Dicas de Mulher Dicas de Beleza

Depilação caseira: métodos e dicas para remover os pelos sozinha

Com uma boa gama de alternativas e técnicas é possível fazer a depilação em casa e tornar-se independente das depiladoras

em 23/11/2015

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Manter a pele lisinha sem sair de casa é o desejo de muitas – e, ao contrário do que pode parecer à primeira vista, não é uma tarefa impossível.

A busca pela independência na hora de depilar pode ter várias motivações: falta de tempo para ir à depiladora, economia, liberdade de realizar o processo no seu próprio tempo ou conforto; afinal, não se sentir confortável ou não gostar de ser depilada por outra pessoa é bastante comum.

Quem opta por fazer a depilação em casa tem boas alternativas de métodos à disposição e pode escolher tanto pelo investimento em produtos, níveis de dor ou praticidade na execução. A variedade de produtos disponíveis no mercado é bastante abundante: lâminas de diferentes tamanhos e ângulos, ceras e cremes de diferentes componentes, aparelhos elétricos com várias funcionalidades e até aparelhos de fotodepilação.

Quem tem a pele sensível e sofre com foliculite deve tomar cuidado na hora de se depilar em casa! Escolha métodos menos agressivos para a pele, que retirem o pelo pela raiz e apresentam menos chances de quebra do pelo ou lesões na pele. Lembre-se que, mesmo que você não sofra com alergias, foliculite ou outros problemas de sensibilidade, é comum que a pele fique avermelhada após a depilação. Portanto, procure realizar o processo horas antes de sair, deixando um tempo para que a pele volte a se acalmar.

Independente do método escolhido, a regra geral é estar com a área a ser depilada limpa antes de começar. Esfoliações também colaboram para um resultado mais positivo, visto que evitam pelos encravados. No mais, é sempre importante manter a pele hidratada após a depilação e evitar a exposição ao sol sem usar protetor solar.

Conheça alguns métodos diferentes de depilação que podem ser feitos em casa e decida qual o melhor para você!

Depilação com cera quente

Esse método usa cera de receita caseira ou industrializada para eliminar os pelos. O produto é aplicado quente sobre a região a ser depilada e retirado com um puxão. Os pelos saem pela raiz.

Prós:

A cera quente é um método barato, com opções de produtos comercializados e acessíveis ou receitas caseiras. Como o método remove os pelos pela raiz, o que resulta em uma depilação com uma duração de até 20 dias, variando conforme a pessoa.

Contras:

“A cera quente promove a perda da elasticidade da área depilada (pois é arrancada a cera à força), além de escurecimento da região (por conta do atrito e calor da cera), alto nível de dor e, em alguns casos, foliculite”, ressalta Paula Menezes, especialista em inovações estéticas da +Depil.

Indicado para:

Pode ser feita em qualquer área do corpo.

Vídeo passo a passo:

No vídeo, Paloma Soares explica como depilar as pernas com cera quente, falando sobre a temperatura correta do produto, a forma de aplicar a cera na região a ser depilada e como puxá-la. No processo, o produto utilizado é a cera industrializada que pode ser aquecida no micro-ondas.

Dicas:

  1. Antes de começar a depilação, faça um teste de sensibilidade no pulso, para verificar a temperatura e não correr o risco de se queimar;
  2. Nunca passe a cera no sentido contrário ao crescimento dos pelos! O correto é sempre aplicar no mesmo sentido em que os pelos crescem;
  3. Não deixe a cera secar demais, e atenção para não usar pouca quantidade de produto. “Isso faz com que a cera fique quebradiça e dificulta a retirada, além de aumentar a dor”, pontua Paula;
  4. No caso de ceras industrializadas, confira os ingredientes da composição para evitar possíveis alergias;
  5. Você pode fazer a cera em casa misturando quatro xícaras de açúcar, uma de suco de limão e uma de água. Basta levar ao fogo por cerca de 20 minutos.

Depilação com cera fria

A depilação é feita com ceras industrializadas aplicadas frias sobre a pele, com o auxílio de um lenço próprio para este fim. O método remove os pelos pela raiz.

Prós:

A aplicação da cera fria é mais simples e prática que a da quente, uma vez que dispensa aparelhos de aquecimento e não apresenta o risco de queimar a pele. Por estar em temperatura ambiente, é uma opção mais adequada para quem tem varizes. A depilação dura aproximadamente 20 dias.

Contras:

Alguns produtos deixam resíduos, causando a sensação de pele grudenta. O método tende a ser mais dolorido e agressivo que a cera quente, uma vez que não conta com o calor para dilatar os poros.

Indicado para:

Pode ser usado em qualquer área do corpo, apenas com atenção especial a regiões mais sensíveis, como rosto e virilha.

Vídeo passo a passo:

May Hiroi mostra como depilar as pernas com cera fria. No vídeo, você entende como aplicar o produto, qual é a melhor maneira de retirar e confere dicas para o maior rendimento da cera. O produto utilizado é a cera de bisnaga, junto com os lenços transparentes.

Dicas:

  1. Para não ter reações alérgicas, fique atenta aos componentes dos produtos;
  2. Esteja com a pele limpa e sem resíduos antes da depilação;
  3. Aplique o produto no sentido de crescimento dos pelos e retire-o na direção contrária;
  4. Após a depilação, utilize uma loção com substâncias calmantes – camomila ou calêndula, por exemplo.

Onde comprar:

Depiladores elétricos

Os depiladores elétricos funcionam como múltiplas pinças que removem os pelos pela raiz.

Prós:

Com relação à cera, a principal vantagem do depilador elétrico é a praticidade – o aparelho permite uma depilação sem causar “meleca” ou sujeira. Além disso, é uma boa opção para viagens e períodos fora de casa, uma vez que o aparelho é fácil de transportar e pode ser usado em qualquer lugar. O tempo de duração do resultado também é bom: se bem feita, a depilação pode durar até 10 dias.

Contras:

O depilador elétrico é um método dolorido. Por ser um processo mais lento que a cera, que tira os pelos em pequenas áreas, pode causar um incômodo maior. A velocidade do aparelho também pode ser agressiva para peles mais sensíveis, causando irritações. Também é preciso esperar o pelo crescer para poder depilar novamente.

Indicado para:

Você pode usar esse tipo de aparelho em pernas, braços, coxas e axilas; e existem também aparelhos próprios para áreas íntimas. Antes de começar, consulte o manual de instruções do aparelho para verificar as recomendações do fabricante. Se tiver pele sensível, use apenas nas pernas e coxas, que tendem a ser menos sensíveis.

Vídeo passo a passo:

A blogueira Juliana Goes mostra como fazer a depilação utilizando o depilador elétrico, explorando todas as funcionalidades do aparelho. Vale destacar que os aparelhos têm recursos diferentes, então conheça bem o seu modelo para aproveitá-los da melhor forma possível.

Dicas:

  1. Leia o manual de instruções do aparelho para conferir as indicações e maneira correta de operar o seu modelo;
  2. A depilação com a pele molhada, durante o banho, pode ser mais confortável. Para isso, busque depiladores à prova d’água;
  3. Geralmente, os aparelhos funcionam melhor quando segurados a 90º em relação à pele;
  4. Observe com atenção o modo de usar! “O depilador elétrico exige certa experiência no manuseio, pois o uso errado pode causar foliculite”, alerta Iza Meirelles, esteticista da Clínica Essendi, no Rio de Janeiro;
  5. Certifique-se de que a área a ser depilada está limpa e livre de resíduos;
  6. Alguns aparelhos não conseguem puxar pelos mais compridos, por isso, se for necessário, apare-os antes de iniciar o processo.

Onde comprar:

Depilação com lâmina

A depilação com lâmina é um dos métodos mais comuns. A lâmina corta a parte do pelo que aparece, não o retirando pela raiz.

Prós:

A principal vantagem desse tipo de depilação é a ausência de dor. Além disso, a depilação com lâmina é bastante barata e prática: os aparelhos são fáceis de encontrar, de transportar e de usar.

Contras:

Como não arranca o pelo pela raiz, a depilação com lâmina tem uma duração bastante curta – o pelo volta a crescer após um ou dois dias. Esse método também pode acabar causando o escurecimento da pele no local depilado e ocasionais cortes.

Indicado para:

Pode ser usada em todas as áreas, exceto na região facial.

Vídeo passo a passo:

Neste vídeo rápido, Marilyn Jane mostra mostra o passo a passo para fazer a depilação das pernas com lâmina. Para auxiliar o processo, a Youtuber utiliza condicionador infantil.

Dicas:

  1. Antes de depilar, faça uma esfoliação na área. Isso ajuda a evitar problemas com pelos encravados;
  2. Utilize gel pré-depilatório ou creme de barbear para a depilação – esses produtos são mais eficientes que sabonetes;
  3. O ideal é trocar a lâmina após dez utilizações;
  4. “Deve-se hidratar após, pois a lâmina retira parte da epiderme, o que causa o ressecamento da região”, alerta Gabriela Cunha, esteticista da Clínica Renata Domingues, no Rio de Janeiro.

Onde comprar:

Cremes depilatórios

A depilação com creme depilatório não remove os pelos pela raiz. O creme é aplicado sobre a pele e, após alguns minutos, a parte visível dos pelos pode ser retirada junto com o produto.

Prós:

Por não remover os pelos pela raiz, o uso de cremes depilatórios é indolor. Outro ponto positivo é a rapidez do processo – em apenas alguns minutos é possível terminar a depilação de uma área. Também é possível encontrar cremes com preços acessíveis e em vários pontos de venda, como farmácias e supermercados.

Contras:

Essa é uma depilação de curta duração, com o prazo de cerca de dois dias para o crescimento dos pelos. O produto também pode causar alergias e irritações na pele.

Indicado para:

“Pode-se usar em todas as áreas do corpo, mas sempre tendo cuidado com as mucosas”, aconselha Iza. Observe sempre as indicações do fabricante e, no rosto, use cremes específicos para a área.

Vídeo passo a passo:

A blogueira Ingredy Barbi mostra como fazer a depilação das pernas com creme depilatório, desde a aplicação do produto até a retirada e o resultado final.

Dicas:

  1. Antes de aplicar o creme, confira as indicações do fabricante;
  2. Nunca ultrapasse o tempo máximo recomendado com o produto na pele;
  3. Na hora de depilar, a região deve estar limpa e livre de outros cremes;
  4. “Dê preferência para retirar o resíduo com uma esponja com o lado macio”, aconselha Gabriela;
  5. Faça um teste antes de começar, aplicando creme em uma pequena área para garantir que ele não causará reações alérgicas.

Onde comprar:

Depilação egípcia

A depilação egípcia é um método que utiliza linhas como material. O processo remove os pelos um a um, retirando-os pela raiz.

Prós:

A durabilidade, como em qualquer método que retira os pelos pela raiz, é maior e a pele permanece lisinha por pelo menos 20 dias. Menos agressiva que outros procedimentos, a depilação egípcia não causa alergias. A linha consegue puxar pelos ainda curtos, não sendo necessário esperar que eles cresçam para a próxima depilação. Além disso, é bastante barata, visto que o único material necessário é a linha.

Contras:

O método é dolorido e demorado.

Indicado para:

A depilação com linha pode ser feita em qualquer parte do corpo. Mas, pela praticidade, é indicada especialmente para a região facial.

Vídeo passo a passo:

No vídeo, Mery Veiga dá o passo a passo da depilação facial com linha. Você confere qual o comprimento médio da linha, como ela deve ser trançada e qual o movimento certo para fazer a depilação.

Dicas:

  1. O melhor tipo de linha para fazer a depilação egípcia é a linha de poliéster;
  2. Utilizando linhas de cores claras fica mais fácil de visualizar os pelos;
  3. Durante o processo, use adstringente ou tônico para a limpeza das áreas a serem depiladas;
  4. Para pegar prática, treine o movimento com a linha antes de começar;

Depilação com pinça

A depilação com pinça remove os pelos um a um, pela raiz.

Prós:

Como o pelo é retirado pela raiz, a durabilidade da depilação com pinça é mais longa, permanecendo com bons resultados por até dez dias.

Contras:

É um método dolorido e que demanda tempo, uma vez que os pelos são retirados um a um. Também é preciso cuidado para não quebrar os pelos na remoção.

Indicado para:

Pela praticidade, a depilação com pinça é mais indicada para pequenas áreas, como a sobrancelha e o buço.

Vídeo passo a passo:

No vídeo, a blogueira Camila Miano ensina como fazer as sobrancelhas com pinça, incluindo como fazer as marcações para não errar no formato. Como auxiliar, você também vai precisar de uma tesoura para aparar os fios mais compridos.

Dicas:

  1. “Utilize o espelho para melhor visualização e feche a ponta da pinça o mais próximo da pele possível, evitando a quebra do fio”, recomenda Gabriela;
  2. Use a pinça para retirar pelos que ficarem para trás após a depilação com outros métodos;
  3. Cheque se as pontas da pinça estão bem alinhadas e com bom fechamento.

Onde comprar:

Depilação com luz pulsada

Esse método é realizado com um aparelho de fotodepilação, que elimina os pelos através da luz. Menos agressiva que o laser, a depilação com luz pulsada exige várias aplicações para gerar resultados.

Prós:

A luz pulsada não provoca dor. O método também não é agressivo para a pele, então não compromete a elasticidade e não escurece a região. Conhecido como uma forma de depilação definitiva, o ponto mais atrativo é a longa duração dos resultados. “Conforme a pessoa vai realizando o procedimento, os pelos vão diminuindo progressivamente”, garante Paula.

Contras:

Como é um tratamento, o resultado da luz pulsada não é imediato. É preciso paciência para o avanço da redução dos pelos no decorrer das aplicações. Além disso, quem optar por realizar esse método em casa, não vai encontrar muitas opções de aparelhos de depilação com luz pulsada: eles ainda são limitados no Brasil e os preços são bastante salgados.

Indicado para:

A luz pulsada pode ser aplicada em qualquer área do corpo, excluindo-se apenas a região dos olhos.

Vídeo passo a passo:

As meninas do Oh My Gloss! mostram como utilizar o aparelho de depilação, fazendo os disparos da luz na pele e escolhendo a potência do depilador.

Dicas:

  1. O primeiro passo para a depilação com luz pulsada é raspar, com lâmina, a área que deseja depilar. Esse processo não pode ser realizado com nenhum método que remova os pelos pela raiz;
  2. As aplicações devem ser feitas com frequência para um resultado positivo;
  3. Confira as orientações do fabricante quanto ao intervalo entre aplicações e ao correto manuseio do aparelho;
  4. Após a depilação, não se exponha ao sol sem proteção solar;
  5. Esse método funciona melhor com contraste; ou seja, é mais provável que o resultado do tratamento seja mais bem sucedido em peles claras com pelos escuros. Peles morenas e negras e pelos claros estão menos sucetíveis aos efeitos da aplicação.

Onde comprar:

É importante ressaltar que a chave para uma pele lisinha é a hidratação! Mantendo a pele sempre bem hidratada você facilita o processo de depilação e consegue resultados mais satisfatórios.

No mais, escolha o método que mais se adequar e for mais confortável para o seu tipo de pele. Testar procedimentos diferentes pode ser uma boa ideia para descobrir a melhor alternativa para você.

Curta nossa página no Facebook
Comentários
Dicas relacionadas