Dicas de Mulher Dicas de Casa

Evite incêndios em casa

Orientações para deixar sua residência segura e livre do perigo dos incêndios

em 16/03/2012

Um incêndio pode acontecer a qualquer hora e em qualquer lugar. E as causas podem ser variadas, desde descargas na rede elétrica, sobrecarga ou instalações elétricas mal feitas, falhas humanas e até simples brincadeiras de criança ou pequenos descuidos.

Por isso, algumas medidas devem ser adotadas para deixar o lar livre de perigos. São precauções simples em relação ao uso do fogão, equipamentos elétricos, cigarros e orientações sobre alguns hábitos que são capazes de minimizar os riscos de surgimento de focos de incêndios em casa.

E quando o assunto é este, a cozinha é um dos cômodos mais perigosos da casa. Um erro comum é manter o botijão de gás dentro de casa, mas o ideal é instalá-lo do lado de fora da residência. Lembre-se de fechar o registro do gás não estiver usando e ao sair de casa.

Não permita que as crianças brinquem com fósforos ou tenham acesso ao fogão e nunca se ausente da cozinha quando alguma panela estiver no fogo.

Deixe os braços das panelas sempre virados para dentro do fogão, de forma que não se possa esbarrar neles por acidente. Outra dica é manter sempre cortinas, panos de prato, pegadores de panela e quaisquer outros itens que possam pegar fogo longe do fogão.

Se sentir cheiro de gás ao chegar em casa, não acenda a luz ou qualquer chama, pois isso pode ocasionar uma explosão. Abra portas e janelas, areje bem a casa. Depois, remova o botijão para um lugar ventilado e chame a distribuidora de gás.

Uma dica importante para evitar incêndios em casa é não deixar os aparelhos eletrônicos como ferro de passar e secador de cabelo ligados na tomada após o uso ou quando precisar se afastar deles. Manter os aparelhos ligados sem estar por perto aumenta o risco de acidentes com crianças, o que pode ocasionar incêndios.

Além disso, também é importante retirar os eletroeletrônicos da tomada quando for passar muitos dias fora de casa. Isso evita que descargas elétricas causadas por problemas na rede de fornecimento ou por fortes chuvas ocasionem curto-circuito e danifiquem os aparelhos.

Cuidado para não ligar vários aparelhos ao mesmo tempo na mesma tomada usando extensão ou benjamins, não use fios gastos ou desencapados nas instalações elétricas e fuja das gambiarras. Se notar que os fusíveis estão queimando ou os interruptores estão estourando, contrate um eletricista para verificar o sistema elétrico.

Prefira usar fita adesiva para fixar os fios elétricos na parede ou no chão. Evite pregos e grampos, eles podem causar choques além de incêndios. Também evite passar extensões por debaixo de tapetes ou carpetes, já que elas podem se romper bruscamente.

O cigarro também é um grande causador de incêndios. Por isso, os fumantes devem ficar de olho em várias situações, como usar lixeiras como cinzeiro, jogar pontas de cigarro pela janela ou deixá-las sobre mesas, armários e prateleiras. Outra situação perigosa é fumar enquanto manipula produtos de limpeza e inflamáveis. O alerta também é válido quanto ao hábito de fumar com sono e na cama, o que aumenta o risco de acidentes com fogo em casa.

As precauções para evitar incêndios residenciais também valem na hora da faxina. Apesar de oferecerem riscos, álcool, querosene, gasolina e solventes são comuns na limpeza dos lares brasileiros. O ideal, principalmente para quem tem crianças em casa, é dar preferência aos produtos de limpeza não inflamáveis.

Comentários
Dicas relacionadas