Dicas de Mulher Notícias

Aspirina pode reduzir a mortalidade do câncer

Além de prevenir casos da doença, a aspirina ainda impede que haja metástase no câncer

em 29/09/2014

Foto: Thinkstock

Uma pesquisa da Universidade de Oxford aponta que os benefícios da Aspirina já não se limitam só aos auxílios em problemas cardíacos, mas também na prevenção do câncer. Apesar de a ingestão do medicamento levar longos anos pra fazer efeito de verdade no organismo, aconselha-se começar desde cedo, pois ele leva 10 anos para prevenir casos como o câncer de intestino.

Ainda não existem provas concretas que validem a afirmação, mas fica uma esperança para os tratamentos, principalmente, porque estudos novos estão sendo feitos para comprovar os benefícios a curto prazo (entre 3 e 5 anos). Outra boa notícia, é que a droga não ajuda só a prevenir diversos tipos da doença, as aspirinas atuam combatendo a metástase (quando o câncer se espalha para outras regiões do corpo).

O consumo diário sugerido da medicação é de 75 a 300 mg, lembrando que todo medicamento deve ser ingerido com conhecimento de um especialista e não devem ser feitas em dosagens maiores que o recomendada, pois há risco de superdosagem, e no caso da aspirina, isso causa sangramentos estomacais e diversos outros problemas graves.

Comentários
Dicas relacionadas