Dicas de Mulher Notícias

PROCON lista lojas virtuais que devem ser evitadas

Donos fantasmas e fraudes são principais motivos para o site entrar na lista, além das reclamações recorrentes

em 22/04/2013

Foto: Thinkstock

Fazer compras sempre é algo muito prazeroso e pela internet o processo se torna ainda mais rápido e confortável. Já se é sabido que muitas empresas costumam trazer problemas na hora de entregar os produtos e de atender bem ao consumidor. Pensando nisso e conferindo as avaliações do público, o PROCON-SP já havia liberado uma lista com os 200 sites menos confiáveis em 2012.

Como não podia deixar de ser, a lista ganhou uma atualização e agora conta com 275 sites de compra e consultoria online de reputação duvidosa. Na página disponibilizada pelo PROCON, encontra-se a lista completa com os endereços eletrônicos, o nome da loja e a situação do site, se está no ar ou se já foi retirado e a data na qual foi incluso na lista, tudo isso com o CNPJ da empresa.

Um dos principais motivos que leva os sites a serem inseridos na lista é o fato de os fornecedores não poderem ser encontrados nem através da Junta Comercial, Receita Federal e Registro BR que cuida dos registros de domínios brasileiros.

O PROCON denuncia esses sites ao Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC) e ao Comitê Gestor da Internet (CGI) que por sua vez cuidam do caso. Recomenda-se conferir a lista e ficar de olho na hora das compras online para evitar transtornos.

Comentários
Dicas relacionadas