Despedida de solteiro: como ela realmente é?

Desvendamos os segredos desse evento que tanto mexe com a imaginação das mulheres

Por Amanda Saraiva
Atualizado em 22/06/2012 9:30
despedida de solteiro Despedida de solteiro: como ela realmente é?

Foto: Thinkstock

Vocês já marcaram a data do casório e finalmente está chegando o grande dia. Mas antes dele, iniciam-se as comemorações descontraídas com os amigos e amigas dos noivos como o chá de panela, de lingerie e a despedida de solteiro. Mas o que será que envolve, afinal, essa reunião masculina, que tanto causa curiosidade e ciúmes? Para tirar as principais dúvidas que cercam essa “festinha”, conversamos com a organizadora de eventos da empresa Casório Perfeito, Renata Trigueiros sobre o assunto e resolvemos este mistério para você.

Geralmente realizadas em viagens, bares, casas de festas, ou até de strippers, as despedidas de solteiro costumam reunir os amigos mais próximos do noivo e deixar de lado parentes e membros da família. Isso para garantir que todos fiquem à vontade, já que nenhum deles pode deixar escapar nada do que acontece na ocasião.

Mas o que não falta na maioria desses lugares é bebida alcoólica. Algumas comemorações, geralmente realizadas em bares, incluem altas doses de álcool e uma variedade de bebidas e os homens se sentem livres para extrapolar naquele dia. “Nesses locais, o que predomina são as conversas descontraídas entre os convidados e até brincadeiras mais comuns entre os homens”, explica a organizadora de eventos.

Mas a imagem que sempre vem à mente das noivas quando o assunto é despedida de solteiro são de mulheres seminuas prontas para atacarem seus futuros maridos. Porém, isso está mais para cena de filme do que para realidade. “Quando são contratadas, sempre usando pequenos trajes, costumam ser dadas como ‘prendas’ para o noivo e fazem a festa dos convidados, animando a noite”, comenta Renata. Mas nem sempre elas estão presentes na despedida de solteiro. Isso porque, algumas noivas proíbem seus futuros maridos de incluí-las na festa. Ou seja, o melhor aqui é conversar antes da organização do evento.

De qualquer forma, qualquer que seja a escolha do gato para se despedir da antiga vida de farra e solteirice, o ideal é que o casal converse sobre essa festa informal. Quando ele ou algum amigo cogitar a comemoração deixe claro tudo o que você tolera ou não. O homem certamente saberá que aquilo não é nada mais que um rito de passagem, mas que o casamento, como escolha que ele fez, valerá pela vida inteira. E depois, nada de encher o noivo de perguntas sobre o que aconteceu ou deixou de acontecer. O melhor a se fazer é programar sua própria despedida de solteira com as suas amigas. Que tal?