Dicas de Mulher Dicas de Noivas

DJ ou banda: saiba qual escolher para animar seu casamento

Para manter a pista de dança do seu casamento animada é fundamental conhecer os prós e contras dos fornecedores que vão agitar sua festa

em 29/03/2016

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Uma festa de casamento é sempre um evento que começa a ser planejado com muita antecedência para que tudo funcione perfeitamente no grande dia. Independente do seu orçamento e do dia da sua festa, a data merece ser comemorada pelo encerramento e inicio de um novo ciclo.

Para os casais que optam por fazer uma festa, no estilo balada, muitas decisões devem ser tomadas e a música se torna um ponto de indecisão, pois é um fator fundamental para garantir a animação do evento e deixar os convidados satisfeitos.

Neste momento, é comum surgir a dúvida entre optar por um DJ ou uma banda para animar a festa.

Para fazer a escolha dos fornecedores do evento, é primordial ter em mente o estilo de festa que será adotado, bem como toda a atmosfera do evento.

DJ ou banda?

Confira abaixo diferenças, bem como os prós e contras, que devem ser analisados no momento da escolhe entre um DJ ou banda, ou até mesmo os dois. Saiba os motivos para optar por um ou outro, incluindo um valor médio de cada um, contando com as dicas da assessora de eventos, Andreia Carvalho Souza, que tem em seu currículo planejamento de mais de 100 casamentos.

DJ

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Atualmente é muito comum que DJs sejam responsáveis pela animação das festas de casamento, pois esta pode ser uma opção mais econômica para conduzir a pista de dança. Confira abaixo os prós e contras desta opção.

Prós:

  • Execução das músicas originais: o mais comum é que os DJs executem a música na sua versão original, sem que haja grandes intervenções, ou até mesmo uma mistura de ritmos durante a música.
  • Possibilidade de escolher o repertório: no encontro com o fornecedor, é sempre possível transmitir a ideia do que o casal quer no seu evento, como confirma a Andreia: “Para os clientes mais exigentes com relação ao repertório da festa a dica é contratar o DJ, pois assim evita a execução de estilos musicais que não lhes agrade”.
  • DJs especializados em um estilo musical específico: para os noivos fãs de música eletrônica, é possível encontrar DJs especializados, como os que tocam em casas noturnas, por exemplo. Esses profissionais costumam repetir o repertório que é praticado nos eventos, e a assessora dá a dica: “Portanto o ideal é analisar bem o trabalho do DJ antes de contratar”.

Contras:

  • O DJ muitas vezes não faz anúncios: durante a festa de casamento, muitas vezes é necessário fazer anúncios, como por exemplo o da entrada dos noivos no salão da festa. Muitas vezes os DJs não estão preparados para executar estes anúncios, mas este detalhe pode ser facilmente contornado pela contratação de um cerimonialista competente que executará os anúncios.
  • Não interagir com os convidados: o DJ normalmente não atrai a atenção dos convidados para a pista de dança durante a festa. Como acrescenta a cerimonialista: “O DJ apenas executa as músicas conforme um cronograma ou conforme o que ele entende que funciona melhor para que a festa seja animada. Assim, não tem aquela pessoa que brinca e atrai a atenção como as bandas fazem”.

Banda

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

A banda é sempre a opção mais tradicional e conhecida para uma festa de casamento e são mais prováveis de garantir a animação da festa. Abaixo você encontra pontos que devem ser analisados antes de decidir quem será responsável pela animação da sua festa.

Prós:

  • Interação com os convidados: essa característica é sem dúvidas o maior bônus da contratação de uma banda, como confirma Andreia: “Eles conseguem fazer com que as pessoas sigam certas brincadeiras, chamam os anfitriões para o palco, o que torna a festa mais interativa”. Também é comum que as bandas convidem amigos dos noivos para o palco e cante uma seleção de músicas especial e bem animada.
  • Algum integrante pode servir como um mestre de cerimônias: geralmente o vocalista da banda pode auxiliar muito no andamento do cerimonial. Como por exemplo, anunciando a entrada dos noivos no salão, assim como anunciando o momento esperado pelas solteiras, o momento do buquê.
  • É possível escolher um estilo musical específico: caso o casal tenha um gosto musical específico, é possível encontrar uma banda que toque exclusivamente um estilo. Como maior exemplo, é possível contratar duplas sertanejas, escolas de samba ou também bandas focadas em alguma época especifica, como anos 60.

Contras:

  • Repertório próprio: “As Bandas têm um repertório próprio, pois dependem de ensaios e tocam aquilo que eles estudam para executar, não se atendo aos pedidos dos clientes”, pontua a assessora de eventos. Sendo assim, os clientes mais exigentes podem acabar decepcionados, sentindo falta de algumas músicas que fogem ao repertorio da banda.
  • Exigem mais espaço no salão: devido à presença dos integrantes e muitos equipamentos, a banda exige um espaço maior dentro do salão, bem como a montagem de um palco. Sendo assim, se cria a necessidade de que o espaço da realização da festa comporte este palco sem comprometer a montagem das mesas.
  • Maior investimento: a banda geralmente dispõe de vários integrantes, e muitas vezes também inclui dançarinos. Além deste fator, também existe o transporte maior de carga de equipamentos e instrumentos musicais, o que sem dúvidas torna a contratação da banda um pouco mais cara, em relação ao DJ.

Banda + DJ: vale a pena?

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

“Sim!! Vale muito a pena”, a assessora de eventos é categórica na resposta. Ela também explica o principal motivo de escolher ambas as opções: “A Banda normalmente tem um número de horas de show e quando os anfitriões e os convidados são muito animados, podem querer estender um pouco mais… E é aí que entra o DJ, fazendo continuar a festa”.

Quanto aos valores, eles podem variar bastante. Sendo que o valor da banda pode ir de 3 a 20 mil reais, e o DJ pode ser de 1,500 a 10 reais. É importante ressaltar que estes valores variam de acordo com o “reconhecimento” e popularidade de cada um, pois tanto a banda quanto o DJ mais conhecidos irão cobrar um valor maior.

Mas além de tudo, no momento da escolha da animação da sua festa você deve ter em mente o estilo da sua festa e dos seus convidados, bem como do seu orçamento disponível. Lembrando que sempre é possível encontrar fornecedores de acordo com o seu bolso, e ter uma festa animada, com a cara do casal.

Comentários
Dicas relacionadas