Dicas de Mulher Dicas de Saúde

6 dicas para acabar de vez com os pés ressecados

Hidratar e não andar com os pés descalços são apenas algumas medidas que podem ajudar. Confira todas as dicas dos especialistas

em 14/02/2017

Foto: Getty Images

Quem tem os pés ressecados sabe o quanto é incômodo e, por isso, está sempre em busca de medidas que realmente ajudem a melhorar este desconforto. Mas, afinal, o que causa os pés ressacados? Existe mesmo tratamento? E tem como evitar o problema?

A médica dermatologista Livia Pino, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e pós-graduada em Dermatologia pela Policlínica Geral do Rio de Janeiro, comenta que os pés (assim como as mãos) não têm pelos e, por isso, falta a lubrificação natural da pele, deixando-os naturalmente mais ressecados. “Além disso, algumas questões genéticas e algumas condições e doenças podem fazer peles serem mais ressecadas que outras. Andar descalço ou de sandália rasteira, por exemplo, geralmente faz o pé ficar mais grosso e ressecado”, diz.

Sara Bragança, médica pós-graduada em Dermatologia, explica que existem diversas causas para os pés ressecados. Dentre as mais comuns estão: andar descalço, uso frequente de sapatos abertos, obesidade, problemas vasculares, micoses, falta de hidratação, hipotireoidismo. “A hereditariedade também é um fator importante, além de maus hábitos alimentares”, diz.

Juliana Jordão, médica pós-graduada em Dermatologia, membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica, com Especialização em Laserterapia e Fotodermatologia na Skin and Laser Center of Boom em Boom (Bélgica), ressalta que os pés ressecados podem ser causados por diversos fatores, como: o atrito constante de quem anda com os pés descalços; a falta de hábito de hidratar a pele após o banho; o excesso de peso que facilita o aparecimento de fissuras na pele; e doenças que favorecem o ressecamento, como insuficiência venosa (varizes) e diabetes.

Dessa forma, nem sempre é possível identificar uma única causa que justifique a pessoa ter os pés ressacados. Mas existem, sim, medidas que ajudam a combater o problema e também a evitá-lo. Confira as principais maneiras de combater o ressecamento dos pés abaixo!

1. Hidratar diariamente

Foto: Getty Images

Livia destaca que os pés devem ser hidratados diariamente, assim como a pele do corpo. “Recomendo colocar o hidratante na mesa de cabeceira, para não esquecer e assim também ninguém correrá o risco de escorregar”, diz.

Sara comenta que a hidratação no período noturno é o mais recomendado. “Isso porque, além do hidratante ficar em contato mais tempo com a área a ser tratada, reduz o risco de acidentes (pois os pés ficam escorregadios depois da hidratação)”, diz.

Sara acrescenta que os produtos devem, de preferência, ser específicos para esta área. Cremes à base de ureia são os mais recomendados, de acordo com a médica.

2. Usar produtos específicos no caso de pés com fissuras

Juliana destaca que para peles descamativas, cremes com ureia ajudam muito. Porém, para pés com fissuras, é recomendado evitar a ureia dentro das lesões para não haver ardência. “Deve-se utilizar um creme cicatrizante ou reparador (com dexpantenol, entre outros) nas fissuras para seu fechamento”, diz.

3. Dormir com meias de algodão após a hidratação

Uma dica simples e muito válida é, após hidratar os pés antes de dormir, colocar uma meia de algodão e permanecer com ela durante toda a noite. Ou ainda, enrolar os pés em plástico filme.

“Quando ocluímos (tapamos) o creme hidratante com as meias ou plástico filme fazemos o hidratante ser mais bem absorvido pela pele”, destaca Livia.

4. Esfoliar levemente e com moderação

Foto: Getty Images

Sara comenta que a esfoliação é importante para que a hidratação seja mais efetiva e os pés fiquem mais macios. “A frequência da esfoliação deve ser semanal, porém, essa esfoliação não pode ser muito vigorosa”, diz.

Livia destaca que os pés só devem ser lixados ou esfoliados no máximo uma vez por semana em caso de Ceratodermia (parte grossa espessada do pé).

Para Juliana, a esfoliação deve ser feita apenas uma vez ao mês. “A esfoliação intensa deve ser evitada, pois a pele interpreta como uma agressão e, ao ser agredida, ela reage se espessando. Por este motivo, o hábito de esfoliação em excesso ou muito vigorosa cria um ciclo vicioso que leva a um espessamento progressivo da pele”, explica.

“Pode ser feita, inclusive, a esfoliação com açúcar ou grãos de fubá misturados em um pouco de sabonete liquido durante o banho, uma vez por mês, no máximo, e de forma suave”, recomenda Juliana.

Assim, o ideal é conhecer as particularidades dos seus pés e esfoliar conforme as orientações do seu dermatologista, visto que a esfoliação é, sim, útil, mas, se feita de forma errada e/ou exagerada, pode agravar o problema (ressecamentos dos pés) em vez de ajuda.

5. Não lixar o pé diariamente

Foto: Getty Images

Por mais que muitas pessoas pensem o contrário, os pés não devem ser lixados diariamente no banho. “Isso pode fazer o pé engrossar mais”, destaca Livia.

“Em geral, indicamos lixar com cuidado depois de deixar o pé de molho na água pois fica mais fácil e agride menos a pele”, orienta.

6. Não andar com os pés descalços

Sara explica que o hábito de andar descalço faz com que a sola dos pés e principalmente os calcanhares se tornem mais espessos devido ao atrito direto com a derme – que, por estar sofrendo compressão direta, necessita se proteger, e essa proteção se dá pelo espessamento da derme, deixando-a mais áspera e ressecada.

Além dessas orientações, é muito importante procurar um dermatologista para que cada caso seja tratado individualmente. “O ideal é sempre procurar o dermatologista e ver o que é mais indicado no seu caso. Algumas manifestações de ressecamento nos pés podem ser manifestações de doenças genéticas, micoses e etc.”, destaca Livia.

Produtos que podem te ajudar no tratamento

Confira exemplos de produtos que podem ajudar no tratamento dos pés ressecados:

Nativa SPA creme para os pés O Boticário por R$24,90 no Boticário

Creme para os pés com ureia Ligia Kogos por R$39,90 na Ligia Kogos Dermocosméticos

Creme para os pés Weleda por R$49,22 na The Beauty Box

Creme para os pés Granado por R$45,90 na Beleza na web

Ekos castanha para os pés da Natura por R$34,20 na Natura

Creme com ação preventiva de silicone Biosegredo por R$8,69 no Submarino

Creme Dermopés por R$29,85 no Submarino

La Roche-Posay Lipikar por R$41,23 na Cosmetis

Vale lembrar que a hidratação dos pés deve ser feita diariamente. Mas, em caso de dúvida sobre as substâncias mais indicadas para cada caso (levando em conta se o pé é muito ou pouco ressecado, se há fissuras ou não etc.), o ideal é consultar um dermatologista, que indicará os melhores produtos.

Como prevenir o ressecamento dos pés

Foto: Getty Images

As dicas para se evitar o ressecamento dos pés são basicamente as mesmas daquelas recomendadas para quem já sofre com o problema.

1. Hidratar os pés diariamente: ainda que não sinta aquele incômodo de ter os pés ressacados, é importante hidratá-los todos os dias, após o banho ou antes de dormir, por exemplo. “Para prevenção, hidratantes comuns com silicone, manteiga de karité ou óleos vegetais são bem indicados”, destaca Juliana.

2. Não andar com os pés descalços: o hábito de andar descalço deve ser evitado por quem não quer que os pés fiquem ressecados, pois, conforme explica a dermatologista Juliana, o atrito contínuo faz a pele do pé se espessar como uma forma de defesa.

3. Não lixar os pés diariamente e nem esfoliar sempre: vale lembrar que este hábito de lixar o pé no banho diariamente tende a fazer com que o pé engrosse. Então, até mesmo quem não sofria com o problema, pode a passar a ter os pés ressecados com o tempo. O mesmo cuidado vale com a esfoliação, que não deve ser feita com frequência e nem de forma muito vigorosa.

4. Ter uma alimentação saudável: ainda que pouca gente se dê conta disso, maus hábitos alimentares podem causar o ressecamento dos pés (e de outras partes do corpo).

5. Manter-se no peso: é importante ter este cuidado, pois o excesso de peso facilita o aparecimento de fissuras na pele.

Vale lembrar que, além dos cuidados diários, a consulta com um dermatologista de confiança é muito válida para pessoas que já sofrem com o ressecamento dos pés.

Comentários
Dicas relacionadas