Dicas de Mulher Notícias

10 coisas que ninguém deve dizer durante uma briga de casal

No calor do momento, algumas coisas que dizemos podem ter um efeito muito pior sobre o outro e sobre você mesma

em 25/07/2013

Foto: Thinkstock

Brigar é normal, e discussões são saudáveis, desde que sejam construtivas e com o nível de respeito entre ambas as partes. Porém, algumas frases definitivamente não devem ser ditas durante uma briga, pois podem fazer qualquer relação ter um desgaste irreparável. Saiba quais são elas:

  1. “Eu quero o divórcio”
    No calor do momento, é fácil dizer coisas que você não quer dizer, mas não é fácil voltar atrás com uma afirmação como essa, não importa quantas vezes você peça desculpas ou jure que não quis dizer isso. Se isso sair de sua boca, faça um exame de consciência, e verifique se você realmente soltou essa frase num momento de raiva, ou se realmente deseja se separar dele. Uma decisão como essa é muito séria e precisa ser pensada com calma e reflexão.
  2. “Eu não sou louca!”
    Se você não é, então por que está batendo portas e gritando? Se não quer ser chamada de louca, aja com paciência e clareza. Desta forma, ele respeitará seus argumentos e a ouvirá com mais lucidez.
  3. “Você é igual ao seu pai”
    Normalmente não se diz isso por um motivo positivo. Você só diz isso para machucá-lo, e sabe disso. Mas compará-lo ao pai em situações negativas é um golpe muito baixo, pois, além de não enxergá-lo em sua essência, está associando coisas ruins a alguém que ele ama, e isso é errado.
  4. “Você é um idiota/covarde e outros palavrões”
    Xingamentos só fazem vocês dois perderem o respeito um pelo outro. Desta forma, as discussões ficarão cada vez mais piores, e com o nível cada vez pior. Em vez de partir para a agressão verbal, dê um tempo da discussão, tome um café e acalme-se. Assim as soluções virão à tona, e a conversa será muito mais construtiva.
  5. “Veja, até o bebê está chorando!”
    Se o bebê de vocês começar a chorar no meio da discussão, não é certo culpá-lo. Uma discussão não acontece entre uma só pessoa. Você também está discutindo e quem é o culpado não está em discussão. Aproveite para dar uma trégua, acalmar o bebê e voltar com a cabeça mais fria. Assim, a solução virá mais rapidamente.
  6. “Você fez a mesma coisa de novo” (cometeu o mesmo erro)
    Pequenas divergências se tornam grandes quando as trazemos à tona uma outra vez. Se você o perdoou por algo no passado, não pode usar isso como “munição” contra ele. Em vez de discutir porque ele, por exemplo, esqueceu de colocar a toalha no banheiro, peça que ele faça outra coisa que ele lembrará mais facilmente, assim vocês alternam e se revezam nas tarefas da casa e ninguém se aborrece.
  7. “Você está sempre atrasado”
    Se você se condicionar a dizer isso sempre, ele se sentirá à vontade para se atrasar outras vezes, afinal, isso já virou lugar comum entre vocês. Em vez disso, convença-o – com calma – do porquê é importante para você que ele chegue na hora certa. Além disso, brinque, dizendo que não quer gastar metade da noite conversando com o garçom.
  8. “Você está louco”
    Se ele está de mau humor e você ficar alertando ele sobre isso, ele irá descontar o mau humor em você. Deixe ele de lado, caso ele prefira ficar sozinho, ou apenas não discuta em um momento como esse. Espere até ele se acalmar e se sentir bem para falarem sobre a relação ou sobre qualquer outro assunto que cabe a vocês dois.
  9. “Fale COMIGO agora”
    Se vocês estão conversando pela internet, não há como controlar com quantas pessoas ele está conversando ao mesmo tempo em que fala com você. Mantenha seus pensamentos positivos, até poderem conversar cara-a-cara. Você pode estar nervosa com ele por ele ter demorado meia hora para responder e por isso fica fantasiando coisas. Porém, pode ser que ele estivesse realmente ocupado com algo sério naquele momento. Preocupar-se só vai tornar as coisas piores. Fique tranquila e esclareça as coisas com ele em outro momento.
  10. “É tudo culpa sua”
    Seja prática no momento dos problemas. Em vez de colocar a culpa nele, descubra primeiro o que você pode fazer para resolver o problema, então explique como o comportamento dele fez você se sentir. Isso vale para as brigas de casal e discussões em geral com outras pessoas.

Via Yahoo Shine

Comentários
Dicas relacionadas