Novidade! Baixe nosso app em seu smartphone Android iPhone

Dicas de Mulher Dicas de Casa

Planejar antes de reformar é essencial

Quem pretende reformar deve tomar alguns cuidados para não estourar o orçamento e garantir que o resultado final seja o desejado

em 19/09/2014

Construir uma casa não é nada fácil, reformar então nem se fala. Muita gente sente calafrios só de pensar em fazer mudanças na casa, o que leva tempo, dá trabalho. Sem contar na bagunça que parece interminável, o pó, o barulho e o entra e sai de gente estranha dentro de casa. O pior de tudo é o preço, que assusta qualquer um e ainda o risco de o resultado da reforma não ser nada do que se esperava.

Para tornar a reforma menos complicada e fazer valer a pena todo o sacrifício, é preciso tomar alguns cuidados antes de começar as mudanças. O grande segredo para não ter surpresas desagradáveis, tanto no novo visual da casa como no bolso, é planejar a reforma da casa o mais detalhadamente possível.

Defina com antecedência o máximo que pode ser gasto na obra se mantenha fiel ao orçamento durante toda reforma. Para isso, vale elaborar uma planilha, que deve ser preenchida e acompanhada atentamente até que a reforma acabe. Se extrapolar o gasto previsto em um item, compense gastando menos no outro.

Mesmo que pequena, a reforma deve ser feita por etapas. Antes de começar a obra propriamente dita, o ideal é avaliar se vale a pena ou não reformar, comparando o valor do imóvel, quanto vai ser gasto e quanto ele vai se valorizar após a obra.

Depois de analisar bem, é hora de procurar um arquiteto ou engenheiro para tocar a obra. A responsabilidade é muito grande, por isso o serviço requer um profissional. Conhecer e ter referências do profissional ajuda, mas não deve ser um fator decisivo. Além de empatia, a confiança é fundamental. Uma escolha errada pode causar verdadeiros prejuízos na sua obra, tanto financeiros, como técnicos.

Escolha feita, a próxima etapa da reforma da casa é o desenho do projeto. Desenhe, sem compromisso, tudo o que você gostaria de reformar: tamanho, cômodos, equipamentos de lazer, acabamentos. Somente através do projeto é possível planejar e definir a nova casa. Depois, apresente suas idéias ao arquiteto. Juntos, vocês poderão avaliar todas as possibilidades e chegar a um projeto definitivo. Tudo o que não for previsto na fase de elaboração pode ser considerado um custo extra. Ou seja, a obra vai ficar mais cara do que você imaginou.

Feito tudo isso, você deverá elaborar uma lista dos materiais necessários para a reforma. Não se esqueça de pesquisar os preços. Dependendo da quantidade que será usada na reforma, você pode conseguir descontos em algumas lojas.

Materiais comprados, agora é só iniciar a reforma. Como você já contratou um profissional competente, não é necessário estar presente o tempo todo no local, mas é aconselhável que você visite a obra sempre que puder. Se a reforma é realizada na parte interna da casa, tome cuidado com a poeira, procurando ficar longe do local. O barulho é inevitável, mas pense que será por pouco tempo e logo sua casa vai estar de cara nova.

Quando a estrutura nova estiver pronta você já pode definir pisos para cozinha, banheiro, quintal, quarto, sala. As opções disponíveis no mercado são as mais variadas. Na hora de definir as instalações da casa, não se esqueça de pedir a ajuda de um eletricista de confiança. Após tudo pronto, basta que você cuide bem do novo ambiente e desfrute com prazer do local.

Receba nossas melhores dicas diretamente em seu e-mail

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades sobre os assuntos do momento.

Nós odiamos spam. Nunca usaremos seu e-mail para outros fins.

Comentários
Dicas relacionadas