7 dicas de alimentação saudável para mulheres muito ocupadas

Veja como alimentar-se bem sem gastar muito tempo na cozinha e leve uma vida saudável mesmo não tendo muita disponibilidade

Escrito por Giselle Coutinho

Foto: Thinkstock

Mulheres ocupadas podem muitas vezes não perceber, mas precisam fazer da alimentação saudável uma prioridade para que possam manter seu ritmo de vida com saúde e continuar expressando sua inteligência e dinamismo.

Para manter uma dieta rica em nutrientes de qualidade que impulsione o sistema imunológico e mantenha os níveis de energia adequados, porém, não é necessário gastar muitas horas na cozinha, basta saber fazer boas escolhas e planejar-se com antecedência.

Veja a seguir 7 dicas da nutricionista Isabella Peixoto sobre como conseguir manter uma alimentação adequada à saúde sem atrapalhar a rotina intensa de atividades:

1 – Coma pela manhã grãos integrais e proteína

Comece o dia com um desjejum equilibrado. Coma um pão com grãos integrais com queijo ou peito de peru, ou coma frutas com aveia e iogurte, por exemplo. Combinar grãos ricos em fibras com fonte de proteínas como carnes e laticínios sacia a fome de maneira equilibrada e dá energia sem o risco de engordar.

2 – Fuja dos industrializados e vá à feira

Procure ao máximo não comer alimentos industrializados. Adeque sua dieta para que nela sejam inseridas mais frutas, legumes e verduras. Se achar difícil resistir à seção de biscoitos e chocolates dos supermercados, reduza suas idas a este estabelecimento e procure comprar o que precisa em feiras livres, que são ricas em produtos naturais e uma excelente oportunidade de passeio desestressante com relação à correria do dia a dia.

3 – Compre frutas, verduras e legumes locais da época

Na hora de escolher que frutas, legumes e verduras levar pra casa, leve em consideração a época do ano em que cada vegetal é produzido e se este é um produto local ou importado de outra região ou país. Consumir produtos agrícolas de acordo com seu período de produção e que sejam locais ajuda não só a economizar dinheiro, como também a comer de maneira mais saudável, já que evita o consumo de alimentos com agrotóxicos ou substancias conservantes.

4 – Use a panela a vapor

É inegável que saladas de verduras, além de saudáveis, são pratos práticos e rápidos de se preparar, mas para quem deseja incluir também legumes e acha que seu preparo é trabalhoso, devido à necessidade de descascar e cozinhar, existe solução, basta contar com o auxílio de aparelhos processadores que descascam e, principalmente, usar uma panela a vapor, que é capaz de cozinhar legumes de forma prática e ágil e ainda conservar perfeitamente seus nutrientes.

5 – Prepare comida com antecedência e armazene

Pensar em preparar refeições ao longo da semana, mesmo que estas sejam práticas, é estressante, principalmente porque a rotina intensa de atividades não deixa sobrar muito tempo para descanso e nenhuma mulher ocupada quer gastar as poucas horas livres que tem cozinhando, mesmo que a razão seja justa – a manutenção de sua saúde.

Para resolver tal dilema, a melhor alternativa é planejar-se e cozinhar com antecedência e armazenar. Legumes podem ser cozinhados e congelados para depois serem apenas aquecidos, assim como sucos naturais de frutas podem ser também ser preparados e congelados para apenas depois serem batidos no liquidificador. Este preparo prévio pode ser feito uma vez por semana com um período de duas horas, no máximo. Desta forma é possível comer mais saudável ao longo da semana e livrar a carga de estresse do período de atividade intensa.

6 – Leve consigo as refeições do dia

Resista à preguiça da praticidade de comer fora, pois se a pessoa tiver sempre consigo o que comer, será muito mais difícil cair nas pegadinhas nada saudáveis dos alimentos de restaurantes e lanchonetes.

Na hora de arrumar a bolsa para o trabalho, leve seu almoço saudável preparado em casa e mais dois petiscos, uma para manhã e outro para o período após o almoço, assim você não cai na tentação de almoçar lanches nem comer nos intervalos biscoitos e chocolates que fazem mal à saúde e, consequentemente, à beleza.

7 – Torne a alimentação saudável um divertimento

É possível tornar a alimentação saudável um divertimento, basta usar a criatividade para que nas poucas horas gastas com a preparação dos alimentos a atividade seja feita de forma alegre: ligue o som, coloque sua música favorita, belisque um pouco de cada alimento e elabore combinações inusitadas que despertem o paladar e entretenham sua mente.

Assuntos: Alimentação

Dicas pela Web