4 maneiras de trocar a fralda do bebê

Conheça modos diferentes de trocar as fraldas do bebê sem que ele fique agitado ou nervoso

Escrito por Giselle Coutinho

Foto: Thinkstock

Fazer a troca de fraldas de um bebê recém-nascido é mais simples que de um crescidinho, pois este exige que a mãe tenha paciência, já que costumam ter movimentação intensa e às vezes até chorar.

A melhor forma para realizar a troca da fralda suja de maneira calma é conseguir sincronizá-la com o momento em que o bebê esteja calmo. Além disso, os pais devem observar se o bebê não está disposto, por estar incomodado com algo.

De toda forma, é importante que a troca de fraldas não seja deixada de lado porque a criança irá chorar ou fazer birra, pois a falta da troca frequente de fraldas pode causar incômodas assaduras.

“O ideal é trocar a fralda cerca de oito vezes ao dia, especialmente quando você notar que a criança fez xixi ou cocô”, recomenda o pediatra Antônio Carlos Madeira, do Departamento Científico de Dermatologia da Sociedade Brasileira de Pediatria, no Rio de Janeiro.

Veja algumas maneiras de trocar a fralda do bebê e fazer com que este momento seja tranquilo:

1 – Momento de contato e carinho

Para que o bebê se sinta bem durante a troca de fraldas, os pais devem fazer desta situação um momento de contato e carinho, realizando breves massagens, conversando com a criança, beijando-a e até mesmo alongando suavemente seu corpinho. Quando é criado um clima agradável e são feitos movimentos que causam boas sensações, além de relaxar, a criança irá associar o trocador à interação prazerosa com a mãe.

Uma boa dica que os pais devem estar atentos é verificar se a criança não consegue relaxar por associar o trocador a sensações de medo, por ter sido colocado naquele espaço quando recebeu um remédio ruim ou passou por um procedimento chato e dolorido.

2 – Ocasião lúdica

Bebês muito ativos podem não gostar de trocar as fraldas por terem de parar de explorar ou de fazer as atividades agradáveis que estavam fazendo. Se este for o caso, a hora da troca de fralda deve se adaptar para se tornar uma ocasião lúdica. Para conseguir isto, os pais devem cantarolar, levar brinquedos e tornar os movimentos feitos no corpo do bebê durante a troca parte da brincadeira, como se fosse uma dança.

3 – Distração em foco

Se a criança se concentra facilmente com coisas que atraem o olhar, provavelmente ela ficará irritada em olhar para o teto enquanto os pais trocam a fralda. A solução para o caso pode ser, colocar um móbile no local, um dos pais fazer brincadeiras com fantoches enquanto o outro troca a fralda, ou mesmo colocar um filme ou programa de TV que o pequeno goste no momento da troca de fralda.

4 – Seção com pit stops

A troca de fraldas não precisa ser um procedimento que os pais tentam fazer o mais rápido possível para que a criança não se irrite por querer se levantar e sair do trocador.

Os pais podem deixar a criança levantar ao longo do procedimento fazendo pequenos “pit stops” para brincar com o bebê e retomar o procedimento entre as paradas.

Para o sucesso da troca de fraldas, além da atenção especial das técnicas apontadas acima, os pais devem estar atentos para fazer o procedimento em situações favoráveis como após as mamadas, quando a criança está mais calma, e com a criança ativa e sem sonolência.

Assuntos: Bebês

Dicas pela Web