Novidade! Baixe nosso app em seu smartphone Android iPhone

Dicas de Mulher Dicas de Moda

Moda praia 2013: tendências e dicas para escolher o biquíni ideal

Dentre as principais apostas para 2013, o efeito artesanal e o tomara que caia se destacam

em 29/09/2014

Foto: Reprodução

Finalizadas as principais semanas de moda para a temporada do verão 2013, concretizam-se as tendências em destaque para a estação mais quente do ano. Os biquínis e maiôs mantêm suas características tradicionais, porém, em meio a recortes diferenciados, padronagens, texturas e modelagens repaginadas.

Tramados artesanais - Durante o Fashion Rio e a edição de verão do São Paulo Fashion Week, a rusticidade de materiais, tal como técnicas handmade – feito à mão – estão em alta. Tramas, por sua vez, adotam o crochê e materiais sintéticos semelhantes ao vime, garantindo o toque artesanal aos tops, bottons e maiôs; acompanhados de aplicações do dourado, prata, de tachas, paetês e pedrarias.

Maiôs recortados e cavados - Os maiôs, adotados por vezes com o intuito de valorizar a silhueta, mantendo-a clássica e recatada, são as grandes apostas de grifes que veem nos recortes e cavas generosas seu diferencial. Apresentando uma releitura atual, os maiôs do verão 2013 têm recortes em sua extensão com ênfase às laterais – área da cintura, conferindo à peça o interessante jogo “esconde-mostra”.

Tops cropped e hot pants - Destaque para a temporada de 2012, continuam entre as grandes apostas para o próximo verão; entre os desfiles e popularmente disseminados nas praias europeias, a calcinha, larga, caracteriza-se pela cintura alta de influência pin-up, tal como tops maiores, “cropped” ou bustiês, prometem conquistar as praias brasileiras.

Tomara que caia - Clássico, o tomara que caia é presença garantida a cada temporada, sendo assim, o decote tem como diferencial a adaptação do colo feminino, e segue seu formato natural, assim como a aplicação de elementos brilhosos e detalhes em metal. Contudo, atente à escolha, pois tais tops garantem pouca sustentação aos seios fartos.

Top e bottom descombinado - Na contramão dos conjuntinhos para a moda casual, na moda praia usar a parte de cima descoordenada com a de baixo é tendência. Estampas como motivos florais aliam-se ao xadrez ou, fazendo a linha básica e sóbria, peças lisas se combinam em cores distintas, de modo a disfarçar a parte do corpo que desejar deixar em menor evidência.

Tecidos, cores e acabamentos - Babados, transparências e aplicações garantem sofisticação à moda praia do verão 2013. Valorizando a silhueta, destaca-se o jersey, jacquard, lurex e a seda. As cores, porém, abrangem tons e prints que vão desde estampas geométricas, animal print e florais, até as elaboradas em patchwork. Para completar, caftãs, vestidos e saias fluidas sobressaem-se como “saídas de praia”.

Tendências moda praia 2013

Dicas para escolher o biquíni adequado ao seu corpo

Mulheres com seios pequenos: Para quem não tem seios avantajados, o modelo mais ideal é o cortininha, principalmente os com bojos. Os modelos “tomara-que-caia” também ajudam a dar a sensação de seios mais volumosos.

Mulheres com quadris estreitos:: Parte de baixo com lacinhos são as melhores, ou aquelas que tem as laterias da calcinha bem estreita

Mulheres com seios grandes:: Sutiãs estilo faixa com alças cai muito bem. Sutiãs com bojo também fica bom, desde que seja bem estruturado na base.

Quadris largos:: Calcinha tipo sungão ficam muito bem.

Como foi a moda praia em 2011 e 2012?

Os modelos de biquínis e maiôs trouxeram muita cores e estampas alegres. Seguindo as tendências das roupas da estação, os destaques foram as peças com listras, xadrez, poás, desenhos inspirados na geometria, nos elementos da natureza.

O tropicalismo, que foi a cara do verão, também apareceu através dos tecidos com flores, frutas, plantas e animais. A mistura de estampas deixou os biquínis e maiôs ainda mais divertidos. Quem prefere os biquínis e maiôs lisos pode apostar em cores neutras e suaves ou abusar das mais contrastantes. As tonalidades cítricas apareceram bastante nas coleções de moda praia 2012.

Os biquínis agradaram as mulheres de estilos variados, pois foram dos clássicos aos mais modernos e inusitados. Os tops ganharam recortes diferenciados, com alças finíssimas ou tiras mais largas e modelos mais estruturados com bojo.

O decote tomara-que-caia, continuou em alta e dividiu espaço com o modelo cortininha, que voltou com tudo para esquentar o verão. Os detalhes como a alça torcidinha, amarrações frontais e fivelas deram um toque especial.

Já na parte de baixo, apareceram com modelos de calcinhas das mais fininhas até as mais largas no estilo hotpants, bem retrô. A parte de baixo dos biquínis trouxe detalhes nas laterais como lacinhos, babados, apliques de metal imitando franjas e fivelas, tudo para valorizar ainda mais as curvas femininas.

Mais discretos, porém não menos ousados e modernos, os maiôs tiveram detalhes e decotes inusitados. Modelos de uma alça só, alças finíssimas ou mais largas e decotes frontais mais profundos, bem abertos nas costas e o tomara-que-caia continuara firmes na temporada. Sucesso nas passarelas, o decote engana-mamãe, com recortes nas laterais da barriga, ganhou destaque e foi a sensação do verão.

Maiôs no estilo body deram mais elegância e ficaram ainda mais bonitos quando foram combinados com detalhes e aplicações.

Em 2011, os modelos inspirados nas peças antigas, nos biquínis e maiôs de anos atrás, mas com um toque mais moderno e sofisticado foram destaque.

Com amarrações, costuras assimétricas, estampas geométricas, étnicos e de animais, tiras, drapeados, bordados, vazados e detalhes como argolas de metais, pedrarias, laços e aplicações, os biquínis ganharam mais personalidade e elegância. Os modelos com decotes tomara que caia, frente única e com alças trabalhadas também estiveram em alta.


História do biquíni e moda praia

A criação do biquíni é disputada por dois estilistas franceses: primeiro, Jacques Heim apresentou o “atome” como “o menor maiô do mundo”; em seguida, Louis Réard mostrou o “biquíni, menor que o menor maiô do mundo” e ficou com a fama do criador da peça.

Mas no início mulheres não estavam preparadas para usar peças de vestuário tão reduzidas, que mostravam o umbigo e foi proibido em vários países incluindo Portugal.

No entanto, atrizes como Ava Gardner, Ursula Andress e Brigitte Bardot foram contra todos os preconceitos da época aderindo ao biquíni, como instrumento de sedução em filmes e em fotos.

Nos anos 60, o biquíni atingiu o auge de popularidade. Era muitas vezes usado como adorno em filmes e músicas e como contestação política e social. Tornou-se um símbolo pop. No Rio de Janeiro tornaram-se populares os famosos biquínis “fio dental”.

Nos anos 90, a moda do maiô foi reavivada (especialmente por causa dos efeitos nocivos provocados na pele pela exposição aos raios solares), mas não tirou o lugar ao biquíni.

Curiosidade sobre o biquíni

Num verão ao final dos anos 70, apareceu o biquíni de crochê, que ficava todo torto quando molhava. Para segurar no lugar, as mulheres enrolavam a lateral. Assim nascia, por acaso, a tanga.

Receba nossas melhores dicas diretamente em seu e-mail

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades sobre os assuntos do momento.

Nós odiamos spam. Nunca usaremos seu e-mail para outros fins.

Comentários
Dicas relacionadas