Sinal de perigo: cosméticos vencidos

Se o produto venceu, mande-o para o lixo ou você pode ter uma grave alergia

Atualizado em 11/10/2013 14:29
sinal de perigo cosmeticos vencidos Sinal de perigo: cosméticos vencidos

Foto: Thinkstock

A data de validade do seu creme venceu faz tempo, mas tudo bem continuar usando-o, afinal, o cheiro permanece igual. Você nem dá bola pra essa história de maquiagem vencida, mesmo porque elas ficam iguais depois que o prazo expirou, correto? Na sua opinião, validade em cosmético é só uma forma dessa indústria pegar mais dinheiro nosso, não é? Se você faz parte desse time de mulheres, saiba que está agindo de forma bastante errada. Cosméticos vencidos só podem ter um destino: o lixo.

Por que é ruim?

Os cosméticos contêm, em sua composição, corantes, conservantes, perfumes entre outros e essas substâncias têm prazo de validade para agir, sim: são elas que garantem a não instalação de bactérias e fungos em seu produto. Também são elas que garantem a consistência e a função final do cosmético.

“Mas eu nunca tenho alergia…”

Na verdade, qualquer produto pode causar alergia, seja por irritação, ou por sensibilização, mesmo estando dentro do prazo de validade, isso varia de acordo com os tipos de pele (algumas são bem sensíveis).

Mas quando o produto tem seu prazo expirado, aí a coisa pega mesmo! O contato do produto com ar, pele e mucosas favorece sua contaminação por bactérias e fungos.

Dessa forma, as chances de você ganhar uma pele vermelha, com edemas, inchada, com bolhas e coceira são enormes. A partir de qualquer um desses sinais, a atitude mais correta é suspender o uso de todos os cosméticos e procurar um dermatologista para avaliação e tratamento.

De olhos abertos. E nariz esperto!

Além de ter atenção à data de validade, você consegue evitar vários problemas ao observar a aparência do produto, verificando a consistência, a cor e o cheiro. Quer um exemplo? O xampu pode mudar a homogeneidade e decantar. O creme hidratante, às vezes, fica bem líquido, assim como o condicionador. Em compensação, os pós, como sombra, blush e base, podem começar a esfarelar e ficar mais opacos. O protetor solar perde sua função mais importante: proteger contra o sol. Aí não faz mais sentido usar.

Os ingredientes dos cosméticos que garantem sua durabilidade só garantem a integridade do produto até um certo limite de tempo. Ou seja, depois disso o caminho está livre para os microorganismos estragarem o que está na nécessaire ou no armário.

O que acontece com a pele?

O básico é sentir coceira e ficar com a pele mais avermelhada, mas a situação pode piorar bastante quando o produto vencido atinge a mucosa da pele. Por exemplo, um lápis delineador de olhos pode causar até infecção de tanto que irrita. Você ganha olhos vermelhos e, momentaneamente, fica com a visão prejudicada. Imagine o perigo se estiver dirigindo ou mesmo atravessando a rua! Além disso, algo mais grave pode acontecer: infecção fúngica causa danos sérios na córnea.

Se houver lesão na pele, como uma espinha, o problema provocado por um cosmético vencido se torna ainda mais grave, prejudicando a infecção já existente.

Quando o produto vencido é usado no cabelo, as chances de caspa aumentam porque eles não limpam mais. Seu cabelo perde o brilho e a maciez.

Perfume vence?

Sim! Normalmente, eles duram até cinco anos quando bem conservados, longe do calor e do sol. Mas quando vencem causam alergias e irritações na pele, sem contar a fragrância que fica menos cheirosa e a cor do líquido, mais opaca. Outro sinal é o depósito de partículas estranhas no fundo do frasco, que podem ser fruto de contaminação bacteriana ou fúngica.

Por isso é bacana comprar perfumes com frascos transparentes e ter atenção extra ao prazo de validade.

Fique atenta

O prazo de validade, principalmente das maquiagens, nem sempre está nítido, eles ficam bem escondidos. Por isso, não leve o produto na dúvida, peça à vendedora, assim você evita levar pra casa um produto pertinho de vencer.

Algumas dicas para você ficar bonita com segurança:

  • Não utilize nenhum produto sobre a pele irritada ou machucada (a menos que seu dermatologista recomende).
  • Se a pele ficar irritada, interrompa o uso do produto imediatamente e procure um dermatologista para orientação.
  • Mantenha os cosméticos bem fechados quando não estiver usando.
  • Evite emprestar seus produtos, principalmente batons e lápis. Eles servem como veículo de transmissão de vírus, bactérias ou fungos.
  • Se emprestar algum pincel, lave-o depois antes de usar novamente.
  • Mantenha os cosméticos fora do sol e calor. A luz e a alta temperatura podem matar os conservantes que ajudam a combater as bactérias. Por esse motivo, não vale deixar os cosméticos por muito tempo em um carro quente.

E lembre-se: no primeiro sinal de irritação, corra agendar uma visita com seu médico.