Tranças afro

Conheça a técnica ideal para quem quer domar o cabelo crespo sem precisar usar química

Por Alessandra Busko
Atualizado em 23/08/2013 11:09

trancas afro Tranças afro

As mulheres negras geralmente têm cabelos crespos, com fios grossos e pesados que necessitam de cuidados extras e atenção redobrada para ficarem sempre domados e bonitos. Enquanto algumas assumem a cabeleira, há quem prefira apostar em transformações no visual.

O alisamento e o relaxamento ainda são as opções mais pedida nos salões, mas existem outras opções. As tranças afro são um bom exemplo de técnica para mudar o cabelo crespo sem precisar usar química. Elas são feitas uma a uma, começando do couro cabeludo.

Existem várias formas de trançar os fios afro: até a metade da cabeça, da raiz às pontas (trança nagô) ou em um estilo mais despojado, onde o trançado é invertido, começando a partir da nuca e terminando no topo da cabeça (trança nagô invertido).

O penteado afro com tranças pode ficar ainda mais bonito acrescentando lãs coloridas junto as tranças para deixar o visual mais colorido e alegre.

O interessante é que as trancinhas afro podem ser feitas fios de qualquer comprimento, principalmente os mais curtos, desde que tenham cinco centímetros de raiz. A técnica garante fios em ordem, sem volume e, dependendo do cabelo, as tranças podem durar de oito dias a três meses.

Mesmo com o cabelo trançado, não se deve descuidar da higiene dos fios. As tranças afro podem ser lavadas normalmente, mas evite fazer isso todos os dias. O ideal é lavar as madeixas a cada dois dias e sempre secar os fios com a ajuda de um secador na temperatura fria. Na hora de dormir, a dica é usar uma touca, lenço ou rede para conservar o penteado e evitar que as tranças se soltem.