Dicas de Mulher Dicas de Saúde

Tudo sobre colesterol

Conheça os tipos de colesterol e saiba como se manter longe do colesterol alto, um grande vilão que pode colocar a saúde do seu coração em risco

em 17/09/2014

Foto: Thinkstock

Foto: Thinkstock

O colesterol alto é um mal que afeta milhões de pessoas no mundo todo e representa perigo para a saúde, principalmente para o coração. Quem tem colesterol alto vive de dieta, se preocupando com o que pode ou não comer. Mas como o problema não apresenta sintomas, a pessoa pode estar com o colesterol nas alturas e nem desconfiar.

O aumento dos níveis de colesterol pode ter várias causas, entre elas uma alimentação com excesso de alimentos ricos em gorduras ruins e poucas frutas, verduras e legumes, que são excelentes fontes de fibra. Excesso de peso, sedentarismo ou ainda fator genético são outros fatores quem contribuem para essa condição de saúde perigosa.

Apesar de prejudicial à saúde quando em níveis elevados, o colesterol é importante para o funcionamento do organismo humano.

Ele é necessário para o crescimento e regeneração das células, é responsável pela formação dos hormônios sexuais e pelo metabolismo das vitaminas A, K, E e D. Além disso, o colesterol participa da produção da bílis, que ajuda no processo de digestão.

Portanto, o colesterol não faz mal para a saúde, mas sim o seu excesso. Quando o nível desse tipo de gordura ultrapassa os limites considerados aceitáveis para suprir as necessidades do organismo, tende a se acumular nas paredes das artérias. Com o tempo, a gordura depositada se transforma em placas que podem, pouco a pouco, entupir as artérias e levar a problemas cardiovasculares.

Tipos de colesterol

O colesterol não é solúvel no sangue, por isso, precisa estar ligado a uma proteína para ser transportado do fígado para os outros tecidos através da circulação. Deste processo, têm origem as chamadas lipoproteínas de transporte, que são os dois tipos de colesterol: o HDL e o LDL.

Colesterol HDL

É o colesterol bom. O HDL ajuda a remover o colesterol acumulado nas paredes das artérias para o fígado. Dessa forma, o colesterol pode ser transformado em bílis e ser reutilizado pelo corpo. Portanto, quando existem altas concentrações do colesterol HDL no sangue, o risco de ataques cardíacos é menor.

Colesterol LDL

Considerado o colesterol ruim, já que ao contrário do HDL, as altas concentrações de LDL no sangue estão associadas a um maior risco de doenças do coração. Isso porque o colesterol LDL se oxida e se deposita nas paredes das artérias, dificultando a circulação do sangue. O processo de entupimento das artérias é gradual e pode causar ataques do coração, AVC (ou derrame), aterosclerose e trombose.

Colesterol e alimentação

A maior parte do colesterol é fabricado pelo nosso próprio corpo, em média 70% sintetizados pelo fígado. Os outros 30% são provenientes da alimentação, mais especificamente dos alimentos de origem animal. As principais fontes de colesterol são:

  • leite integral;
  • queijos amarelos;
  • manteiga;
  • creme de leite;
  • gema de ovo;
  • frios (salame, presunto, etc.) ;
  • embutidos (salsicha, linguiça, etc.) ;
  • bacon;
  • miúdos de boi e aves (fígado, coração) ;
  • frutos do mar.

Como evitar o colesterol alto

A melhor forma de evitar o colesterol alto é ter um estilo de vida saudável, o que inclui uma dieta à base de alimentos que ajudem a diminuir os níveis de colesterol. As fibras são um bom exemplo de alimentos com essa função, principalmente a linhaça e a aveia. As verduras, frutas, chá verde, alho, gengibre, ômega-3, proteína de soja e vitaminas C e E também devem fazer parte do cardápio.

Evite as frituras, o consumo excessivo de gordura saturada, presente nas carnes gordas e de gordura trans, muito utilizada na fabricação de pães, salgadinhos, bolachas, sorvetes, molhos para salada, entre outros produtos.

Fuja do sedentarismo e tenha uma vida mais ativa. Fazer exercícios físicos diminui os níveis de LDL e aumenta os níveis de HDL. Além disso, diminui o risco de doenças do coração e ajuda a perder peso. Pessoas acima do peso e obesas estão mais propensas a desenvolver doenças cardíacas e a sofrer derrame. Mexer o corpo só traz benefícios e melhora a saúde como um todo.

Outra dicas importante são moderar o consumo de bebidas alcoólicas e largar o vício do cigarro. Não se esqueça de visitar o médico regularmente para fazer exames e verificar os níveis de colesterol no organismo. A prevenção e o controle do colesterol são armas poderosas para evitar doenças sérias e complicações.

Receba nossas melhores dicas diretamente em seu e-mail

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades sobre os assuntos do momento.

Nós odiamos spam. Nunca usaremos seu e-mail para outros fins.

Comentários
Dicas relacionadas