Dicas de Mulher Notícias

Grávidas obesas têm mais chances de ter bebê prematuro

Risco também se aplica a mulheres com excesso de peso

em 21/06/2013

Foto: Thinkstock

Pesquisa realizada na Suécia apontou que mulheres grávidas com sobrepeso ou obesa têm maior probabilidade a dar à luz prematuramente, ou seja, antes de 37 semanas de gestação.

Publicada na edição de 12 de junho do Journal of the American Medical Association (JAMA), a pesquisa constatou que, embora o excesso de peso tenha relação com esse fato, não se sabe precisamente o porquê de o parto ser adiantado. No entanto, os pesquisadores chegaram a um consenso de que problemas associados ao excesso de peso e obesidade como hipertensão arterial, níveis altos de colesterol, resistência à insulina e aumento da possibilidade de infecções do trato vaginal e urinário poderiam afetar a capacidade de levar a gravidez até o nono mês.

No ano passado, o relatório de ação global da Organização Mundial da Saúde estimou que 15 milhões de bebês nascem prematuramente a cada ano, e a prematuridade é a maior causa mundial de mortes de recém-nascidos. O relatório da OMS apontou, inclusive, que muitos bebês prematuros que sobrevivem, podem vir a enfrentar problemas como dificuldades de aprendizado na infância.

Em resposta aos riscos associados com a obesidade durante a gravidez, o Congresso Americano de Obstetras e Ginecologistas emitiu um comunicado recomendando às mulheres que estão com sobrepeso ou obesas a não ganhar peso durante a gravidez, ou até mesmo perder peso, para não acontecer o problema com seus bebês.

Comentários
Dicas relacionadas