Tratamentos de pele para fazer no inverno

A época é ideal para o tratamento de rugas, estrias e cicatrizes já que a exposição ao sol é menor

Por Alessandra Busko
Atualizado em 22/06/2012 15:08

tratamenos esteticos inverno Tratamentos de pele para fazer no inverno

Para que os tratamentos estéticos tenham ótimos resultados, o recomendado é que alguns deles sejam feitos no inverno, quando a exposição solar é menor. Desta forma, evitam-se agressões na pele que podem causar hematomas, manchas, cicatrizes, inflamações e outras complicações.

Os procedimentos ideais para a estação mais fria do ano são para tratar rugas, estrias e cicatrizes. Veja algumas dicas e fique por dentro dos tratamentos de pele para fazer no inverno que garantem resultados positivos, deixando a pele renovada e muito bem cuidada. E não esqueça que, após todo tratamento, também é necessário ter alguns cuidados e muita proteção.

Depilação a laser

A depilação a laser é um procedimento estético específico para eliminação dos pelos do corpo nas áreas que não têm contato com a mucosa. Os pelos são destruídos com um aparelho à laser ou luz pulsada que é aplicado na região.

Esse tipo de tratamento é ideal para ser feito durante o inverno porque é uma época em que não expomos muito a pele aos raios solares intensos como no verão.

O tempo estimado para ter bons resultados com depilação a laser no inverno é de até cinco sessões com intervalos de 20 dias cada. A duração do resultado até que os pelos voltem a crescer varia de mulher para mulher, pois isso vai depender se o pelo foi mesmo retirado pela raiz. A recuperação para o tratamento à laser é não se expor ao sol por um período de cinco dias, pois a pele fica muito sensível.

Escleroterapia

A escleroterapia é um tratamento que seca os vasinhos menores e avermelhados através da aplicação direta com injeções com substâncias químicas ou laser, que costuma ser uma opção mais eficiente. Os resultados podem ser visíveis na primeira sessão mesmo quando os vasinhos são mais finos, em caso dos grossos é necessário fazer mais sessões. Para evitar manchas e hematomas, evite que a região arroxeada, onde foi feito o tratamento, seja exposta ao sol durante um período de dez dias a um mês, se possível.

Intradermoterapia

Para o tratamento de estrias, usa-se o procedimento da intradermoterapia, são injeções com substâncias como a vitamina C aplicadas na região afetada para ajudar amenizar a coloração das estrias. Os resultados podem ser vistos a partir da décima sessão e durante os três primeiros dias é recomendado não expor a região no sol, pois a pele ainda apresenta hematomas recentes.

Laser fracionado

O laser fracionado é um tipo de tratamento para cicatrizes de acne e rugas profundas. Esse procedimento é feito por equipamentos como Fraxel, pixel e laser de CO² que são eficazes podendo atingir até a segunda camada da pele, promovendo a descamação, renovando as células e estimulando a produção de colágeno.

Antes, é necessário usar cremes preparatórios na pele por três semanas. Para fazer o tratamento, usa-se pomada anestésica e sedativo na região aplicado por um profissional. O resultado pode ser visível logo na primeira sessão, mas para repeti-la é necessário aguardar até dois meses.

Após o procedimento, a pele fica machucada por até cinco dias, formando feridinhas que permanecem por até dez dias no máximo. Para que a recuperação seja um sucesso, é recomendado não se expor aos raios solares durante um mês e ficar de repouso completo por até dez dias.

Luz pulsada

A luz pulsada é específica para o tratamento de manchas, estrias e flacidez. O procedimento é feito através de uma luz que transmite calor e age em vários níveis da pele. Primeiramente, ela ajuda a corrigir manchas e vasos superficiais, depois vai mais profundamente, estimulando a produção de colágeno e por último, dá mais firmeza à pele e ajuda a suavizas as rugas. O tratamento não é nada agressivo e dependendo do grau do problema, ele pode apresentar bons resultados na primeira sessão. Para que o resultado seja satisfatório, é preciso evitar exposição solar por até uma semana.

Peeling de cristal

O peeling de cristal é um tratamento de esfoliação facial que previne espinhas e rugas. É aplicado através de uma máquina onde microcristais eliminam as células mortas da pele, limpando as impurezas e combatendo a oleosidade excessiva. Neste tratamento não há uso de produtos químicos.

Para garantir uma rápida recuperação, basta evitar o contato com raios solares por até três dias e aplicar o protetor solar diariamente, até mesmo nos dias frios e nublados. Mantenha o tratamento contínuo para resultados ainda melhores.

Peeling médio

O peeling médio é um tratamento específico para as rugas médias e manchas faciais. Esse tipo de tratamento usa-se ácidos como o retinóico, blue peel, ATA, entre outros tipos, por isso é considerado mais agressivo. A recuperação do tratamento de peeling médio exige cuidados maiores, pois não é permitido se expor aos raios solares por até 10 dias, já que pele fica muito sensível. Na maioria dos casos, após a sessão, ela apresenta uma tonalidade avermelhada e sensação de ardência. O uso do protetor solar nesse período é primordial. Cada caso é um caso, por isso é preciso aguardar um mês após a primeira aplicação para repetir o procedimento.

Peeling profundo

Como o nome já diz, o peeling profundo é um tratamento mais forte, específico para cicatrizes mais profundas e rugas acentuadas. Neste tratamento, usa-se o ácido fenol, que tem a função de chegar até a camada mais profunda e promover uma renovação celular na pele. Seus resultados são bastante satisfatórios, principalmente para quem possui rugas bastante acentuadas.

Como se trata de um procedimento mais complexo, é necessário usar pomadas e cremes faciais por um mês e uma pomada anestésica no dia do tratamento. Para garantir ótimos resultados, sem causar dano à pele, é necessário ficar até um mês sem se expor ao sol e dez dias de repouso completo. Com uma sessão apenas, já é possível ver ótimos resultados na pele, mas caso seja preciso repetir o procedimento, é preciso esperar um tempo de dois meses.