Dicas de Mulher Dicas de Saúde

Quais são as bebidas que mais engordam?

Um drinque também pode ser uma bomba calórica. Descubra quais são as bebidas capazes de comprometer sua dieta e brinde sem peso na consciência

em 13/08/2013

Foto: Thinkstock

Opções diversificadas de bebidas é o que não falta. Com ou sem álcool, elas estão presentes no happy hour com os amigos, coquetéis na empresa ou eventos. Existem também as que não oferecem nenhuma ameaça a dieta, como por exemplo, polpa de frutas com pouca quantidade de álcool, certo? Errado!

“A quantidade de calorias está relacionada à quantidade de álcool principalmente. Bebidas com teor alcoólico maior são mais calóricas”, explica a nutricionista Mariana Ribeiro, da empresa Congelados da Sônia. Por isso, muita atenção no que você bebe!

Diferentemente do que se pensa, a cerveja é uma das bebidas que possui menor teor alcoólico: 3% a 8%. “O problema em consumi-la está justamente na quantidade que se bebe e nos petiscos gordurosos que normalmente a acompanham”, diz a nutricionista. Para quem aprecia um bom vinho, esse teor aumenta. “O vinho tem cerca de 12% e as destiladas de 40 a 50% de teor alcoólico”, complementa.

A forma de preparar a bebida também é fator determinante. “A quantidade de calorias também altera de acordo com o seu preparo. Uma caipirinha preparada com cachaça, fruta e muito açúcar, será bem mais calórica que a versão da bebida com saquê, fruta e adoçante, por exemplo”, conta Mariana.

Bebidas alcoólicas tendem a engordar mais que as não alcoólicas?

“Todas as bebidas alcoólicas contêm álcool etílico que, quando metabolizado pelo organismo, transforma-se em carboidratos produzindo 7 quilocalorias por grama. O que difere uma bebida de outra é justamente a quantidade de álcool. Quanto maior o teor alcoólico, mais calorias a bebida terá”, explica Mariana.

Os destilados, como aguardente, vodka e uísque, por exemplo, fornecem cerca 240 quilocalorias por 100 mL. “O vinho traz 85 quilocalorias sendo 70 correspondentes ao álcool e 15 aos carboidratos já presentes na bebida”, comenta a nutricionista.

Quem não dispensa uma latinha de cerveja, cuidado com a balança! “A quantidade de 100 mL de cerveja fornece aproximadamente 45 quilocalorias, metade proveniente do etanol e metade de carboidratos. Em comparação com os refrigerantes, que, apesar do açúcar, fornecem cerca de 40 calorias por 100 mL, as bebidas alcoólicas engordam mais”, alerta Mariana.

Como beber sem engordar?

É necessário beber com moderação! “Não adianta optar por uma bebida com menor teor alcoólico e menos calórica, mas acabar exagerando na dose. Às vezes é melhor escolher a bebida mais forte e por isso mais calórica, mas beber menos. Uma taça de vinho tinto diária, por exemplo, faz bem à saúde cardiovascular por causa da sua grande quantidade de flavonoides. O vinho tem maior teor alcoólico, tem mais calorias, mas em quantidade moderada é muito benéfico para a saúde”, recomenda a nutricionista.

O saquê, por exemplo, também é ótima aposta e é menos calórico. “Escolha uma fruta não muito ácida e que não exija uma grande quantidade de açúcar para o saquê! Preparar a bebida com uma fruta mais docinha como a melancia, por exemplo, e acrescentar adoçante é uma saída. Para as mulheres mais disciplinadas, as bebidas com menor teor alcoólico e ingeridas em pequena quantidade são escolhas ideais”, diz Mariana.

Cuidado com os petiscos! “Evite as opções muito gordurosas”, recomenda a nutricionista. Mariana também recomenda ‘nunca beber de estômago vazio e sempre fazer uma refeição leve antes de ingerir bebida alcoólica. Intercalar o consumo da bebida com o de água é também muito importante’.

Comentários
Dicas relacionadas