Novidade! Baixe nosso app em seu smartphone Android iPhone

Dicas de Mulher Dicas de Beleza

Maquiagem definitiva

Já pensou em acordar todos os dias linda e maquiada? Esta é a função da maquiagem definitiva.

em 23/09/2013

Acordar já maquiada parece ser o sonho da maioria das mulheres, é como nos filmes onde a atriz desperta impecavelmente linda, causando inveja a todo mundo; porém essa realidade já existe para muitas mulheres. Graças a micropigmentação, ou como alguns preferem chamar, maquiagem definitiva alguns traços característicos e pessoais podem ser revelados ou ao contrário, disfarçados.

A micropigmentação é uma técnica que existe há muito tempo por aqui e conta até com o apoio de uma associação, a ABRAMI – Associação Brasileira de Micropigmentação. A procura por esse procedimento cresceu significativamente com o passar dos anos e hoje, com os recursos tecnológicos e aperfeiçoamento dos instrumentos utilizados na micropigmentação, este trabalho agora é feito de maneira mais específica e cuidadosa, atendendo as características e necessidades de cada cliente, bem como atender as normas de biosegurança e bom senso.

O objetivo da micropigmentação é ressaltar ou revelar os traços positivos, melhorando a aparência e contorno dos olhos, sobrancelhas, lábios ou pequenas imperfeições do rosto ou do corpo! Quem pensa em aderir a essa técnica tem que tomar alguns cuidados, como a escolha por clinicas renomadas e profissionais competentes. É super importante também fazer pesquisas para conhecer o procedimento bem como o resultado, afinal é praticamente uma “tatuagem”, porém menos agressiva.

O processo se inicia com o estudo do rosto da cliente através de uma consultoria bem criteriosa, bem como a elaboração da maquiagem simulada para que seja pré aprovada, e se houver necessidade outros ajustes poderão ser desenvolvidos.

A micropigmentação ou maquiagem definitiva é realizada com um aparelho chamado demógrafo, que através de pequenas agulhas descartáveis vão perfurando a camada superficial da pele para depositar os pigmentos, por isso esse procedimento pode oferecer um pouco de desconforto ou até mesmo dor durante sua aplicação. As sessões em geral duram em média duas horas e seu custo pode variar muito, dependendo da região ou o tipo de trabalho a ser adotado. Após o procedimento é recomendável que a cliente retorne ao profissional para uma análise final, pode haver a necessidade de retoques ou trabalhar outras imperfeições.

Os cuidados pós o procedimento devem se estender por 10 dias geralmente e se restringem a aplicação de uma pomada específica para auxiliar na cicatrização além de ação impermeabilizante que protege a pele de possíveis agentes externos.

Há diversos tons de pigmentos para que se possa alcançar maior naturalidade no procedimento. Produtos inadequados ou utilizados de maneira incorreta podem alterar o resultado, oferecendo colorações inadequadas. Outro ponto importante é a necessidade de proceder manutenções em média a cada 3 anos, para que o trabalho sempre tenha o mesmo efeito. Novamente, chamo a atenção para que se faça pesquisas sobre o assunto e sobre o profissional que irá realizar o procedimento.

Particularmente, indico este procedimento apenas para as pessoas que o necessitem por uma questão de estética, e não vaidade; como é o caso de quem sofreu um acidente ou até mesmo com a finalidade de corrigir determinada característica natural, por exemplo.

Até a próxima!

Alexandre Krizek

é colunista do Dicas de Mulher e especialista em Maquiagem

Receba nossas melhores dicas diretamente em seu e-mail

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades sobre os assuntos do momento.

Nós odiamos spam. Nunca usaremos seu e-mail para outros fins.

Comentários
Dicas relacionadas