Dicas de Mulher Dicas de Beleza

Como combater a celulite e a gordura localizada com a massagem modeladora

Ela trabalha com movimentos mais fortes para atingir camadas mais profundas da pele e permitir resultados mais eficazes e duradouros

em 16/06/2016

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

O nome já é bastante sugestivo e costuma chamar a atenção: massagem modeladora. Parece ótimo e, não por acaso, o procedimento gera interesse e algumas dúvidas comuns, como “qual é a diferença desse tipo de massagem da massagem convencional?”; “será que é possível mesmo conseguir um corpo ‘mais modelado’ com a ajuda de uma massagem?”, entre outras.

Ingrid Peres, fisioterapeuta dermatofuncional da Onodera Estética, explica que o procedimento consiste em movimentos rítmicos, vigorosos, que possuem maior pressão do que no caso das massagens convencionais.

E são exatamente esses movimentos mais vigorosos os diferenciais do procedimento, indicado para pessoas que se incomodam com gordura localizada e/ou celulite. Já que os movimentos mais fortes da massagem visam atingir camadas mais profundas da pele.

Em determinados centros clínicos/estéticos, são usados também acessórios, como, por exemplo, rolos, bolinhas com texturas, entre outros, para intensificar ainda mais a massagem modeladora.

Como a massagem é feita e quais são seus benefícios

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Ingrid explica como a massagem modeladora costuma ser feita:

  1. Utiliza-se um creme com princípios ativos específicos para potencializar os resultados da massagem.
  2. A profissional realiza massagens com movimentos rítmicos e “mais fortes”, com mais pressão do que no caso das massagens convencionais.
  3. Pode-se associar ao procedimento um rolo de sucção e amassamento.
  4. Os movimentos são promovidos principalmente em regiões com maior quantidade de adiposidades e celulite. E, assim, favorecem o aumento da circulação sanguínea e a modelagem corporal.

Em relação aos benefícios do procedimento, Marília Barboni Luz, fisioterapeuta dermatofuncional da L&L Espaço Vida ao Corpo de São Paulo, licenciada em Educação Física, instrutora de Pilates e treinamento funcional, explica: “a massagem modeladora tem efeito no aumento da circulação local fazendo com que o tecido fique mais oxigenado, melhorando assim a celulite e diminuindo a gordura localizada devido ao aumento do metabolismo, além de moldar o corpo devido à massagem forte e rápida”.

Quais partes do corpo podem ser trabalhadas com a técnica?

Ingrid destaca que a massagem modeladora pode ser feita nas seguintes partes do corpo:

  • Braços;
  • Abdômen;
  • Pernas;
  • Glúteos;
  • Panturrilhas;
  • Flancos;
  • Costas.

Marília ressalta que a massagem pode ser feita no corpo todo. “Mas, seus melhores resultados são nas áreas com maior concentração de gordura e celulite”, diz.

A fisioterapeuta Marília destaca ainda que não se costuma realizar massagem modeladora apenas em uma região: “ou se faz corpo todo, ou faz localizada com combinação de equipamentos e massagem”, diz.

Em relação a custos, tudo depende do local (clínica e cidade) onde o tratamento será realizado. Mas, de acordo com Marília, a massagem modeladora no corpo todo custa cerca de R$130 a sessão.

Vídeos com passo-a-passo para você mesma fazer em casa

Há quem opte por fazer a massagem modeladora em casa mesmo, embora os resultados possam não ser os mesmos dos conseguidos em uma clínica, onde são profissionais, com prática, que realizam a massagem. Alguns vídeos, inclusive, mostram o passo-a-passo de como se fazer uma automassagem modeladora.

1. Automassagem modeladora por Andresa Ganacin

Andresa Ganacin dá dicas e mostra como faz sua automassagem modeladora, ideal para diminuir medidas e afinar a cintura.

2. Automassagem no abdômen por Vanessa Cardoso

No vídeo, Vanessa Cardoso mostra como realiza sua automassagem modeladora na região do abdômen, utilizando um creme redutor de medidas e celulite.

3. Diminuindo medidas em casa por Nathalia Serenna

Nathalia Serenna mostra o passo-a-passo da massagem modeladora que faz em casa e que, associada à alimentação correta e a treino, ajuda a conquistar bons resultados.

4. Como diminuir suas medidas por Andressa Chaban

Andressa Chaban ensina como fazer uma automassagem que ela usa na barriga e nas coxas e que, segundo ela, oferece resultado.

Ingrid ressalta que a maior dificuldade, no caso de fazer a automassagem modeladora, é conseguir aplicá-la na parte posterior, onde normalmente está o maior acúmulo de gordura e celulite.

Para quem pretende fazer a automassagem modeladora em casa, Ingrid orienta escolher o creme de acordo com o que a pessoa gostaria de tratar: celulite, gordura ou flacidez.

Contraindicações da técnica

Ingrid destaca que a massagem modeladora não é indicada nos seguintes casos:

  • Câncer;
  • Febre;
  • Processo inflamatório;
  • Flacidez excessiva;
  • Gestante;
  • Insuficiência cardíaca.

Massagem modeladora x outros procedimentos: quais as diferenças?

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Conheça abaixo as principais diferenças entre massagem modeladora, drenagem linfática e criolipólise.

Drenagem Linfática X Massagem modeladora

Ingrid explica que a modeladora utiliza uma técnica de massagem mais profunda, rápida e não há um sentido de aplicação. “Já a drenagem linfática é uma técnica mais superficial, lenta e possui um sentido específico para estimulação do sistema linfático. São indicações diferentes: a modeladora ativa a circulação sanguínea e reduz a camada de gordura; já a drenagem reduz edema e estimula o sistema linfático”, diz.

“A drenagem tem duração de 60 minutos e a massagem modeladora tem variações, de acordo com as áreas tratadas, mas fica entre 30 a 50 minutos”, acrescenta Ingrid.

Os custos variam bastante, mas, de acordo com Ingrid, cerca de 30 minutos de massagem modeladora costuma custar R$70, enquanto 50 minutos de drenagem linfática custa cerca de R$108.

Criolipólise X Massagem modeladora

Marília explica que a criolipólise, diferentemente da massagem modeladora, não é uma massagem e, sim, um equipamento que tem um resultado tão eficaz quanto de uma lipoescultura. “É um procedimento que deve ser realizado uma vez em cada região do corpo, e só podemos realizar novamente o procedimento na mesma região após três meses, pois esse é o tempo que leva para o resultado aparecer.”

“Durante a criolipólise, a pessoa sente um incômodo no início, depois de um tempinho, já se sente uma sensação mais confortável. A região fica dolorida após a sessão e pode formar um hematoma no local. O valor varia de 700,00 reais e 1.200 reais por região”, diz Marília.

Ingrid destaca que a criolipólise utiliza um método de resfriamento controlado, com a temperatura negativa. E, como a célula de gordura é sensível ao frio, o congelamento destrói suas membranas, sendo uma parte metabolizada pelo fígado e a outra reaproveitada pelo organismo. E, o que sobra desta quebra é eliminado pelo sistema linfático. “Já a massagem modeladora é uma massagem que consiste em massagem de movimentos rítmicos, vigorosos, com pressão maior que nas massagens convencionais”, diz.

Para saber qual tratamento é o ideal para cada caso, a orientação é ir até uma clínica de sua confiança e fazer uma avaliação.

Como potencializar sua massagem modeladora

Cuidados básicos potencializam os efeitos conseguidos com a massagem modeladora:

  • Manter uma alimentação saudável e equilibrada;
  • Realizar pelo menos um tipo de atividade física;
  • Esfoliar a pele antes da massagem. O que, de acordo com Marília, aumenta a permeabilidade dos ativos contidos no creme;
  • Não comer em um horário muito próximo da sessão;
  • Associar a massagem com equipamentos como Heccus, endermologia, corrente russa, entre outros, também é uma boa dica, de acordo com Marília.

Dúvidas frequentes sobre o tratamento

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

A fisioterapeuta dermatofuncional Marília esclarece as principais dúvidas sobre o procedimento:

1. Quantas sessões de massagem modeladora são necessárias e em qual frequência?

Marília: no mínimo 10 sessões com frequência de 2 vezes por semana.

2. Quais profissionais podem realizar o procedimento?

Marília: profissionais que tenham cursos na área de estética ou formação em fisioterapia com especialização em dermatofuncional.

3. A massagem modeladora pode causar algum dano à pele?

Marília: não. Pode apenas deixar hematomas, devido à força usada na massagem.

4. Que tipo de produto/creme é usado na massagem modeladora?

Marília: cremes com ativos redutores.

5. A massagem modeladora dói?

Marília: nas primeiras sessões pode doer, principalmente se a pessoa tiver muita celulite. Mas, com o passar do tempo, as dores diminuem.

6. Os efeitos conseguidos na massagem modeladora duram/podem durar quanto tempo?

Marília: os efeitos da modeladora duram o tempo que a cliente manter a alimentação saudável e a atividade física, para não engordar, mas indicamos que nunca pare com a massagem. É importante fazer a manutenção para evitar que a celulite e a gordurinha localizada voltem. Para manutenção, pode ser realizada apenas uma sessão por mês.

Vale lembrar: nenhum procedimento faz milagres! Para se ter um “corpo mais modelado”, com menos gordura localizada e menos celulite, é preciso adotar alguns hábitos essenciais, como manter uma alimentação equilibrada e se exercitar frequentemente. Mas, é claro, a massagem modeladora pode ser uma grande aliada!

Comentários
Dicas relacionadas