4 razões para evitar aromatizadores de ambiente industrializados

Em sua composição, eles podem conter ingredientes tóxicos e nocivos à saúde

Escrito por Juliana Prado

Foto: Thinkstock

É uma delícia chegar em casa e sentir o cheirinho de limpeza deixado por um aromatizador de ambiente. Ele, afinal, parece ser um produto bastante inofensivo… Mas não é bem assim. Na lista abaixo você vai conhecer 4 razões pelas quais é melhor evitá-los em sua casa.

1. Ingredientes secretos

Alguma vez você já se perguntou o que há nos frascos de aromatizadores de ambientes que fazem a casa ficar com um cheirinho tão agradável? Se procurar os ingredientes no rótulo, provavelmente não vai encontrar. Isso porque a maioria das empresas mantém os ingredientes das fragrâncias em segredo, o que eles chamam de “informações comerciais confidenciais.” Isso é comum em indústrias de produtos de limpeza, produtos de higiene pessoal e cosméticos, e não há nenhuma lei que exija que as empresas listem os itens contidos no produto. O grande problema nisso é que, se não há informações, as empresas podem, legalmente, manter produtos químicos tóxicos em suas composições sem que o consumidor saiba.

2. Fragrâncias químicas

Em 2010, a Associação Internacional de Fragrâncias lançou uma lista com mais de 3.100 produtos químicos que são usados pela maioria dos fabricantes. Essa lista inclui agentes cancerígenos, desreguladores endócrinos, substâncias que causam alergia, entre vários outros produtos nocivos à saúde. Só para se ter uma ideia, uma fragrância pode ser composta por mais de 100 produtos químicos desses citados na lista.

3. Contato com toxinas

Estudos mostram que os produtos químicos usados em fragrâncias são ainda mais nocivos a mulheres e crianças. Com mulheres grávidas, foi observado que o uso de purificadores de ar e sprays aerossol estão relacionados a dores de cabeça e depressão nas mães, bem como infecções de ouvido e diarreia em bebês. Certos produtos químicos também podem afetar o equilíbrio hormonal, tendo efeitos significativos sobre a saúde reprodutiva. Além disso, as mulheres são de duas a três vezes mais propensas que os homens a ter alergias a fragrâncias, e estudos mostram o aumento de diagnósticos de dermatite de contato alérgica em crianças.

4. Exposição desnecessária

Com todas essas informações, você deve concordar que qualquer medida para reduzir a exposição do organismo a substâncias tóxicas desconhecidas vale a pena. O uso de aromatizadores representa um contato desnecessário com essas substâncias, por isso é importante buscar outras alternativas. Por exemplo, se você usa os aromatizadores porque algo no quarto está cheirando mal, é melhor identificar o cheiro e eliminá-lo de vez. Além disso, você pode apostar em maneiras naturais para adicionar um perfume especial à sua casa, como um buquê de flores frescas, pinhas ou canela.

Outra opção é criar seu próprio aroma caseiro para deixar os ambientes cheirosos. Assim, você saberá todos os ingredientes que usou no produto, sem se expor ao risco de borrifar produtos tóxicos e maléficos à sua saúde no ar.

Assuntos: Limpeza

Para você