Dicas de Mulher Notícias

10 erros que cometemos em relação ao sono

Alguns hábitos errados podem prejudicar a saúde como um todo

em 25/06/2013

Foto: Thinkstock

Muitos de nós somos culpados pelo principal erro sobre o sono: subestimar a sua importância. Considerando que a alimentação e exercício são amplamente reconhecidos como os chamados “pilares da saúde”, o sono, fator igualmente importante para a manutenção de nosso organismo, é frequentemente criticado e chamado erroneamente como algo que é “para os fracos.” Saiba quais são os principais erros quando o assunto é esse ato tão importante:

  1. Adormecer com a TV ligada
    Uma das regras principais da indução do sono é ter um quarto calmo e escuro. A ausência de luz provoca mecanismos de sonolência naturais do corpo, e ao expô-lo à luz da TV à noite, “confundimos” esse sistema. Isso também vale para computadores, smartphones e tablets, em geral.
  2. Dormir até tarde no fim de semana
    Nós sabemos o que você está pensa quando está chegando a sexta-feira: Finalmente, o fim de semana! Hora de dormir! Mas especialistas advertem que esse hábito é errado. Compensar o sono “perdido” da semana nos fins de semana pode atrapalhar seu relógio biológico, que é importante para o bom funcionamento do seu organismo.
  3. Tomar uma bebida para ajudar a dormir
    É uma das saídas mais comuns dos que têm insônia. Mas uma bebida antes de dormir provavelmente faz mais mal do que bem. Um estudo descobriu que o álcool parece privar as pessoas do sono REM, aumentando o tempo que passam em sono profundo. Embora isso possa parecer que seria uma coisa boa, o sono REM é uma fase crucial para a memória e aprendizagem.
  4. Ficar na cama quando você não consegue dormir
    Parece errado, mas os especialistas recomendam que você saia da cama, se você estiver deitado por muito tempo contando carneirinhos. Quanto mais tempo você fica desejando cair no sono, mais ansiedade você obterá. Fazer algo mais relaxante e discreto, como ler ou fazer uma caminhada lenta ao redor da casa, por cerca de meia hora, e em seguida, voltar para a cama quando estiver se sentindo realmente cansado, é a melhor solução.
  5. Basear-se em remédios prescritos para o sono
    Considere um comprimido para dormir como um “Band-Aid”. Ele pode mascarar o problema, mas não vai resolvê-lo – e o sono que esses remédios trazem pode levar à dependência, para não mencionar outros riscos graves para a saúde, inclusive a morte.
  6. Beber café muito tarde
    Se você está bebendo bebidas cafeinadas no final do dia provavelmente é porque você está tentando não cair no sono. Isso porque o estimulante tem uma surpreendente meia-vida longa, dizem os especialistas, o que significa que você pode sentir os efeitos dele até tarde da noite.
  7. Compartilhar a cama com animais de estimação
    Um pet pode ser uma boa companhia para você, mas quando o seu amigo peludo está cansado de aconchego e começa a se contorcer, chutar ou ronronar, quem vai sofrer com isso é o seu sono. Além disso, os pêlos de animais arrastam substâncias para a cama, as quais podem desencadear alergias, prejudicando ainda mais o seu sono.
  8. Ter um jantar com muita proteína
    A proteína é mais difícil de digerir, e seu corpo não foi feito para digerir quando deveria estar dormindo, segundo a doutora Kelly Baron Glazer. Grãos integrais podem ajudar a promover o sono, por isso considere trocar a carne grelhada por eles em seus jantares tarde da noite.
  9. Ficar desligando o despertador e colocando-o na função soneca
    A ideia por trás do botão de soneca é boa, na teoria. Mas a soneca em períodos curtos interrompe ciclos do sono. Isso significa que todos os minutinhos de soneca não somam qualidade ao sono.
Comentários
Dicas relacionadas