Menstruação sincronizada: fato ou mito?

Menstruar ao mesmo tempo em que as amigas pode ser um sinal de laços de amizade fortes, será?

Por Fernanda Boito
menstruacao sincronizada fato ou mito Menstruação sincronizada: fato ou mito?

Foto: Thinkstock

Menstruação sincronizada é uma questão recorrente nas conversas entre mulheres. Mas pode ser um assunto polêmico. Menstruar ao mesmo tempo ou durante um período próximo à menstruação de uma amiga aparenta apresentar um grande valor sentimental.

A coincidência passa a ser um sinal de que, de fato, há uma ligação muito forte entre essas mulheres; e é justamente esse laço de amizade que faria com que duas amigas menstruassem juntas. Mas, a menstruação sincronizada realmente existe ou não passa de uma coincidência matemática? Saiba mais.

Uma questão de feromônios

Os feromônios são substâncias que permitem o reconhecimento mútuo e sexual dos indivíduos. Os feromônios excretados são capazes de suscitar reações específicas de tipo fisiológico e/ou comportamental em outros membros que estejam em proximidade física, convivendo em um mesmo ambiente, por exemplo. É o que acontece com grande parte das espécies animais, como os ratos, cujo ciclo é sincronizado pelo fato das fêmeas serem capazes de detectar os feromônios a partir da urina umas das outras.

No caso dos humanos, seria necessária uma quantidade grande de feromônios para que o organismo das mulheres fosse capaz de detectar pelo cheiro que outra mulher também está menstruada.

Porém, de acordo com um artigo publicado na Scientific American, o mecanismo para detectar os feromônios relacionados à menstruação sincronizada é fraco nos humanos.

Até agora, estudos consideram que seria possível detectar feromômonios através do suor, mas não há estudos que comprovem que as mulheres respondem aos feromônios de outra mulher por meio do odor do suor.

Coincidência matemática

Além disso, segundo estudos, a crença popular da menstruação sincronizada não passaria de uma coincidência.

Isso porque as mulheres de hoje – que têm menos filhos e têm cada vez mais acesso a métodos anticoncepcionais – menstruam cerca de 400 vezes durante toda a vida, mesmo considerando os períodos de gravidez e o grau de energia gasto durante a amamentação e/ou a prática de exercícios.

Esse número seria o suficiente para criar essa percepção de sincronia. Ademais, o artigo traz a afirmação de que considerando que um ciclo dura 28 dias (não é regra, mas um exemplo), o tempo máximo que duas mulheres conseguem estar juntas sem estar menstruadas é 14 dias. Em média, são 7 dias. Em metade das ocorrências, esse período é ainda menor. Considerando que a menstruação dura, em geral, cerca de 5 dias, não é surpreendente que amigas tenham menstruações em períodos semelhantes.

Portanto, não se trata de um fenômeno resultante da proximidade entre amigas nem tão pouco está relacionado a questões hormonais. Trata-se de coincidência, matematicamente falando.