Dicas de Mulher Dicas de Saúde

Use o bambolê e alie malhação com diversão

Além de um ótimo acessório para praticar exercícios, o bambolê pode oferecer muitos benefícios para o seu corpo e descontração para os seus treinos

em 07/11/2012

Foto: Thinkstock

Quem é que nunca se divertiu brincando de bambolê quando criança? Se você faz parte do grupo de pessoas que já bamboleou e sabe o quanto é divertido, certamente vai gostar desta novidade. O bambolê antes tido como um simples brinquedo, até desconhecido pelas crianças de hoje em dia, acaba de se tornar um grande aliado das mulheres que desejam ter uma cintura fina, um abdômen sequinho e definido, e de quebra perder peso.

Depois de fazer grande sucesso nas aulas de pilates e de circo, os bambolês ganham cada vez mais espaço nas academias, nos parques e até dentro das casas com aulas coreografadas e movimentos que ajudam a cuidar do corpo de uma forma divertida.

Trata-se de uma atividade relativamente fácil de praticar, de baixa intensidade, que pode ser praticado por praticamente qualquer pessoa e que não exige muito preparo e nem esforço físico, apenas um pouco de espaço e uma boa dose de disposição.

Confira os principais benefícios do uso desse acessório e prepare-se para sair bamboleando por aí.

Afina a cintura e firma a barriga

Os movimentos que são necessários para manter o bambolê rodando em torno da cintura trabalham bastante a região dos oblíquos do abdômen e de toda essa região, deixando-o mais firme e com músculos fortalecidos. Como o exercício trabalha toda a estrutura do tronco e da musculatura da pelve, o exercício também previne dores lombares. Um treino com bambolê durante 30 minutos mesclando movimentos giratórios e saltos pode queimar até 200 calorias.

Solta o quadril e melhora o rebolado

Para quem tem o quadril preso, o bambolê pode ser muito eficiente para melhorar o rebolado garantindo mais ginga e requebrado. Isso ocorre porque para girar o bambolê é necessário focar os movimentos na região da cintura aliviando toda a pressão do corpo e concentrando-a nessa região. Para quem gosta de dançar ritmos como o samba, que exigem bastante rebolado, mas tem o quadril preso, os treinos com bambolê podem ajudar a deixar o quadril mais soltinho.

Melhora a coordenação motora e o equilíbrio

Manter o bambolê girando por vários minutos seguidos não é uma tarefa fácil. É necessário ter muita coordenação, equilíbrio e concentração para fortalecer o centro do corpo através da contração dos músculos abdominais e manter o fluxo do movimento que faz o corpo girar em torno de um eixo central. Portanto, se o bambolê cair repetidas vezes no chão, não desanime. Abaixe-se e pegue-o quantas vezes forem necessárias e recomece. Com a prática, a sua coordenação motora e o seu equilíbrio vão melhorando e os movimentos do corpo vão ficando cada vez mais fáceis e naturais.

Tonifica as pernas

Além de girar o bambolê na cintura, alguns treinos mesclam os movimentos com saltos entre os arcos para fortalecer a musculatura das pernas. Nesse exercício, a resistência física é fundamental para desenvolver os movimentos da maneira correta e equilibrada, mas quando bem executado, esse exercício pode ajudar a deixar as pernas durinhas. Quanto mais tempo e mais saltos, maior será o gasto calórico.

Outra forma de obter pernas tonificadas usando o bambolê consiste em, deitada, girá-lo com uma das pernas. Essa técnica exige um pouco mais de equilíbrio, mas também ajuda a manter as pernas bem torneadas.

Tonifica os braços

A mesma técnica de girar os arcos nas pernas, também é eficiente para tonificar os braços. A diferença é que deve ser feita em pé, mas a ideia é a mesma de manter o bambolê girando e alternando os braços e também a intensidade dos movimentos, sempre tomando cuidado para não atingir o rosto.

Alivia o estresse

Girar o bambolê é uma atividade que traz em si muitos elementos da infância, por isso, mais que um exercício, é uma prática que pode ser encarada como um verdadeira brincadeira para aliviar as tensões do corpo e da mente. Você pode fazer em qualquer lugar, ao ar livre, sozinha e até na companhia das crianças, o que certamente serve para combater o estresse e deixar a atividade ainda mais leve e descontraída.

Além de todos esses benefícios, as atividades com bambolês também auxiliam na queima de calorias, no alongamento da coluna, no aumento da flexibilidade e na melhora da postura. Depois dos primeiros quinze minutos de exercício, o bambolê já funciona como exercício aeróbico trabalhando a frequência cardíaca e a resistência física.

Por ser um exercício de baixa intensidade, não existem contraindicações à sua prática, mas se você já tiver histórico de dores na coluna, quadril e joelho, é melhor ficar atento e não exagerar na intensidade.

Atualmente, já existem diferentes opções, tamanhos e cores de bambolês no mercado. Para as mais experientes, existem modelos onde é possível colocar água para aumentar o peso e o trabalho aeróbio. Também existem modelos com bolinhas magnéticas que estimulam pontos estratégicos do corpo. Escolha o seu e comece hoje mesmo a praticar e se divertir.

Comentários
Dicas relacionadas