Dicas de Mulher Dicas de Comportamento

Empresas checam perfil de candidato nas redes sociais antes de contratar

Entenda como este complemento ao método de avalição de candidatos pode afetar as chances de conquistar a vaga

em 26/06/2012

O número de usuários nas redes sociais tem aumentado significativamente e isso se tornou um grande atrativo para quem avalia os candidatos antes de contratá-los uma vez que informações pessoais sobre eles estão ainda mais disponíveis.

Os recrutadores estão utilizando cada vez mais essas informações como peça fundamental na hora da avaliação do candidato. Informações pessoais podem dizer muito a respeito de seu comportamento como profissional e também como ele se comporta fora da empresa.

De uma certa maneira, essas informações disponíveis na internet sobre o candidato podem ser benéficas para ele, auxiliando-o a conquistar a vaga tão almejada.

Candidatos que demonstram comportamento discreto e socialmente desejável na rede, além de interesse em assuntos ligados à sua carreira podem se beneficiar dessa facilidade do mundo moderno.

Entretanto, em alguns casos, esse recurso a mais que os recrutadores detêm hoje pode fazer com que o candidato perca a chance de ser contratado.

Por exemplo, se o recrutador ler as mensagens postadas na rede social que sejam de cunho preconceituoso ou que façam apologia a práticas criminosas, esse candidato está potencialmente fadado ao fracasso na conquista de uma posição na empresa.

Outro caso que poderia anular a chance de um candidato conquistar a vaga de emprego seria ele declarar que já trabalhou embriagado ou que já faltou ao trabalho por ter se embriagado na noite anterior.

Sendo assim, aconselha-se usar a rede social para expor informações que sejam desejáveis por quem pode te recrutar um dia. Preencha as informações sobre onde estudou, trabalhou e experiências de voluntariado e você poderá se beneficiar com esses dados.

Tome cuidado com suas declarações, evite usar as redes sociais quando estiver muito nervoso ou embriagado. Não fale mal dos lugares onde trabalhou e pessoas que trabalhavam com você. Além disso, nunca divulgue informações confidenciais na internet sobre a empresa onde trabalha.

Após a contratação é importante manter as precauções a respeito do uso das redes sociais. Por exemplo, é possível que os recursos humanos do trabalho verifique suas redes sociais em um dia que você faltar por motivo de doença. Nesses casos, evite transtornos e não falte sem um motivo plausível. E caso você cometa esse deslize, não anuncie nas redes sociais que você está em casa descansando em vez de no trabalho fazendo seu serviço.

A dica de ouro é: antes de publicar fotos, mensagens e vídeos pense duas vezes no que os seus contatos profissionais, seus clientes e empregadores podem pensar disso que você expôs na rede. Usando a sensatez você evita problemas na sua carreira e amplia suas chances de sucesso.

Comentários
Dicas relacionadas