Dicas de Mulher Notícias

Por que esquecemos do que aconteceu nos nossos primeiros anos de vida?

Cientistas relacionam a produção de hormônios à baixa retenção de memórias

em 27/06/2013

Foto: Thinkstock

Os cientistas buscavam há muito tempo uma resposta por não sermos capazes de recordar nossos primeiros anos da infância. Mas, recentemente, pesquisadores canadenses descobriram que o problema está relacionado com a produção de hormônios do hipocampo: área do cérebro que controla a memória e a aprendizagem.

O hipocampo armazena as memórias a longo prazo, porém, nos primeiros anos de vida, o cérebro está tão ocupado com o processo de neurogênese – formação de novas células – que o hipocampo perde o controle de armazenamento.

Mas, uma vez que o desenvolvimento do cérebro na primeira infância é completo, nosso cérebro ganha muito mais neurônios, o que significa que eles são mais capazes de armazenar as memórias.

Médicos da Universidade de Toronto e do Hospital For Sick Children, em Toronto, estudaram ratos bebês, para verificarem como a geração dos neurônios afeta o armazenamento de memórias. Assim como bebês humanos, os ratos bebês, normalmente, pouco se lembram dos acontecimentos. Mas, quando os cientistas abrandaram a taxa de neurogénese, os ratos foram mais capazes de lembrar o caminho de um labirinto.

Os autores do estudo Dr. Paul Frankland e Dra. Sheena Josselyn concluiram que, à medida que a produção de neurônios diminui, a retenção de memória aumenta, o que parece explicar a amnésia infantil, que é a ausência de memória de longo prazo desde a infância.

Comentários
Dicas relacionadas