse momento não se torne pesado para ele que já está sofrendo com as suas próprias expectativas;
  7. Ao se identificar com uma profissão é fundamental que possa buscar o maior número de informações possíveis sobre a prática desta, conversar com pessoas já atuantes no mercado, poder passar alguns dias em companhia desses profissionais para que possa avaliar com cautela sua escolha;
  8. Preparar-se para a possibilidade de não passar no vestibular também é importante, pois pode acontecer da concorrência ser muito alta ou mesmo que não vá bem nas provas e nem por isso deve-se desistir de se preparar para um novo processo.

Como em tudo em nossa vida precisamos buscar o caminho mais assertivo possível para a realização de nossos sonhos, mas lembrando que é importante não deixar de lado nossa vida pessoal, pois ficam muito mais saudáveis e produtivos os estudos quando podemos dividir nossas angústias e otimizar nosso tempo de forma a continuar as nossas atividades habituais.

Para você