Dicas de Mulher Dicas de Casa

Jardim suspenso é ideal para dar charme e vida a ambientes pequenos

Inspire-se para fazer seu próprio jardim vertical e dar mais vida à sua casa com ideias diferentes e criativas de paisagismo

em 11/08/2016

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Ideal para ambientes com pouco espaço, optar por um jardim suspenso ou vertical deixa o cultivo de flores e plantas mais prático, além de garantir um visual belo e diferenciado.

Podem ser utilizados em varandas de apartamentos, ou até mesmo em paredes e corredores internos da casa. Com baixo custo, pode ser feito com placas de madeira, caixotes e até materiais reciclados como garrafas pet e embalagens de plástico.

O jardim suspenso pode ser instalado na parede ou suspenso por cordas presas ao teto. Utilizar janelas e portas antigas também deixam o visual bem charmoso. Se preferir, utilize prateleiras simples para apoiar os vasos. Solte sua imaginação!

Como fazer um jardim suspenso

As possibilidades de montagem são inúmeras, sendo uma opção ótima para pessoas que adoram um projeto faça-você-mesmo. Confira algumas sugestões de jardins verticais, escolha seu preferido e comece a fazer o seu:

Jardim vertical com palets e caixotes

Foto: Reprodução / Reformas Blog

Foto: Reprodução / Reformas Blog

Jardim vertical de fácil execução, basta pregas caixotes de madeira em palets, e por sua vez, pregar os palets à parede. Agora basta adicionar os vasos com flores e plantas de sua preferência e deixar o ambiente mais bonito.

Jardim vertical de blocos de concreto

Foto: Reprodução / Apartment Therapy

Foto: Reprodução / Apartment Therapy

Utilizando blocos de concreto, empilhe-os uns sobre os outros. Adicione terra nos blocos que ficaram nas extremidades e plante suas flores favoritas. Também fica para plantas como suculentas.

Jardim vertical com garrafas pet

Foto: Reprodução / Rosenbaum

Foto: Reprodução / Rosenbaum

Utilizando garrafas pet cortadas em sua lateral e amarradas umas às outras. Além de fácil de fazer, ainda é um modo sustentável para reciclar as garrafas que antes iriam para o lixo.

Jardim vertical em latas

Foto: Reprodução / Stefanie Maria

Foto: Reprodução / Stefanie Maria

Reutilize latas usadas. Lave-as bem para tirar qualquer resquício de alimento, parafuse-as em uma placa de madeira, adicione terra e a planta escolhida. Agora basta fixar a placa à parede e desfrutar de seu novo jardim.

Jardim vertical preso em tela de arame

Foto: Reprodução / AKA Design

Foto: Reprodução / AKA Design

Para fazer este diferenciado jardim, monte uma estrutura com vigas de madeira. Prenda a tela de arame com ganchos parafusados previamente nas vigas. Para prender os vasos, envolva-os com arame, deixando-os bem firme e prenda-os, por sua vez, na tela de arame. Confira o passo a passo aqui.

Jardim vertical em sapateira de tecido

Foto: Reprodução / Instructables

Foto: Reprodução / Instructables

Utilizando uma sapateira de tecido, prenda-a através de ganchos em um suporte de alumínio previamente instalado. Adicione terra e as flores e plantas selecionadas. Simples e rápido. Confira o passo a passo aqui.

Jardim vertical com escada antiga

Foto: Reprodução / Small Town Rambler

Foto: Reprodução / Small Town Rambler

Dê uma nova função àquela escada antiga e sem uso. Lixe-a, pinte-a na sua cor favorita e coloque vasinho com suas flores e plantas. Além de estilosa, ainda deixa o ambiente com mais personalidade.

Jardim vertical com prateleiras suspensas

Foto: Reprodução / Survival Life

Foto: Reprodução / Survival Life

Ideal para ambientes internos, este jardim vertical é feito de prateleiras suspensas. Para fazê-las, corte círculos na placa de madeira. Faça furos em suas extremidades para passar a corda. Prenda a corda com braçadeiras plástica ou faça nós para que a placa de madeira não saia do lugar. Pendure a prateleira pronta e encaixe os vasinhos nas prateleiras. Confira o passo a passo aqui.

Jardim vertical de cano de PVC

 Foto: Reprodução / Autossustentável


Foto: Reprodução / Autossustentável

Para este jardim suspenso, utilize calhas de pvc, fazendo furos com a furadeira em toda sua extensão para que a água seja drenada automaticamente. Utilizando cabos de aço e rebites, prenda as calhas umas às outras deixando um espaço entre elas. Prenda-a ao teto através de um gancho. Plante hortaliças e pequenas flores. Confira o passo a passo aqui.

Jardim vertical de caixotes de madeira

Foto: Reprodução / Man Made DIY

Foto: Reprodução / Man Made DIY

Para fazer este jardim moderno não é necessário muito, apenas caixotes de madeira empilhados uns sobre os outros e placas de madeira pregadas na lateral para auxiliar a estrutura. Além de lindo, ainda adiciona charme e funcionalidade ao ambiente sem graça. Confira o passo a passo aqui.

Vantagens de desvantagens de um jardim suspenso

Além da economia de espaço, o jardim suspenso ainda possui outras vantagens, assim como certas desvantagens em relação à um jardim tradicional. A arquiteta Camila Muniz , da C/M & Arq, pontuou alguns tópicos a serem levados em consideração antes de optar por este tipo de jardim. Confira:

Vantagens:

  • ”Se for uma composição de jardim vertical aplicado na fachada ou no teto de uma casa, uma de suas maiores vantagens é o auxílio no conforto térmico da moradia. A camada de verde funciona como um elemento de isolamento térmico, o que ajuda a manter a temperatura interna equilibrada. Essa camada protege contra as altas temperaturas no verão, e ajuda a manter a temperatura amena no inverno”, informa.
  • De acordo com Camila, o jardim vertical funciona muito bem no controle sonoro, pois a vegetação ajuda na absorção e isolamento dos ruídos. Quanto maior a área de aplicação, maiores os resultados de eficiência térmica e acústica na moradia.
  • ”Com a evolução das técnicas de aplicação desse tipo de jardim, hoje é viável a utilização de diversas espécies podendo criar inúmeras composições gerando diversos resultados estéticos ao jardim vertical. Quanto maior a composição, mais estes jardins se tornam elementos ornamentais e de valorização da arquitetura do espaço”, ressalta.
  • ”Mesmo que seja o caso de uma pequena composição de vaso ou plantas em uma parede dentro de casa ou do apartamento, talvez na varanda, a presença do verde traz os mesmos benefícios de uma instalação maior, devidas as proporções”, adiciona.

Desvantagens

  • A arquiteta descreve a manutenção da vegetação como uma das maiores dificuldades em se ter um jardim suspenso. É preciso estar sempre atento à irrigação e à drenagem do sistema para evitar infiltrações e vazamentos.
  • ”A dificuldade de renovação do solo pode reduzir a renovação de nutrientes importantes e dificultar a fixação das raízes. Para isso, a utilização de substratos pode ser fundamental para a manutenção do seu jardim. O mais comum é a utilização da argila expandida”, recomenda.
  • ”Mas além disso, na instalação do jardim, é preciso ter alguns cuidados prévios, para que se possa evitar problemas no futuro. É preciso se preocupar com a condição de sobrevivência das plantas, por isso verifique se o local a ser instalado tem incidência suficiente de iluminação e ventilação”, ressalta.
  • ”Escolha bem as espécies a serem utilizadas. Além da estética das folhas, é importante se preocupar com o volume das suas raízes, suas formas de crescimento e o seu comportamento dentro do sistema, para que ela sobreviva dentro do jardim vertical”, ensina.

Jardins suspensos prontos para comprar

Se você deseja adquirir algo pronto, há algumas lojas online que vendem diversos modelos de jardins prontos para aquisição. Confira uma seleção com belos jardins:

Inspirações

Os jardins suspensos têm se tornado uma boa opção para aqueles que procuram um toque de verde e vegetação em sua casa. Muitas são as possibilidades de aplicação desse tipo de jardim. Se você deseja ter seu próprio jardim vertical, mas ainda está indecisa em qual modelo escolher, confira a seguinte seleção e se inspire a ter o seu próprio jardim:

Foto: Reprodução / Bladihaus Arquitetura

Foto: Reprodução / Bladihaus Arquitetura

Foto: Reprodução / Celina Molinari

Foto: Reprodução / Celina Molinari

Foto: Reprodução / Studio VTX

Foto: Reprodução / Studio VTX

 Foto: Reprodução / Ana Maria Gonçalves

Foto: Reprodução / Ana Maria Gonçalves

Foto: Reprodução / Studio Gorski Arquitetura

Foto: Reprodução / Studio Gorski Arquitetura

Foto: Reprodução / Marisa Lima

Foto: Reprodução / Marisa Lima

Foto: Reprodução / Daniel Romeiro

Foto: Reprodução / Daniel Romeiro

Foto: Reprodução / Eduardo Luppi

Foto: Reprodução / Eduardo Luppi

Foto: Reprodução / A Varanda

Foto: Reprodução / A Varanda

Foto: Reprodução / Bruno Carvalho & Camila Avelar

Foto: Reprodução / Bruno Carvalho & Camila Avelar

Foto: Reprodução / Marcelo Rosset

Foto: Reprodução / Marcelo Rosset

Foto: Reprodução / Luiza Soares Paisagismo

Foto: Reprodução / Luiza Soares Paisagismo

Foto: Reprodução / Angela Meza

Foto: Reprodução / Angela Meza

Foto: Reprodução / Recaptured Charm

Foto: Reprodução / Recaptured Charm

Foto: Reprodução / Style It Like You Stole It

Foto: Reprodução / Style It Like You Stole It

Foto: Reprodução / Second Chance to Dream

Foto: Reprodução / Second Chance to Dream

Foto: Reprodução / Casa Aberta

Foto: Reprodução / Casa Aberta

Foto: Reprodução / DIY Enthusiasts

Foto: Reprodução / DIY Enthusiasts

Foto: Reprodução / The Horticult

Foto: Reprodução / The Horticult

Foto: Reprodução / The Home Depot Blog

Foto: Reprodução / The Home Depot Blog

Foto: Reprodução / The Kriegers

Foto: Reprodução / The Kriegers

Foto: Reprodução / BHG

Foto: Reprodução / BHG

Foto: Reprodução / Dream N Grow It

Foto: Reprodução / Dream N Grow It

Foto: Reprodução / Camille Styles

Foto: Reprodução / Camille Styles

Foto: Reprodução / Brooklyn Limestone

Foto: Reprodução / Brooklyn Limestone

Qualquer que seja sua utilização, a presença de plantas em uma residência traz muitos benefícios ao local, dentre eles o próprio convívio e a sensação de aproximação com a natureza, além da tranquilidade e aumento de qualidade do espaço. Escolha seu jardim suspenso favorito e deixe seu lar ainda mais belo e charmoso.

Comentários
Dicas relacionadas