Dicas de Mulher Dicas de Saúde

Varicell: o medicamento que promete curar varizes

Entenda alguns princípios ativos do medicamento que tem sido apontado como um dos mais eficientes no tratamento de varizes

em 24/03/2014

Foto: Thinkstock

O Varicell é um dos medicamentos mais comentados quando o assunto são as chatas e incômodas varizes. Mas, antes de sair correndo para a farmácia atrás dele, entenda como funciona, quais são suas indicações e contraindicações, e em que casos ele é o medicamento mais indicado.

As varizes são um problema mais comum do que você pode imaginar. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o problema de veias dilatadas atinge mais de 25 milhões de pessoas em todo o mundo. Sua principal causa é essencialmente genética. Ou seja: a doença é transmitida de pais para filhos, de geração em geração, deixando pessoas de toda a família com predisposição para o seu desenvolvimento.

Porém, apesar de parecerem inofensivas, se não receberem o tratamento adequado podem causar prejuízos que vão muito além da estética. Dores, desconforto e inchaço são sintomas comuns que podem evoluir para problemas muito mais sérios como escurecimento e endurecimento da pele e até o desenvolvimento de úlceras.

A região mais propensa a ser afetada por varizes são as pernas, porque além de, naturalmente, sofrerem mais com os efeitos da gravidade, todo o peso do corpo fica concentrado nelas – o que pode acabar sobrecarregando o sistema circulatório da região. Contudo, as varizes também podem aparecer em outros lugares do corpo, como no tórax e nas costas. E, da mesma forma, se não forem tratadas, as consequências podem ser severas, exigindo até um procedimento cirúrgico.

Entretanto, antes de chegar a esse ponto, você pode procurar uma série de tratamentos com resultados eficientes comprovados, como é o caso do Varicell.

O que é o Varicell e para que ele serve?

O Varicell é um medicamento administrado por via oral que auxilia no alívio da sensação de cansaço e de “pernas pesadas”, típico de quem sofre com varizes. Além disso, o medicamento também serve para prevenir a dilatação de novas veias.

De acordo com os farmacêuticos Nilton de França Junior e Rafael Saraiva de Andrade, o Varicell possui em sua composição mecanismos com os seguintes princípios ativos:

  • Queratina Parcialmente Hidrolisada: que atua diminuindo as dores, sensação de peso nas pernas e o inchaço, o que melhora significativamente a circulação venosa na região afetada pelas varizes;
  • E Enxofre Sublimado Lavado, Pó de folha de Sene e Bitartarato de Potássio: que são três tipos de laxantes fracos que auxiliam no bom funcionamento dos intestinos. Por isso, o Varicell é também um bom medicamento para o tratamento de hemorroidas, que nada mais são que varizes na região anal. Esses compostos ajudam a aliviar o sangramento, dores e o processo inflamatório ocasionado pela doença hemorroidária.

Indicações e contraindicações

O Varicell é indicado para tratamento de varizes, hemorróidas, fissura anal e úlceras varicosas. Não tem genérico e requer receita médica para ser comprado. Por isso, se você está se sentindo incomodada com varizes ou algum desses outros problemas, a melhor indicação sempre é procurar um médico especialista para ver qual é o melhor tratamento para o seu caso.

O medicamento não deve ser usado por pacientes que tenham hipersensibilidade a algum dos componentes da fórmula ou que sofram com outros males como apendicite, inflamação intestinal, dores abdominais, gases náuseas e vômitos. Também “não é recomendado durante a gravidez ou período de amamentação”, completam os farmacêuticos França e Saraiva.

Varicell 320mg (48 drágeas) por R$45,00 nas Farmácias Pague Menos

Efeitos colaterais

Dores de cabeça e alguns distúrbios gástricos leves foram constatados em alguns pacientes que utilizaram o medicamento.

Funciona mesmo?

Os efeitos do Varicell são comprovados. Mas, a verdade é que cada caso é um caso. Por isso, o ideal é procurar um especialista para detectar qual é a causa do seu problema e o tratamento mais indicado.

Pode ser usado como preventivo?

É fundamental ressaltar que, apesar de ter eficiência comprovada, não é aconselhável o uso deste ou qualquer outro medicamento como preventivo, sem antes consultar um médico especialista.

Comentários
Dicas relacionadas