Entenda o que é psoríase

Saiba tudo sobre a doença que causa lesões avermelhadas na pele

Por Alessandra Busko
Atualizado em 09/05/2013 16:46

psoriase Entenda o que é psoríase

A psoríase é uma doença inflamatória genética crônica, autoimune e não contagiosa. É mais comum entre mulheres antes dos 30 ou após os 50 anos de idade. Sua causa é desconhecida, mas seus sinais característicos de lesões circulares descamativas e avermelhadas na pele geralmente aparecem quando a pessoa apresenta sintomas de estresse.

As manchas de psoríase podem surgir no corpo todo. Em casos mais extremos, elas também aparecem nos pés (inclusive nas solas), mãos e até mesmo no couro cabeludo. O surgimento dessas manchas pode se dar a qualquer momento, principalmente nos dias mais frios.

Infelizmente, não há como prevenir a psoríase, mas especialistas garantem que manter a pele sempre bem hidratada com cremes e loções específicas para cada tipo de pele ajuda a evitar a doença. Evitar a exposição ao sol sem proteção e por muito tempo são outras medidas preventivas.

Tratamento para psoríase

Ao observar manchas similares às da psoríase na pele, é preciso procurar um dermatologista imediatamente para examiná-las.

Se diagnosticada a doença, o médico irá indicar a maneira correta de combater o problema, sendo que uma delas é evitar o estresse no dia-a-dia. Quem tem psoríase deve ter acompanhamento médico periódico por toda a vida, mesmo quando não há manifestação da doença.

Há vários tipos de tratamento para psoríase, dependendo da intensidade dos sintomas. Para casos menores, é possível combater as lesões descamativas e avermelhadas apenas com o uso de pomadas à base de corticóide ou calcipotriol.

Em casos mais complexos, existem medicamentos mais fortes de via oral. Outras opções para tratar a psoríase incluem aplicações de laser de UVB narrow-band e PUVA.

Tipos de psoríase

A psoríase recebe denominações diferentes conforme a localização das manchas no corpo e o aspecto da pele. Confira a classificação dos tipos de psoríase:

  • Psoríase Vulgar: Manchas circulares pelo corpo em tamanhos variados e bem delimitados, coloração avermelhada e escamas secas com aspecto acinzentado ou prateado nos locais como o couro cabeludo, cotovelos e joelhos.
  • Psoríase Gutata: Lesões em tamanhos pequenos, com forma de gota. Geralmente ficam localizadas no tronco e perto dos braços e coxas, poupando as mãos e os pés. Esse tipo de psoríase é mais comum em crianças e jovens.
  • Psoríase Eritrodérmica: Apresenta lesões generalizadas, que abrangem 75% ou mais da área corporal com as manchas circulares avermelhadas.
  • Psoríase Ungueal: Surge em forma de depressões puntiformes, ou seja, leões que se parecem com pequenos pontos amassados ou manchas amareladas, principalmente nas regiões das unhas das mãos e pés.
  • Psoríase Invertida: As lesões desse tipo de psoríase geralmente são mais úmidas e ficam localizadas embaixo das mamas, área genital ou até mesmo entre as nádegas.
  • Psoríase Artropática: É o tipo mais crônico da doença, pois ocorre quando a psoríase está associada à artrite. As manifestações mais frequentes tem início nas articulações das pontas dos dedos, mãos e pés ou articulações associadas ao joelho e cotovelo.
  • Psoríase Pustulosa: As lesões aparecem com pus e ficam localizadas principalmente nas mãos e pés.
  • Psoríase Palmo-Plantar: Em 12% dos casos, a psoríase surge nas palmas das mãos e solas dos pés em lesões que podem apresentar rachaduras.