Exercícios físicos de acordo com o seu biótipo

Descubra em qual biótipo você se enquadra e escolha os melhores exercícios para trabalhar o seu corpo

Por Alessandra Busko
Atualizado em 14/03/2012 16:41

exercicios de acordo com biotipo Exercícios físicos de acordo com o seu biótipo

Magra ou um pouco acima do peso, alta ou baixa, com o quadril mais avantajado ou não, ombros estreitos ou largos, barriga saliente ou chapada, cada mulher tem um biótipo diferente. E como muitas estão insatisfeitas com alguma parte corpo, seja por gordura localizada, excessos aqui ou ali ou até mesmo pela falta de curvas, estão sempre em busca de alternativas para deixar o corpo em forma.

De qualquer maneira, quem pratica atividades físicas só tem a ganhar, mas saber escolher as modalidades e exercícios ideais pode fazer toda a diferença nos resultados. De acordo com uma pesquisa feita nos Estados Unidos, as mulheres podem ser divididas em quatro biótipos. E, para cada um deles, há uma glândula dominante, que deve ser considerada na hora de escolher um exercício para praticar. Descubra qual o melhor tipo de exercício físico de acordo com o seu biótipo e as opções mais indicadas para trabalhar diferentes regiões do corpo.

Corpo sarado

As mulheres que não são muito magras, mas que nasceram com o corpo curvilíneo e não precisam fazer muito esforço para manter o corpo sarado, se enquadram no grupo supra-renal, glândula responsável pela produção do hormônio cortisol.

Mesmo com a sorte de ter um corpo invejado pela maioria, essas mulheres devem ter cuidados para evitar o ganho de gordura e massa, que provocam alterações bastante evidentes nas curvas. As atividades ideais que ajudam a manter o corpo sempre em dia são step e running class.

  • Step – Além de trazer diversos benefícios que contribuem com o bem-estar, praticar circuitos de subir e descer em uma plataforma ajuda a aumentar a resistência muscular, fortalecer os ossos, ligamentos e manter o corpo sempre em forma, pois o step queima muitas calorias.
  • Running Class – Atividade física em que a corrida na esteira se diferencia apenas porque deve ser feita em grupo. A corrida é uma ótima opção para quem quer manter o corpo sempre em forma e eliminar os quilos a mais.

Corpo magro

Assim como existem mulheres de corpo sarado por natureza, também existem aquelas que são magras e não tem problemas com gorduras localizadas ou alguma parte do corpo avantajada. A glândula dominante para esse tipo de corpo é a tireoide, que estimula o gasto calórico no organismo.

Parece que não, mas as mulheres magras podem e devem praticar exercícios físicos, principalmente atividades que ajudem a aumentar a massa muscular, como a ginástica localizada e musculação.

  • Musculação – Como o nome já diz, trabalha os músculos contribuindo para um corpo mais definido e saudável. Se praticada da maneira correta e sem exageros, a musculação não engorda e nem deforma o corpo. A prática regular da atividade serve para definir e deixar pernas, quadris, braços e barriga mais firmes e torneados.
  • Ginástica localizada – Uma das mais tradicionais atividades físicas, a ginástica localizada inclui uma variedade de exercícios que ajudam no fortalecimento muscular e traz diversos benefícios para o corpo todo.

Quadris largos

Mulheres que apresentam um tipo de corpo em que os quadris ficam em evidência pertencem ao grupo da glândula gônoda, que é responsável pela produção de estrogênio. Geralmente, quem apresenta esse biótipo tem uma estatura mais baixa, cintura fina e ombros estreitos. As atividades ideais para mulheres de quadris largos são os exercícios aeróbicos que trabalham mais a região dos membros inferiores, como o jump e o spinning.

  • Jump – O jump é uma atividade física aeróbica que além de ajudar a aliviar o estresse e melhorar a postura, previne e combate a flacidez e celulite. Também serve para fortalecer o sistema músculo-esquelético devido ao aumento da carga gravitacional e dá mais resistência muscular.
  • Spinning – As atividades de spinning são muito eficientes e garantem bom resultado no enrijecimento do bumbum, pernas e abdômen. É uma ótima escolha para mulheres com esse tipo de biótipo porque queima muitas calorias.

Barriga saliente

As mulheres que tem o corpo quase perfeito, mas reclamam da barriga saliente ou que tem uma grande facilidade de acumular gordura nessa região, se enquadram no biótipo das pituitárias, glândulas responsáveis por regularizar o metabolismo. E para combater ou evitar a saliência no abdômen, a dica é praticar atividades físicas que incluam musculação ou ginástica localizada.

  • Musculação - A musculação ajuda a manter o corpo mais definido e tonificado, principalmente na região do abdômen.
  • Ginástica localizada - Assim como a musculação, a ginástica localizada ajuda a diminuir a gordura, combate a flacidez e dá resistência muscular para o corpo. A dica é investir em exercícios para a região da barriga.