Dicas de Mulher Notícias

Veja fotos emocionantes de quem venceu o câncer de mama

Conheça a história de Kelly Davidson e veja os retratos da vitória desta e de outras mulheres que lutaram pela vida e se aceitam como são

em 29/09/2014

Kelly e sua tatuagem no lugar da cicatriz: “Não preciso de seios para ser bonita”. Foto: Reprodução.

Após a mastectomia dupla realizada aos 28 anos, Kelly Davidson, que vive em Ottawa, decidiu compartilhar com o mundo a sua luta, sua vitória e a solução para encarar a realidade do corpo, agora modificado. Aos 34 anos ela optou por, em vez de se submeter a mais uma cirurgia, dessa vez para a reconstrução da mama, tatuar o peito, em honra à sua própria luta e vitória sobre a condição.

Em entrevista ao Ottawa Sun, Kelly diz: “Para qualquer um, perder os seios é devastador, é o que nos define como mulher e como femininas, eu abracei essa mudança. Eu ainda sou eu, eu sou bonita, e não preciso de seios para representar isso para outras pessoas.”

As fotos dela fazem parte do The SCAR Project, idealizado por David Jay, fotógrafo de moda, e é voltado para mulheres entre os 18 e os 35 anos e que carregam as cicatrizes da luta contra o câncer de mama. Lançado em 2011, mostra mulheres em suas realidades pós cirurgia e tratamento, e atesta que o câncer “não é um lacinho rosa” além de homenagear tantas mulheres corajosas e fortes.

Confira mais fotos de Kelly e do projeto SCAR, com outras mulheres que são lindas como são:

Comentários
Dicas relacionadas