Guia prático para lavagem de roupas

Dicas facilitadoras para lavar suas roupas poupando tempo e garantindo a conservação das peças

Por Deborah Busko
Atualizado em 22/04/2013 16:53

guia pratico lavagem roupas Guia prático para lavagem de roupas

A lavagem de roupas é um processo que requer organização e algum conhecimento, mas nada muito complicado. Não se trata de apenas jogar algumas peças até a capacidade máxima da lavadora, apertar um botão e esperar até que saia tudo limpinho e cheiroso.

É preciso saber como separar as peças e ter alguns cuidados na hora de lavá-las na máquina ou no tanque. Assim, você economiza energia, sabão em pó, gasta menos energia e ainda conserva suas roupas por mais tempo.

Para ajudar e mostrar que não há segredos, montamos um guia prático para lavagem de roupas. Acompanhe essas dicas e veja como tornar essa tarefa ainda mais fácil.

Antes de lavar as roupas

Evite deixar que a roupa permaneça suja por muito tempo, principalmente se estiver úmida para evitar o cheiro de mofo. Além do mau cheiro, o mofo pode provocar manchas difíceis de remover.

Separe as roupas claras das escuras e coloque em fronhas velhas ou separadores de roupas próprios para serem usados em máquinas de lavar. As roupas com manchas difíceis devem receber um tratamento com produto tira-manchas antes de irem para a lavadora.

Jamais coloque as peças dobradas na lavadora. Os locais da dobra sofrem maior atrito, o que aumenta o desgaste e o desbotamento do tecido nestas áreas.

Feche todos os botões e zíperes das peças. Se houver botões frouxos, reforce ou retire-os. Não se esqueça de também verificar se não há dinheiro, qualquer outro papel ou objetos nos bolsos (alfinetes, clips, parafusos, moedas, etc.).

Evite lavar edredons e colchas de matelassê na máquina, já que são volumosos e o atrito provoca desgaste do tecido, além de danificar a manta que recheia essas peças.

Na hora de lavar

Siga atentamente as orientações que constam nas etiquetas das roupas. Na descrição dos cuidados, as etiquetas das roupas devem conter explicações de cinco processos básicos: lavagem, alvejamento com cloro, secagem, como passar e limpeza a seco.

Algumas peças precisam ser lavadas à mão por serem muito delicadas. As lingeries, peças de seda, cashmeres, meias e outras de tecidos finos são exemplos disso. A lavagem no tanque leva um tempo a mais, por isso, quem não tem muito tempo disponível para isso pode ir separando essas peças durante a semana e reservar um tempinho para essa tarefa no final de semana.

Use sabão especial para lavar as roupas fina e enxague até que a água saia limpa. Não torça as peças, apenas esprema para remover o excesso de água. No ultimo enxague, coloque na água uma colher de sopa de amaciante ou duas colheres de vinagre branco e tenha peças fofinhas.

Na máquina de lavar, selecione o programa de acordo com o tipo de tecido e o grau de sujeira das peças. Lembre-se de que roupas brancas e coloridas devem ser separadas para evitar manchas.

Nunca utilize alvejante ou água sanitária nas roupas coloridas, independente do tipo de tecido. Tecidos de seda, couro, lycra-elastano ou poliuretano jamais devem ser lavadas com alvejante, mesmo as brancas.

Para lavar roupa preta sem perder a cor, uma regra é jamais deixar as peças de molho. Quanto menos elas forem expostas ao sabão e ao sol, mais vão durar. Também é preciso ter cuidado com aquelas manchas esbranquiçadas que aparecem por causa do excesso de sabão e de amaciante, use moderadamente esses produtos.

Se as peças ficarem manchadas, antes de lavá-las novamente, experimente passar uma escova de roupas. Muitas vezes são apenas resíduos de lavagem que saem facilmente com uma boa escovada.

Roupas de lã devem ser lavadas separadamente e sem a função centrifugar. Lave panos de prato separados das roupas de uso pessoal, já que eles geralmente contêm gordura e podem passar para as demais peças. O mesmo vale para os panos de limpeza.

Na hora de lavar roupas de banho, coloque apenas tecidos do mesmo material juntos sem misturar com outros tipos de roupas. Separe as toalhas por cores, lavando sempre as tonalidades mais claras e depois as de cores mais contrastantes e escuras para evitar manchas. Os produtos mais indicados para lavar roupas de banho são o sabão neutro e o amaciante.

Na lavagem de qualquer tipo de peça, nada de exagerar no sabão em pó. Usar o produto em excesso na tentativa de ter roupas mais limpas só vai prejudicar a lavagem. Respeite sempre a medida indicada na máquina.

Para secar

Coloque a roupa para secar imediatamente após a lavagem. Deixar as peças úmidas dentro na máquina ou de um balde pode causar manchas, além de amassar e formar vincos difíceis de eliminar na hora de passar roupa.

Estenda as peças bem abertas. Um truque para não amassar muito camisas, vestidos e outras peças estruturadas é coloca-las imediatamente em cabides assim que terminar a lavagem. Prefira secar as roupas, principalmente as coloridas, à sombra. O sol provoca o desbotamento das cores.

8 dicas para economizar na sua lavanderia

    1 – Não deixe torneiras abertas quando não precisar usar a água e enquanto estiver esfregando a roupa. Só abra a torneira novamente para o enxague;

    2 – As peças com sujeira pesada devem ser deixadas de molho antes da lavagem;

    3 – Junte o máximo de roupa possível para tirar proveito da capacidade da máquina, sempre respeitando o limite indicado;

    4 – Na máquina, selecione o nível de água de acordo com o volume de roupa. Essa função limita o desperdício de água;

    5 – A água do tanque e da máquina de lavar podem ser reutilizadas para lavar o quintal. Você gasta menos água e ainda economiza sabão em pó;

    6 – Na hora de secar a roupa, use o varal em vez da secadora. Ou, se preferir, coloque as peças na máquina de secar por alguns minutos e depois no varal enquanto ainda estiverem úmidas.

    7 – O ferro de passar consome muita energia, portanto, é melhor usar de uma vez;

    8 – Fique atenta ao selo do Procel, o Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica, que indica o gasto energético de cada eletrodoméstico da lavanderia. O selo traz letras de A a G e, quanto mais próximo de A, mais econômico o aparelho.