10 dicas para aproveitar suas compras online sem dores de cabeça

Com algumas dicas e precauções, suas experiências de compras pela internet podem ser muito mais proveitosas

Escrito por Daniela Azevedo

Foto: Thinkstock

Desde que o comércio eletrônico começou a ser realizado no Brasil, o número de lojas e de consumidores tem crescido constantemente. E não há como negar que o conforto de não ter que procurar vagas no estacionamento, de poder fugir das filas e de receber tudo em casa, torna esse negócio ainda mais atraente. No entanto, como em tudo na vida, o comércio online também tem aspectos negativos que podem ser amenizados adotando algumas precauções. Abaixo apresentamos algumas dicas para que você possa aproveitar as suas compras online sem ter dores de cabeça depois.

1 – Compare preços

Muitas mulheres adoram bater pernas no shopping vendo as novidades, mas quando é para pesquisar preços, pode dar uma certa preguiça, o que não acontece no comércio eletrônico. Em questão de minutos, você pode encontrar o mesmo produto com grandes variações de preços e aproveitar a oferta mais conveniente.

2 – Confira a reputação da loja

A rede está cheia de pessoas e lojas mal intencionadas, por isso, antes de comprar, vale a pena checar a reputação de loja. Verifique se o endereço existe, se o telefone atende e se o CNPJ é verdadeiro. Se a empresa se recusar a passar qualquer tipo de informação, desconfie de sua idoneidade.

Em sites como o Reclame Aqui, você pode encontrar referência sobre a loja e avaliar antes da compra se é confiável ou não. E já que está na internet, pesquise o que falam da loja nas redes sociais. Lojas que oferecem um amplo canal de comunicação para o cliente deixar sua opinião e esclarecer dúvidas, por exemplo, costumam render experiências mais positivas que aquelas que não disponibilizam nenhum canal.

3 – Atente-se aos prazos de entrega

Algumas lojas anunciam produtos mesmo sem tê-los disponíveis em estoque para entrega imediata, por isso prometem um prazo longe de entrega, justamente para ter tempo de receber o produto e só depois despachar, atitude que pode acarretar em um prazo de entrega maior que o combinado. Nesse caso, confirme o prazo de entrega com a loja. Se você não tiver pressa, tudo bem, mas se não puder esperar mais que o prazo combinado, talvez seja melhor comprar em outro site ou em uma loja física.

4 – Compre com antecedência

Além do prazo estipulado pela loja, você deve contabilizar o tempo que leva para que a empresa acuse o pagamento e despache a mercadoria, o que pode demorar um pouco. Problemas como greve nos correios e extravios também podem comprometer o prazo da sua entrega, então, se sua encomenda for para ser usada em uma data específica, como um presente, por exemplo, quanto maior a antecedência da compra, melhor. Da mesma forma, se o pedido vier trocado, você vai precisar de ainda mais tempo para fazer a devolução e troca.

5 – Confira a política de troca e devolução

O consumidor virtual está amparado por leis, segundo as quais é possível trocar ou devolver uma mercadoria, caso tenha defeito, não sirva ou não agrade, mas a loja virtual também é amparada por essas mesmas leis, por isso, consulte a política de trocas e devoluções para saber em quais casos você pode devolver ou trocar o produto, bem como a responsabilidade sobre as taxas de envio. Guarde todos os comprovantes e emails referentes à operação.

6 – Confira as taxas e despesas de entrega

Uma mercadoria pode estar mais barata na loja virtual do que na loja física, mas em alguns casos, as despesas de frete podem fazer com que o preço de ambas se equipare. Quando for assim, é sempre bom consultar os valores das taxas de entrega, já que em caso de troca, esse valor pode dobrar para você poder devolver e receber um novo produto. Alguns sites oferecem entrega gratuita a partir de determinado valor para incentivar o maior número de vendas. Se você quiser comprar apenas uma peça, veja se alguma amiga não tem interesse em comprar algo no mesmo site e economize no frete.

7 – Prefira as lojas conhecidas

Comprar em uma loja conhecida pode evitar surpresas desagradáveis quanto a qualidade dos produtos e também na escolha dos tamanhos, no caso de roupas. Se a loja física que você costuma comprar possui um sistema de vendas virtual, você já sabe o que pode esperar. Agora, se você quiser fazer uma compra em uma loja desconhecida, cheque sua reputação e consulte amigos que já compraram na loja para verificar se foram bem atendidos.

8 – Desconfie de promoções mirabolantes

Algumas lojas podem liquidar seus produtos disponibilizando-os a preços abaixo da concorrência, mas se a diferença for muito grande, você precisa redobrar os cuidados, principalmente se forem produtos eletrônicos ou de informática, pois a mercadoria pode ter procedência duvidosa, ser falsificada e não oferecer garantia alguma.

9 – Verifique a segurança do site

Selos com indicação de segurança como “Internet Segura” e “Site Seguro”, atestam a confiabilidade do site e são mecanismos de segurança essenciais para os consumidores, mas na hora de fechar um negócio, principalmente de digitar os dados do cartão de crédito, você precisa se certificar que está entrando em um ambiente realmente seguro. Geralmente, essas páginas são iniciadas por “https://: e devem apresentar no navegador um ícone de um cadeado localizado no canto inferior direito da tela ou na barra de endereços, dependendo do programa utilizado. Essa medida é necessária para evitar que seus dados financeiros sejam roubados.

10 – Mantenha o seu computador protegido

Todos estamos expostos a vírus de computadores e programas que roubam senhas e dados sem que possamos perceber. Aumentar os cuidados mantendo o antivírus sempre atualizado, não fazer compras em computadores públicos como os de lan houses e não abrir emails de remetentes suspeitos, podem reduzir os riscos de ser vítima de hackers.

Com essas dicas você vai poder comprar a vontade, depois é só controlar a empolgação e não transformar a facilidade de comprar pela internet em um pretexto para estourar o orçamento. Boas compras.

Dicas pela Web