Dicas de Mulher Notícias

Veja como gatos abandonados salvaram uma vila inteira

Uma ideia simples que acabou beneficiando não só os animais, mas toda a população local

em 30/07/2013

Foto: Thinkstock

Na entrada da pequena vila Houtong, em Taiwan, há uma imagem de um macaco, um mineiro e um gato de pé sobre uma ponte. O macaco representa o nome original do lugar, “Hou Dong”, ou “caverna dos macacos”, pois os animais eram presença constante de uma caverna nas proximidades. O mineiro representa a importante indústria de mineração de carvão que dominou a economia local até a década de 70. O gato representa a nova economia que revitalizou a pequena comunidade após o declínio do carvão. E a ponte é a ligação de Houtong com o mundo.

Durante o período mais próspero, a vila produziu cerca de 220 mil toneladas de carvão, o que fez com que muitas pessoas migrassem para Houtong. Em seu auge, o local chegou a ter 6 mil moradores. Mas a demanda por carvão foi diminuindo e, com isso, começaram os problemas econômicos. Jovens deixaram a comunidade em busca de novas oportunidades em outros locais e, com isso, muitos animais, especialmente gatos, foram deixados para trás. Na década de 90 a vila contava apenas com algumas centenas de moradores mais antigos, além, é claro, de um grande número de animais.

Foi então que a vida em Houtong tomou um novo e inesperado rumo. Uma taiwanesa apaixonada por gatos e um fotógrafo, Chien Pei-ling, decidiram que era responsabilidade da comunidade cuidar dos gatos abandonados. Organizaram uma equipe de voluntários, criaram um blog com fotos e vídeos dos gatos, e pediram ajuda ao mundo todo. Um grande número de pessoas quis ajudar, o que beneficiou não apenas os animais, mas todo o povo do local.

Muita gente começou a visitar a comunidade para sair com os gatos e o número de turistas aumentou consideravelmente. A população começou a empreender para atender a toda essa gente. Passaram a fabricar, por exemplo, bolos em formato de gatos, e a vender souvenirs temáticos. Todo o entusiasmo acabou resultando também em murais de gato pela cidade, sinais de trânsito de gatos, casinhas de madeira para os gatos e até uma passarela, com as orelhas em uma extremidade e a cauda na outra.

Algumas imagens de Houtong, Taiwan / Foto: Reprodução

O fotógrafo se surpreendeu com a forma como tudo aconteceu. “Nosso amor por animais transformou os gatos de rua em um recurso turístico. Construímos um modelo de convivência pacífica entre as pessoas e os animais para mostrar o lado bom do ser humano. É uma atitude de respeito à vida”, disse. Ele publicou um livro com as fotos dos gatos de Houtong e ganhou o primeiro prêmio em um concurso de fotografias.

Veja no Flickr inúmeras fotos de Houtong e os gatinhos que são a grande atração do local, que agora também ficou conhecida como “cat village” (cidade dos gatos). Essa história inusitada mostra como um simples ato de bondade pode gerar felicidade e trazer esperança para muita gente!

Comentários
Dicas relacionadas