6 “segredos” sobre o sexo que você precisa saber

Coisas que nem todas as pessoas sabem - e sobre as quais poucos falam

Escrito por Carolina Werneck

Foto: Thinkstock

Não adianta, por mais que se fale e se escreva a respeito de sexo, há sempre alguma coisa nova a descobrir. A ciência vive empenhada em decifrar as mais diversas reações do corpo humano nesse momento tão único e especial e, de brinde, nós podemos sempre aprender mais um pouquinho.

A verdade é que as relações sexuais possuem um certo encanto sobre a humanidade – e basta anunciarem uma nova “descoberta” para que muita gente queira saber de que se trata. É que o sexo, embora não seja mais o tabu que era há alguns anos, deve ser descoberto e redescoberto todos os dias por cada uma de nós, de forma que possamos aprender, principalmente, o que é bacana para nós, não para os outros.

De qualquer forma, há alguns “segredinhos” – coisas que nem todo mundo sabe e sobre as quais poucas pessoas falam. Mas fique tranquila, nós trouxemos seis desses segredos para você.

1 – Existe ejaculação feminina

Esse não é mais um segredo tão bem guardado. De fato, algumas mulheres experimentam ejaculações reais, quase como as masculinas. Muitas dessas mulheres podem confundir o líquido expelido com urina, mas estarão enganadas. De acordo com alguns estudos científicos, o líquido não é urina e tampouco o líquido de lubrificação da vagina, mas um fluido secretado pela uretra. A quantidade é variável e nem toda mulher consegue ter esse tipo de experiência, mas que existe, existe.

2 – Não se pode fazer sexo com qualquer um

Longe da conotação moral que isso possa ter, na verdade nem todo cara que você conhece daria certo com você na cama. Teoricamente, qualquer mulher pode se relacionar sexualmente com qualquer homem, mas essa não é uma verdade incontestável. Isso porque o tamanho do órgão sexual de ambos influencia, sim, na experiência. É claro que, com jeitinho e criatividade, pode-se chegar a posições confortáveis para os dois, mas um pouco de paciência será necessário.

3 – Há diferença de sensações entre os dois lados do clitóris

Afirmação feita por algumas mulheres: aparentemente, o lado esquerdo do clitóris é capaz de proporcionar mais prazer, quando estimulado, que o lado direito. O fato é que o lado esquerdo desse pequeno órgão possui um número maior de terminações nervosas, o que pode fazer com que a estimulação seja sentida de forma mais intensa. Estudos continuam sendo feitos para comprovar a teoria mas, até agora, os testes têm demonstrado que essa é uma afirmação real.

4 – Todo homem é sensível na região anal

Mas vamos com calma. Se você tentar se aproximar dessa região com seu namorado, é provável que ele se sinta mal e até ofendido. O ânus tem regiões sensíveis que são capazes de proporcionar prazer, sim, mas isso não significa que seu parceiro se sinta à vontade para esse tipo de brincadeira. Esse ainda é um grande tabu e, a menos que você esteja 100% segura de que ele não se sente mal, é melhor não brincar por ali.

5 – Lubrificantes artificiais podem fazer milagres

Algumas mulheres têm problemas com a lubrificação natural. Esse é um problema relativamente comum e, muitas vezes, pode causar dor e desconforto na hora do sexo. Mas existe no mercado uma ampla linha de lubrificantes, que podem fazer toda a diferença. Se você é uma dessas mulheres, experimente usar um deles e veja a magia acontecer.

6 – Sexo e beleza têm muito a ver

Quando uma mulher tem uma vida sexual regularmente ativa, seus cabelos e sua pele respondem à produção elevada de estrogênio, ficando comprovadamente mais bonitos. O sexo é quase um tratamento de beleza.

Dicas pela Web
Comentários