Dicas de Mulher Notícias

Solidão pode ser fatal, segundo estudo

Pessoas solitárias têm mais problemas de saúde que aquelas que convivem e interagem bastante com outras pessoas

em 09/08/2013

Foto: Thinkstock

John Cacioppo, um neurocientista da Universidade de Chicago, em Illinois, apresentou a sua mais recente pesquisa da Psicologia Social e Percepção, em que ele expôs suas conclusões de que há uma ligação biológica direta entre estar sozinho e problemas de saúde.

“Mesmo as moscas de frutas que são isoladas têm pior saúde e morrem mais cedo do que aquelas que interagem com os outros, mostrando que o engajamento social pode ser de extrema importância”, apontou o pesquisador.

Cacioppo, que estuda os efeitos biológicos da solidão por muitos anos, afirma que os indivíduos podem ter manifestações físicas de sua solidão, como do sistema imunológico, sistema nervoso cardiovascular e até mesmo a função de memória.

Ele também descobriu que pessoas socialmente isoladas acordam mais à noite, destruindo a sua qualidade de sono, e por isso não recebem a quantidade de sono necessária para restaurar e reparar o corpo, tanto física quanto psicologicamente.

O novo estudo descobriu que pessoas com alta pontuação num teste de escala de solidão, da Universidade de Los Angeles, exibiram uma série de mudanças fisiológicas, tais como artérias com tamanho reduzido – o que aumenta a pressão arterial – e níveis elevados de hormônio do estresse.

Comentários
Dicas relacionadas