Os primeiros passos do bebê

Saiba o que você pode fazer para ajudar seu filho a dar seus primeiros passinhos

Por Deborah Busko
Atualizado em 08/05/2012 10:36

primeiros passos bebe Os primeiros passos do bebê

Cada aprendizado do bebê é motivo de comemoração para os pais e para toda família: primeiro sorriso, as primeiras palavras, a primeira papinha. E com os primeiros passinhos não poderia ser diferente. Toda mamãe fica ansiosa para ver o pequeno deixar de engatinhar e começar a andar sozinho, mas precisa entender que cada criança tem o seu tempo de amadurecimento.

Geralmente, as crianças começam a andar entre 10 e 11 meses com a ajuda dos pais e por volta dos 12 e 18 meses, já conseguem fazer isso sozinhas. No entanto, não adianta comparar o seu bebê com outro da mesma idade ou com outro mais novo que se arriscou a andar antes. Na hora certa, seu pequeno fará sua estreia.

Se a criança demorar mais que 18 meses para andar, pode ser um sinal de alerta para procurar pelo pediatra para verificar os motivos e se há alguma dificuldade motora.

Esse marco importante no desenvolvimento do bebê necessita de orientação, carinho e muito apoio por parte dos pais. E como a independência nem sempre é algo muito fácil de alcançar, muitas vezes as quedas são inevitáveis.

É por isso que os adultos devem tornar essa descoberta dos primeiros passos do bebê em um momento divertido e prazeroso.

Dicas para ajudar o bebê a andar

  • Fique a uma distância de dois a três metros e chame o bebê em sua direção. As tentativas de chegar até você vão incentivá-lo a andar;
  • Também vale colocar um brinquedinho que ele goste um pouco distante e pedir que ele pegue;
  • Coloque a criança na beirada do sofá ou próxima à parede, isso a ajudará a criar equilíbrio;
  • Fique atenta, pois as quinas dos móveis, tapetes e pisos escorregadios podem ser verdadeiras armadilhas;
  • O melhor é deixar o bebê descalço. Além de conseguir firmar melhor os pezinhos, ele sente o chão e fica mais seguro. As meias antiderrapantes também são uma boa opção, principalmente no inverno;
  • Esqueça os calçados duros demais. Em superfícies ásperas, opte por calçar tênis molinhos ou sapatinhos confortáveis na criança, sempre no tamanho certo.
  • Manter o cuidado quanto às quedas é necessário, mas dê espaço para a criança andar e não fique atrás dela inibindo-a;
  • Quando perceber que a criança está dando os primeiros passos, não demonstre desespero ou medo de que ela caia, pois pode assustá-la. O ideal é transmitir tranquilidade e confiança ao bebê.