5 maneiras de aliviar as queimaduras de sol

Se mesmo sabendo da importância do filtro solar você não conseguiu evitar as queimaduras de sol, siga estas dicas para acalmar e cuidar da pele

Escrito por Priscila Domingos

Foto: Thinkstock

Normalmente procuramos proteger a pele contra o sol quando chega o verão, mas, muitas vezes, damos pouca importância para este cuidado durante o frio do inverno – pensando (errado!) que o sol desta estação é menos nocivo para a saúde da pele.

A radiação ultravioleta é a principal vilã da pele saudável e bonita e, embora no inverno o impacto seja menor, o cuidado deve ser contínuo, durante todas as estações do ano. E se mesmo sabendo da importância do filtro solar não deu para escapar das queimaduras de sol, siga estas 5 dicas para diminuir a ardência e a vermelhidão.

1. Compressas de água fria

Banhos frios e compressas de água gelada trazem bastante alívio para a pele queimada de sol, diminuindo o inchaço e a dor. Você também pode adicionar flocos de aveia, pois o grão possui propriedades calmantes capazes de diminuir o desconforto sem ressecar a pele.

Para queimaduras em área sensíveis, como a pele do rosto e das coxas, são indicadas as compressas com chá gelado (o de camomila, por exemplo).

2. Hidratação

Os banhos e as compressas aliviam a ardência da pele, mas podem roubar a hidratação. Por isso, previna o ressecamento da pele machucada aplicando um hidratante logo depois do banho e várias vezes ao dia. Procure cremes hidratantes à base de plantas medicinais, como Aloe Vera, ou aqueles que contenham colágeno e lipossomas (capazes de hidratar profundamente a pele e auxiliar na sua restauração).

Uma dica: deixe o hidrante da geladeira minutos antes de fazer a aplicação. Assim, além de hidratar ele vai aliviar a ardência.

3. Evite sabão

O sabão e o sabonete podem irritar a pele queimada, favorecendo o ressecamento e, consequentemente, aumentando os danos provocados pelo sol. Por isso, o mais indicado é que o banho seja somente com água, sem esfregar a pele.

4. Abuse dos líquidos

Hidrate a pele de dentro para fora também, consumindo muita água. Outros líquidos também são bem vindos, como água de coco e sucos de fruta. No caso dos sucos, dê preferência àqueles feitos com frutas ricas em antioxidantes, como abacaxi, melancia e melão.

5. Fique longe do sol

É um conselho um tanto óbvio, mas muito importante. A pele queimada leva de 3 a 6 meses para voltar ao normal e, neste período, é muito mais vulnerável a outras queimaduras. Por isso, fuja do sol por alguns dias para evitar mais danos à sua pele. Lembre-se que mesmo na sombra você está exposto à luz ultravioleta e que o filtro solar é indispensável.

E depois que o desconforto passar, prometa a si mesma: – isso não vai mais acontecer. A falta de cuidados e proteção provocam danos na pele que se acumulam durante a vida e, na maioria das vezes, são difíceis de reverter. Quanto mais cuidados, melhor.

Assuntos: Pele, Verão

Dicas pela Web
Comentários