Óleo de abacate ajuda no tratamento de estrias e rugas

Bastante utilizado na produção de cosmético, a fruta contêm vitaminas e antioxidantes que retardam o envelhecimento da pele

Por Ana Carolina Gabriel
oleo de abacate ajuda no tratamento de estrias e rugas Óleo de abacate ajuda no tratamento de estrias e rugas

Foto: Thinkstock

Ter uma alimentação incorreta, falta de exercícios físicos e a perda repentina de peso, contribui, e muito, para o surgimento das indesejadas estrias. Localizadas nas regiões do abdômen, coxas e mamas, elas normalmente causam incômodo estético às mulheres. Mas há maneiras eficientes de prevenção e tratamento. E o melhor, com alimentos naturais, como o óleo de abacate.

A nutricionista Mariana Ribeiro explica que “o abacate além de ser ideal para tratamentos estéticos, é um grande protetor cardiovascular, tem uma grande quantidade de vitamina E, e outros antioxidantes”.

Benefícios

Muito utilizado na indústria de cosméticos, ele é indicado para tratamentos da pele. “É usado também no tratamento de rugas e estrias, pois ele estimula o metabolismo do colágeno, o que aumenta a quantidade desta proteína na derme. Isso ajuda a retardar a formação de marcas na pele e contribui para a vitalidade.

Além disso, as substâncias antioxidantes existentes no óleo de abacate também são capazes de proteger a pele contra os radicais livres, moléculas tóxicas formadas pelo corpo que danificam as membranas celulares e, consequentemente, contribuem para o envelhecimento precoce”, explica Mariana.

A fruta tem alto teor de vitamina E, responsável pela proteção dos tecidos do corpo humano. “A vitamina E é o principal antioxidante lipossolúvel no corpo e tem grande interação com outros antioxidantes. Isso explica o porquê de alimentos com pequena quantidade de vitamina E serem bem mais interessantes do que a suplementação dessa vitamina sozinha”, afirma a nutricionista.

Como consumir

Ao fazer uma comparação com outros óleos vegetais, o do abacate é bem mais estável a temperaturas, o que permite ser consumido com frituras e até refogados. Você pode utilizá-lo na preparação de molhos para saladas e na finalização de pratos quentes. Por ser bastante nutritivo, uma boa opção também é misturar com leite e bater no liquidificador, formando um creme pastoso rico em vitamina A, B1, B2, cálcio, fósforo e magnésio.

Mas é bom ressaltar que para obter resultados mais certeiros, é preciso procurar o nutricionista para que ele oriente as quantidades necessárias e ideais do óleo para o seu organismo. Já que o excesso de consumo da fruta pode prejudicar na sua dieta, aumentando as calorias.

É recomendado também comprar os cosméticos que tenham esse tipo de óleo na formulação para um tratamento diário. Você encontra em lojas de cosméticos opções de cremes, bisnagas e o próprio óleo.